Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20471
Title: Trabalho e informalidade: contribuições para a crítica ao desenvolvimento turístico
Authors: Melo, Maria Cristina Otoch
Keywords: Trabalho;Cidades;Turismo;Desenvolvimento
Issue Date: 30-Nov-2010
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MELO, Maria Cristina Otoch. Trabalho e informalidade: contribuições para a crítica ao desenvolvimento turístico. 2010. 125f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Portuguese Abstract: Este estudo deteve-se aos determinantes das condições e relações de trabalho que se desenvolvem em um espaço particular da cidade de Fortaleza, Ceará, Brasil: o entorno do Centro Cultural Dragão do Mar, no bairro da Praia de Iracema. Pretendeu-se analisar no contexto do desenvolvimento das forças produtivas, engendras no âmbito atividades de trabalho na informalidade. A atividade turística, mais particularmente, o turismo como expressão do mercado produtor e consumidor de produtos e serviços culturais e de lazer, que se desenvolvem em espaços criados pela e para a ‘indústria cultural’. Observamos que o crescimento das atividades turísticas na realidade de Fortaleza compõe o processo de modernização conservadora do Ceará, conformando no mesmo território e de forma concomitante relações sociais de trabalho constituídas por atividades/produtos culturais sofisticados e atividades/serviços precários e arcaicos. Na totalidade das relações sociais de produção, nas sociedades capitalistas, das quais o trabalho informal - objeto central de nosso estudo - efetiva-se, sobremaneira, no âmbito da atividade turística constitui uma totalidade de menor complexidade. No âmbito das relações sociais, analisamos como a informalidade ganha vulto no processo de reestruturação produtiva, assumindo cada vez mais característica estrutural. No entorno do Centro Cultural Dragão do Mar as demandas estão centradas para atividades de venda de alimentos e bebidas cuja oferta emerge da real necessidade de sobrevivência e cuja demanda surge do fluxo de lazer e de turismo no local e em seu entorno. Existindo várias distinções entre as categorias de trabalhadores informais na área estudada. Foram entrevistados com base numa amostra intencional trabalhadores de distintas atividades na informalidade, tais como ambulantes e feirantes. Utilizamos para a apreensão das informações as técnicas de observação e entrevista realizadas durante o período de novembro e dezembro de 2009 e janeiro de 2010. As determinações das atividades dos ambulantes e feirantes no entorno do Dragão do Mar são muito diversas, contendo em comum a marca da instabilidade; da precariedade das condições e relações de trabalho; da degradação da vida humana; e barbárie, incontornáveis nesse espaço. Com esse estudo objetivamos contribuir para ampliar o debate crítico no que se reporta às contradições e incongruências ao desenvolvimento turístico.
Abstract: This research is targeting to determine the conditions and working relationships that develop in a specific area of the city of Fortaleza, Ceará Brazil. The neighborhood of Praia de Iracema in particular surrounding the area of the Centro Cultural Dragão do Mar. It was intended to examine the context of development of productive forces does interact within the informal work activities. The tourist activity, more particularly, tourism as an expression from the producer and consumer market of cultural product and services and leisure activities, which develop in the spaces created by and for the 'cultural industry'. We observed that the growth of tourism activities actually make up the Fortaleza of conservative modernization process of Ceará, conforming in the same territory and concomitantly social relations of work consisting of activities / products sophisticated and cultural activities / services precarious and archaic. In the totality of social relations of production in capitalist societies, including informal work the main object of our study to be effective, most of all activity within the tourist activity is a totality of lower complexity, in the context of social relations. We analyze how the informality major gains in the restructuring process, assuming more and more structural feature. Around the Centro Cultural Dragão do Mar demands are focused on sales activities for food and beverage offering which emerge from the real need for survival and whose demand arises from the flow of leisure and tourism at this site and its surroundings. There are several distinctions between categories of informal workers in the area. Many people were interviewed with a purposeful sample of workers in the informal different activities, such as hawkers and peddlers. We use the information to apprehend the techniques of observation and interviews during November and December 2009 and January 2010. Measurements of the activities of hawkers and stallholders in the vicinity of Sea Dragon are very diverse, containing the common mark of instability; of substandard conditions and labor relations; degradation of human life, and barbarism, compelling in this space. With this study we aimed to contribute to broaden the critical discussion on what it refers to the contradictions and inconsistencies to tourism development.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20471
Appears in Collections:PPGSS - Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaCristinaOtochMelo_DISSERT.pdf2.19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.