Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20620
Title: Entre a cruz e a espada, a foice e o martelo: a representação do anticomunismo no Rio Grande do Norte
Authors: Vieira, Arthur Cassio de Oliveira
Keywords: Anticomunismo;Lugares de memória;Representação
Issue Date: 31-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: VIEIRA, Arthur Cassio de Oliveira. Entre a cruz e a espada, a foice e o martelo: a representação do anticomunismo no Rio Grande do Norte. 2015. 173f. Dissertação (Mestrado em História) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Esta dissertação tem como objetivo investigar a propagação do anticomunismo no Rio Grande do Norte, em um processo iniciado nas primeiras décadas do século XX e que mostra seus reflexos até hoje. Em um primeiro momento, apresentamos essa operação promovida pelo jornal de orientação católica A Ordem. Analisamos publicações dos anos de 1935 a 1945. Nelas observamos a atuação do periódico em uma campanha de resgate dos acontecimentos referentes à chamada “Intentona Comunista”, com o intuito de legitimar o poder de grupos da direita, em especial a Igreja Católica e a Polícia Militar. Os jornais selecionados passaram pela análise do discurso, em perspectivas serial, quantitativa e qualitativa. Depois, buscamos compreender a dinâmica de espacialização deste discurso, com a criação de espaços de evocação e representação da luta contra o comunismo, transformando-se em lugares de memória. Em nossas considerações, tomamos como base o conceito de representação, de Roger Chartier, observando como o comunismo é representado pelo A Ordem e como a categorial espacial é utilizada para reativar a memória anticomunista e representa-la. Avaliamos os interesses atendidos com a instalação desses monumentos e por intermédio da História Oral, a relação das comunidades locais com os mesmos. Dialogamos, ainda, com diversos autores de livros e teses em uma abordagem que reúne elementos de História Cultural, Social e Política a fim de encontrar explicações para a articulação dos discursos e de seus agentes.
Abstract: The objective of this dissertation is to investigate the propagation of an anticommunism movement in Rio Grande do Norte Estate, Brazil, in a process that started on the first decades of the twentieth century and shows reflections until today. Firstly, we introduce the operation promoted by the catholic oriented newspaper A Ordem. Through the analysis of publications from 1935 to 1945, we observe its role in an image campaign of the “Communist Conspiracy” event, in an attempt to legitimate the power of Right wing groups, specially the Catholic Church and the Military Police. The newspapers discourse is analyzed in serial, quantitative and qualitative perspectives. Secondly, we search to understand the space dynamic of the anticommunism discourse thought the creation of evocation and representation spaces that ended up becoming memory places. Our considerations are based on the concept of representation by Roger Chartier, observing the way communism is represented by A Ordem, as well as the spatial category used to reactivate the anticommunist memory and represent it. We analyze the interests that are served by the construction of the monuments, the Oral History, as well as the relation between the local communities with them. Thirdly, we establish a parallel with many authors, in an approach that gathers Cultural and Social elements and Political History, in order to find explanations for the articulation of these discourses.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20620
Appears in Collections:PPGH - Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ArthurCassioDeOliveiraVieira_DISSERT.pdf4,72 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.