Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21851
Title: Incidência de cárie dentária em adolescentes em município do Nordeste brasileiro, 2006
Other Titles: Dental caries incidence in adolescents in a city Northeast Brazil, 2006
Authors: Noro, Luiz Roberto Augusto
Roncalli, Angelo Giuseppe
Mendes Júnior, Francisco Ivan Rodrigues
Lima, Kenio Costa de
Keywords: Cárie Dentária;Adolescente;Saúde Bucal;Dental Caries;Adolescent;Oral Health
Issue Date: 2009
Citation: NORO, Luiz Roberto Augusto et al. Incidência de cárie dentária em adolescentes em município do Nordeste brasileiro, 2006. Cadernos de Saúde Pública, v. 25, n. 4, p. 783-790, 2009.
Portuguese Abstract: O presente estudo teve como objetivo analisar a incidência da cárie dentária em adolescentes associada à condição sócio-econômica, acesso a serviços e autopercepção. É um estudo longitudinal por meio de levantamento epidemiológico de cárie e questionário estruturado com amostra composta por 688 adolescentes residentes no Município de Sobral, Ceará, Brasil. A incidência aumentou progressivamente com a idade, passando de 1,60 nos adolescentes com 12 anos até 2,28 para os com 15 anos, registrando-se uma incidência média de 1,86 dentes cariados por adolescente. Entre as variáveis estudadas, dor de dente nos últimos seis meses [RR = 1,46 (1,22-1,76)], merenda escolar [RR = 1,45 (1,21-1,74)], freqüência de consulta ao dentista [RR = 1,48 (1,33-1,79)] e acesso à unidade de saúde [RR = 1,21 (1,01-1,45)], ajustadas por morbidade referida apresentaram relação com a alta incidência de cárie. É fundamental que gestores e profissionais de saúde formulem políticas públicas que não se restrinjam a aspectos como atendimento clínico e prevenção de doenças, estimulando a população na luta pela conquista por melhores condições de vida, viabilizando eqüidade no acesso aos serviços e desenvolvendo uma gestão coletiva das ações de saúde.
Abstract: The main objective of this study was to evaluate the incidence of tooth decay in adolescents, associated with socioeconomic status, access to services, and self-perceived oral health. This was a longitudinal study using an epidemiological survey of dental caries and a structured questionnaire with a sample of 688 adolescents residing in Sobral, Ceará State, Brazil. Incidence increased progressively with age, from 1.60 at 12 years of age to 2.28 at 15, with a mean incidence of 1.86 decayed teeth per adolescent. Among the study variables, tooth pain in the previous six months [RR = 1.46 (1.22-1.76)], school lunch [RR = 1.45 (1.21-1.74)], frequency of dental appointments [RR = 1.48 (1.33-1.79)], and access to the Health Service [RR = 1.21 (1.01-1.45)], adjusted by perceived need for treatment, were associated with high caries incidence. It is essential for health professionals and health system managers to formulate public policies that are not limited merely to clinical and preventive aspects, encouraging the population to struggle for better living conditions and allowing equitable access to services and developing collective management of health actions.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21851
Appears in Collections:CCS - DOD - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Incidência de cárie dentária em adolescentes em município do Nordeste brasileiro, 2006_2009.pdfhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009000400009102.03 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.