Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20217
Title: A construção medial no português do Brasil: usos no padrão reclamação digital
Authors: Melo, Nádia Maria Silveira Costa de
Keywords: Construção medial;Português do Brasil;Linguística funcional centrada no uso;Transitividade
Issue Date: 27-Mar-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MELO, Nádia Maria Silveira Costa de. A construção medial no português do Brasil: usos no padrão reclamação digital . 2015. 184f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Esta tese examina a construção medial do português do Brasil (PB). Trata-se de uma construção que descreve um evento causativo, em que um participante sujeito não-humano é afetado por uma ação que não emana dele. Interessa-nos investigar essa construção a partir de suas funções semântico-cognitivas e discursivopragmáticas, suas características específicas, motivações e contexto discursivo em que seu uso é recorrente. Para tanto, buscamos responder às seguintes questões: qual a configuração estrutural prototípica da construção medial (CM) no Português do Brasil? Quais são suas funções discursivas específicas? Qual é o grau de transitividade da CM com base nas propriedades propostas por Hopper e Thompson (1980)? Partimos do pressuposto de que a construção medial possui estrutura própria que particulariza sua dimensão significativa, garantindo um certo distanciamento entre o responsável pelo evento e a entidade afetada. A fundamentação teórica provém da Linguística Funcional Centrada no Uso (FURTADO DA CUNHA; BISPO; SILVA, 2013). É uma pesquisa de natureza qualitativo-interpretativista que tem como prioridade a análise de ocorrências oriundas de textos produzidos por usuários da língua portuguesa do Brasil em situação efetiva de comunicação. Os dados empíricos analisados provêm de textos eletrônicos disponíveis no sítio www.reclameaqui.com.br. Os resultados revelaram a existência de diferentes configurações em português para a construção medial, sendo a prototípica a formada por SN+V. Do ponto de vista morfossintático e semântico, a construção expressa um sujeito afetado por uma ação que não parte dele. Quanto ao aspecto pragmático, a construção expressa um evento que parece ter como propósito enfatizar o argumento afetado e ignorar, intencionalmente ou não, o agente ou o causativo, por ser irrelevante para o falante/ouvinte na situação de comunicação.
Abstract: This thesis examines the medial construction of the Portuguese of Brazil (PB). It is a construction which describes a causative event in which a non-human subject participant is affected by an action that does not originate from itself. Thus, we are interested in investigating this type of construction, its specific characteristics, motivations and discursive context from its semantic- cognitive and discoursive - pragmatic functions. The research questions are: what is the prototypical structural configuration of the medial construction (MC) in the Portuguese of Brazil? What are its specific discoursive functions? What is the degree of MC transitivity based on the properties proposed by Hopper and Thompson (1980)? We assume that the medial construction has its own structure which particularizes its significant dimension, thus ensuring a certain distance between the one in charge of the event and the affected entity. The theoretical and methodological assumptions is founded on Usage-based Functional Linguistics (FURTADO DA CUNHA; BISPO; SILVA, 2013). It is a research of qualitative- interpretative nature that has prioritized the analysis of occurrences arising from texts produced by users of the Brazilian Portuguese language in effective communicative situation. The database for this study is electronic texts available on the website www.reclameaqui.com.br. The results revealed the existence of different configurations of the medial construction in the Brazilian Portuguese, having as prototypical the one formed by SN + V. From the morphosyntactic and semantic point of view, the construction expresses a subject affected by an action that does not part from itself. As for the pragmatic aspect, the construction expresses an event that seems to have the purpose to emphasize the affected argument and to ignore, intentionally or not, the agent or the causative, since it is irrelevant to the speaker/ listener in the contextual situation.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20217
Appears in Collections:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NadiaMariaSilveiraCostaDeMelo_TESE.pdf1.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.