Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20734
Title: Alterações hepáticas na expressão gênica e atividade da catalase e superóxido dimutase em ratos diabéticos induzidos por estreptozootocina
Other Titles: Hepatic alterations in mRN expression and catalase and superoxide dismutase activities in streptozotocin induced diabetic rats
Authors: Almeida, Rômulo Rodrigo de Souza
Keywords: CAT;SOD;Fígado;Diabetes mellitus tipo 1
Issue Date: 29-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ALMEIDA, Rômulo Rodrigo de Souza. Alterações hepáticas na expressão gênica e atividade da catalase e superóxido dimutase em ratos diabéticos induzidos por estreptozootocina. 2015. 70f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Vários estudos tem estabelecido uma associação entre Diabetes Mellitus tipo 1 alterações hepáticas estresse oxidativo. No entanto os conhecimentos de como essas alterações ocorrem no sistema antioxidante ainda não está elucidado. Este estudo avaliou os efeitos de quatro semanas de diabetes tipo 1 no tecido hepático. Ratos machos wistar foram divididos em 2 grupos: Controle (C) e Diabético (D). A análise da atividade de enzimas antioxidantes (CAT e SOD); a expressão do mRNA de CAT, SOD1, SOD2, GPX1 e PRX4 foram avaliadas; marcadores de estresse oxidativo também foram avaliados (Peroxidação de lipídeos, carbonilação de proteínas e conteúdo tiol) e conteúdo de H2O2 hepático. Como resultado a diabetes aumentou a atividade da SOD e a expressão gênica da SOD2, enquanto diminuiu a expressão da SOD1. Assim como houve diminuição da atividade da CAT e na expressão gênica da CAT, GPX1 e PRX4. Houve também mudanças em biomarcadores de estresse oxidativo. Nossos resultados sugerem que provavelmente as quatro semanas da diabetes, induzem alterações precoces no sistema antioxidante no fígado de ratos induzidos por STZ, agravando alterações decorrentes do estresse oxidativo levando a formação de espécies reativas de oxigênio, podendo contribuir para um prejuízo da função hepáticas.
Abstract: The correlation between the type 1 diabetes mellitus and oxidative stress have been described in several studies, however its underlying mechanisms are not fully elucidated. The present work aimed to evaluate the effects of four weeks of streptozootocin-induced (STZ) diabetes in the redox homeostasis of rat hepatocytes. Thus, the liver of male Wistar rats from control and diabetic groups were collected and the activity and expression of antioxidant enzymes, as well the main markers of oxidative stress and content of H2O2 in these tissues were measured. The diabetes induced the activity of superoxide dismutase (SOD) and the gene expression of its mitochondrial isoform, SOD2. However, the expression of SOD1, the cytoplasmic isoform, was reduced by this disease. The activity and expression of catalase (CAT), as well the expression of glutathione peroxidase 1 (GPX1) and peroxiredoxin 4 (PRX4) were drastically reduced in the hepatocytes of diabetics rats. Even with this debility in the peroxidases mRNA expression, the content of H2O2 was reduced in the liver of diabetics rats when compared to the control group. The diabetes caused an increase of lipid peroxidation and a decrease of protein thiol content, showing that this disease causes distinct oxidative effects in different cell biomolecules. Our results indicate that four week of diabetes induced by STZ is already enough to compromise the enzymatic antioxidant systems of the hepatocytes.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20734
Appears in Collections:PPGB - Mestrado em Bioquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlteracoesHepáticasExpressao_Almeida_2015.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.