Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20499
Title: Uso do solo em ambientes semiáridos: efeitos sobre a estrutura da vegetação e interação entre plantas em uma floresta tropical seca
Other Titles: Effects of past and present land use on vegetation cover and regeneration in a tropical dryland forest
Authors: Marinho, Felipe Pereira
Keywords: Uso do solo;Pastejo;Corte-raso;Caatinga;Cobertura vegetal;Interações entre espécies
Issue Date: 27-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARINHO, Felipe Pereira. Uso do solo em ambientes semiáridos: efeitos sobre a estrutura da vegetação e interação entre plantas em uma floresta tropical seca. 2015. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) – Programa de Pós-Graduação em Ecologia. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2015.
Portuguese Abstract: Nessa dissertação foram abordados em dois capítulos o efeito de atividades antrópicas sobre a estrutura da vegetação e interação entre espécies vegetais em uma floresta tropical seca. No primeiro capítulo foram usadas informações de satélite para identificar 55 parcelas florestais da Caatinga com e sem passado corte-raso da vegetação no passado. Também foi quantificado o uso atual da terra, ou seja, pastejo por animais domésticos e extração seletiva de madeira. Estrutura de vegetação de Caatinga, medida como cobertura vegetal, altura da vegetação, área basal e densidade de plantas lenhosas, bem como o recrutamento e riqueza de espécies, foram negativamente afetados tanto pelo uso da terra no passado quanto pelo uso atual. Corte-raso não só teve fortes efeitos sobre a maioria das medidas de vegetação, mas também aumentou a pressão de pastejo o que potencializou a relação negativa entre o uso do solo e estrutura da vegetação. O corte seletivo teve poucos efeitos mensuráveis, mas aumentou o recrutamento em parcelas que sofreram corte-raso anteriormente. Nossos resultados sugerem que para permitir a sucessão em áreas degradadas, pastejo deve ser evitado, a fim de evitar uma maior degradação e desertificação. No segundo capítulo foi verificado efeitos do pastejo sobre interações entre plantas. Pecuária extensiva praticada nas florestas pode modificar a abundância de algumas espécies na comunidade pelo pastejo, alterando assim, a intensidade e a direção das interações entre plantas. Nesse estudo, foram verificados efeitos de pastejo sobre a interação entre Zizyphus joazeiro adulto e indivíduos jovens de Poincianella pyramidalis e Zizyphus joazeiro. Pastejo afetou principalmente de sobrevivência dos juvenis, aumentou a compactação do solo perto do Zizyphus joazeiro adulto e modificou a altura da cobertura herbácea. Ambientes semiáridos como a Caatinga com pressão do gado, podem ter alta mortalidade de plantas nas fases iniciais da vida. A resistência ao pisoteio e pastoreio pode definir a composição de espécies em longo prazo. Novos estudos podem testar como o pastejo modifica as interações entre plantas com novas combinações de espécies e diferentes características funcionais.
Abstract: Land use is the main driver of vegetation changes worldwide and its long-lasting effect is critical in arid and semi-arid systems. Brazilian Caatinga is one of the species-richest semiarid biomes of the world and is threatened by strong land use pressure and poor protection. Land use in Caatinga mainly comprises grazing by cattle, donkeys, goats or horses, and wood extraction for construction work and charcoal production. In this study, we investigate the effects of past and present land use on plant community richness and structure. We used LANDSAT and GEOEYE satellite information to identify Caatinga forest areas with and without past vegetation clearing. We also quantified current land use, measured as the degree of grazing and wood extraction. We then assessed current vegetation structure, in particular vegetation cover, height, basal area for shrubs and trees, and seedling recruitment. The association between past vegetation clearing and strong present grazing showed a compelling negative effect on vegetation structure, increasing the proportion of bare ground. We suggest that land use planning projects in semi-arid systems should avoid grazing in areas that suffered past clear-cut. This simple land use technique should help to prevent processes of land impoverishment and desertification in semi-arid systems.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20499
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UsoSoloAmbientes_Marinho_2015.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.