Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19610
Título: Processo de cuidar de um centro de tratamento oncológico
Título(s) alternativo(s): Process of caring for a center for cancer treatment
Autor(es): Barros, Adriana Gonçalves de
Palavras-chave: Enfermagem;Cuidados de enfermagem;Oncologia
Data do documento: 8-Dez-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: BARROS, Adriana Gonçalves de. Processo de cuidar de um centro de tratamento oncológico. 2014. 133f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Objetivou-se compreender o processo de cuidar de um centro de tratamento oncológico a partir da ótica dos profissionais de enfermagem e dos pacientes. Tratase de uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratória e descritiva, realizada em um centro de tratamento oncológico da cidade de Natal/RN/Brasil. A coleta de dados ocorreu entre agosto de 2013 e fevereiro de 2014, sendo efetuada por meio de duas técnicas: registro fotográfico e entrevista projetiva com profissionais de enfermagem e pacientes. Os atores sociais incluídos no estudo foram dez profissionais de enfermagem e dez pacientes internados na clínica cirúrgica da referida instituição. Os critérios utilizados para inclusão dos profissionais foram: ser profissional da área de enfermagem, ser funcionário do hospital, estar inserido na escala de profissionais de enfermagem da instituição no momento da coleta de dados. Quanto aos pacientes, foram incluídos aqueles que possuíam suas capacidades cognitivas preservadas e que estavam internados e em qualquer fase do tratamento. Utilizouse a Análise de Conteúdo, modalidade temática proposta por Bardin, para a análise do material coletado durante a entrevista projetiva. A pesquisa seguiu os princípios éticos e legais que regem a pesquisa científica com seres humanos, sendo realizada mediante aprovação do projeto no comitê de ética e pesquisa da Liga Norte Riograndense contra o Câncer com parecer 295.673 e CAAE 16104313.0.0000.5293. Os resultados obtidos a partir da investigação com os profissionais de enfermagem mostraram visões diversas sobre o cuidado, as quais despontavam desde uma abordagem integral, acolhedora e multiprofissional, bem como tecnicista atrelada à realização de procedimentos e atendimento às prescrições. Ademais, esses sujeitos, também, apontaram que o cuidado se desvela por meio das ações de gerenciamento, na realização dos registros, na humanização da assistência, mediante o atendimento das necessidades do paciente e ambiência. Frente aos pacientes, destaca-se que, para eles, o cuidado acontece por meio de atitudes de carinho e aproximação do profissional, e através da realização de procedimentos, sendo mencionados como fatores de descuidado a falta de estrutura da instituição e o desconforto gerado por essa condição. Evidenciou-se, ainda, que 7 os atores envolvidos no cuidado, na percepção de profissionais e pacientes, são representados pela equipe de enfermagem, médicos, psicólogos, nutricionistas, bem como auxiliares de cozinha e de limpeza; além do acompanhante familiar, do próprio indivíduo enquanto responsável pelo seu cuidado e do cuidador voluntário. Nesse ensejo, conclui-se que a compreensão do cuidado na ótica dos profissionais de enfermagem e dos pacientes envolve questões amplas que vão desde percepções de um cuidado dinâmico que abarca elementos complexos e atitudes imbuídas de significados, no qual os sujeitos envolvidos podem assumir tanto o papel de cuidadores como de seres cuidados, até um cuidado atrelado às rotinas prescritas e realização de procedimentos. Assim, os achados descritos remetem a reflexões acerca do cuidado prestado ao paciente oncológico e se este, de fato, traduz os preceitos de uma prática humanizada
Abstract: The objective was to understand the process of caring for a center for cancer treatment from the perspective of nurses and patients. This is a qualitative research, xploratory and descriptive, performed in a cancer treatment center in Natal / RN / Brazil. Data collection occurred between August 2013 and February 2014, being effected by means of two techniques: photographic record and projective interviews with nurses and patients. Social actors included in the study were ten professional nursing and ten patients admitted to the surgical department of the institution. The criteria used for inclusion of professionals were: be professional in the field of nursing, being an employee of the hospital, to be inserted in the scale of nurses of the institution at the time of data collection. For the patients were included who had preserved their cognitive abilities and who were hospitalized and at any stage of treatment. We used content analysis proposed by Bardin, for the analysis of material collected during projective interview. The research followed the ethical and legal principles that govern scientific research on human beings, being conducted by the project approval by the Research Ethics Committee of the Northern League Against Cancer Riograndense with 295 673 and look CAAE 16104313.0.0000.5293. Referring to nurses, they demonstrated different views about care, which sprouted from a holistic, multidisciplinary approach and welcoming, as well as linked to the performance of procedures and compliance with the requirements technicality. Furthermore, these subjects also showed that care unfolds through the actions of management in carrying out the records in the humanization of care by meeting the needs of the patient and ambience. Front of patients, it is noteworthy that, for them, care happens through attitudes of caring and professional approach, and by performing procedures, being mentioned as a careless lack of structure of the institution and the discomfort caused by this condition factors. It was evident also that the actors involved in the care, the perception of professionals and patients, are represented by nurses, doctors, psychologists, nutritionists, as well as kitchen assistants and cleaners; beyond family companion, the individual himself as responsible for their care and volunteer caregiver. In this opportunity, it is concluded 9 that an understanding of care from the perspective of nurses and patients involves broad issues ranging from perceptions of care that embraces a dynamic complex elements and attitudes imbued with meanings, in which those involved can assume both the role of carers as care beings, even a carefully tied to prescribed routines and performing procedures. Thus, the findings described refer to reflections on the care provided to cancer patients and whether this, in fact, translates principles of a humane practice
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19610
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AdrianaGoncalvesDeBarros_DISSERT.pdf2,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.