Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20302
Title: Avaliação da toxicidade subcrônica e reprodutiva do extrato seco de pericarpo de passiflora edulis variedade flavicarpa degener em ratos
Authors: Arruda, Andréa Caroline Costa de
Keywords: Passiflora edulis var. flavicarpa degener;Passiflora edulis var. edulis;Pericarpo;Genotoxicidade;Ciclofosfamida;Ratos
Issue Date: 20-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARRUDA, Andréa Caroline Costa de. Avaliação da toxicidade subcrônica e reprodutiva do extrato seco de pericarpo de passiflora edulis variedade flavicarpa degener em ratos. 2015. 87f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O pericarpo de Passiflora edulis var. flavicarpa Degener atualmente está sendo investigado para fins medicinais. Não há relatos na literatura sobre sua toxicidade. O objetivo do presente estudo foi investigar a toxicidade sub-crônica em ratos machos e toxicidade em ratas fêmeas prenhes e fetos expostos durante a gestação a um extrato obtido por infusão do pericarpo em água (1:3 m/v; 100o C, 10 min). A composição do extrato foi avaliada por meio de reações químicas e também por cromatografia de camada delgada. Ratos machos adultos (n=8) foram tratados com 300 mg/kg de extrato, por gavagem, durante 30 dias e ratas prenhes (n=7) do dia 0 ao dia 20 de gestação. Os grupos controle de ratos machos (n=8) e ratas fêmeas (n=7) receberam água potável (1 ml). Durante o tratamento foram registrados o consumo de água e de ração e o peso corporal. No dia 29 o comportamento sexual dos machos foi analisado e, em seguida, metade dos machos de cada grupo receberam ciclofosfamida (50 mg/kg, i.p.) para avaliação (anti) genotóxica na medula óssea e a outra metade recebeu apenas solução salina 0,9% (1 mL, i.p.). No dia 30, os machos foram anestesiados para coleta de sangue, medula óssea e órgãos. No dia 20 de gestação, as ratas prenhes foram anestesiadas para avaliação do desempenho reprodutivo. A análise dos fetos foi realizada por exame visceral e esquelético. A análise fitoquímica revelou a presença de flavonóides, alcalóides inespecíficos, compostos fenólicos e triterpênicos. A análise estatística revelou ausência de diferenças em todos os parâmetros analisados para machos, para fêmeas e para fetos experimentais em relação aos animais controle. A citotoxicidade foi avaliada pela relação entre eritrócitos policromáticos e normocromáticos (EPC/ENC). A análise estatística (média ± erro do desvio padrão) revelou ausência de alterações na frequência de EPCMN (controle negativo: 3,26±0,42; controle positivo: 11,72±1,02; experimental negativo: 4,02±0,13; experimental positivo: 10,47±0,87) ou citotoxicidade (controle negativo: 0,37±0,08; controle positivo: 0,23±0,05; experimental negativo: 0,37±0,07; experimental positivo: 0,23±0,02). Este estudo sugere que o extrato aquoso obtido de pericarpo de P. edulis var. flavicarpa Degener não foi capaz de promover efeitos tóxicos em ratos nas condições utilizadas.
Abstract: The pericarp of Passiflora edulis var. flavicarpa Degener is now being investigated for medicine purposes. There are no reports about it toxicity. The aim of the present study was investigate the sub chronic toxicity in male rats and reproductive toxicity in pregnant rats and exposed fetuses of an extract obtained by infusion of the pericarp in water (1:3 m/v;100o C, 10 min). The extract composition was evaluated by tube reactions and thin lawyer chromatography (TLC). Adult male rats (n=8) were treated with 300 mg/kg of the extract, by gavage, during 30 days and pregnant rats (n=7) from gestation day 0 to day 20. Control received tap water (1 mL). Water and food intakes and body weight gain were recorded. At day 29 of treatment the sexual behavior of the males was analyzed and then half of males from each group received cyclophosphamide (50 mg/kg, i.p.) to (anti)genotoxic assessment in bone marrow. At day 30, males were anesthesized for parameters collection. At day 20 of gestation, the dams were anesthesized for reproductive performance evaluation. The fetal analysis was conducted by visceral and skeletal. Phytochemical analysis revealed the presence of flavonoids, unspecific alkaloids, phenols and triterpenic compounds. Statistical analysis revealed absence of significant differences between experimental and control. This study suggest that the aqueous extract obtained from pericarp of P. edulis var. flavicarpa Degener was not able to promote toxic effects in rats. Cytotoxicity was evaluated with the PCE/NCE ratio (NCE=normochromatic erythrocytes). Statistical analysis (mean ± SEM) revealed absence of changes in the frequency of MNPCE (negative control: 3.26±0.42; positive control: 11.72±1.02; negative experimental: 4.02±0.13; positive experimental: 10.47±0.87) or cytotoxicity (negative control: 0.37±0.08; positive control: 0.23±0.05; negative experimental: 0.37±0.07; positive experimental: 0.23±0.02). This study suggests that the extracts showed no (anti)genotoxic and no cytotoxic activities under the experimental conditions.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20302
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoToxicidadeSubcrônica_Arruda_2015.pdf2.78 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.