Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21312
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCammarota, Martin Pablo-
dc.contributor.authorMoura, Juliana Cavalcante de-
dc.date.accessioned2016-08-31T23:24:44Z-
dc.date.available2016-08-31T23:24:44Z-
dc.date.issued2016-03-22-
dc.identifier.citationMOURA, Juliana Cavalcante de. A consolidação prévia de informação conflitante e não aversiva é necessária para a reconsolidação da memória de esquiva inibitória no hipocampo. 2016. 36f. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21312-
dc.description.abstractReactivation can render consolidated memories labile again, making them prone to incorporate new information through a gene-expression and protein synthesis dependent restabilization process referred to as reconsolidation. Disruption of reconsolidation usually produces amnesia. However, some memories are particularly resilient to reconsolidation blockers, indicating that this process is not a pervasive quality of memory but happens only when a precise set of conditions occurs. Using pharmacological and behavioral tools we demonstrated that previous consolidation of non-aversive information is essential for aversive memory reconsolidation.pt_BR
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMemóriapt_BR
dc.subjectReativaçãopt_BR
dc.subjectReconsolidaçãopt_BR
dc.subjectEsquiva inibitóriapt_BR
dc.titleA consolidação prévia de informação conflitante e não aversiva é necessária para a reconsolidação da memória de esquiva inibitória no hipocampopt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOBIOLOGIApt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8406141376894032-
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4888317387600937-
dc.contributor.referees1Bevilaqua, Lia Rejane Muller-
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0449468009607784-
dc.contributor.referees2Sousa, Maria Bernardete Cordeiro de-
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8488760386226790-
dc.description.resumoA reativação pode levar as memórias consolidadas a um novo estado de labilidade, tornando-as suscetíveis à incorporação de nova informação através de um processo de reestabilização dependente da expressão gênica e da síntese de novas proteínas conhecido como reconsolidação. A interrupção da reconsolidação usualmente produz amnésia. Contudo, algumas memórias são particularmente resistentes a agentes bloqueadores da reconsolidação, indicando que este processo ocorre somente quando é dada uma série específica de condições. Utilizando ferramentas farmacológicas e comportamentais, neste trabalho demonstramos que a consolidação prévia de informação não aversiva é essencial para a reconsolidação da memória de esquiva inibitória em ratos.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS: PSICOBIOLOGIApt_BR
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianaCavalcanteDeMoura_DISSERT.pdf747.18 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.