Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21893
Title: A normatização da fragmentação do conhecimento na LDB: um olhar sobre a negação da inteireza
Authors: Santos, Maria Clara Pereira
Keywords: LDB;Educação;Fragmentação do conhecimento;História da Educação do Brasil
Issue Date: 23-Feb-2016
Citation: SANTOS, Maria Clara Pereira. A normatização da fragmentação do conhecimento na LDB: um olhar sobre a negação da inteireza. 2016. 175f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Esta dissertação tem como objetivo compreender o processo de normatização da fragmentação do conhecimento na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) de 1996. Dessa forma, parte da problematização da história da educação em suas complexidades, para construir uma análise da relação do ensino nas escolas de educação básica brasileira com as incoerências observadas na história da educação do Brasil, pressupondo a interligação que tais incoerências mantêm com as próprias contradições que se mostram na história da educação. Para sustentação da análise crítica, faz-se uso do método materialismo histórico dialético e da teoria crítica de Theodor W. Adorno (1903-1969) e Max Horkheimer (1895-1973). Como metodologia utilizou-se a pesquisa qualitativa de cunho documental, por fazer uso da analise da LDB (1996), como instrumento de identificação das incoerências que podem ser relacionadas com as contradições históricas que são reproduzidas. Ao mesmo tempo, tais incoerências velam o processo de mantimento das situações de opressão e de dominação de uns sobre muitos na história da educação do Brasil. Dessa forma, observamos que as contradições fazem parte de nossa existência. Contudo, existem incoerências que, independentemente de estarem relacionadas, possivelmente, com as contradições que se entrelaçam ao fenômeno da vida humana, são frutos de um processo de exploração e opressão de uns sobre muitos e que terminam por refletir em vários âmbitos sociais, como: no ato de educar, conseguintemente, nas escolas. Por sua vez, esses reflexos retroalimentam o processo de exploração e opressão, deixando marcas em vários momentos distintos da história. Esse olhar crítico sobre a história da educação do Brasil termina por tornar-se o expositor da fragmentação do conhecimento dentro do ato de educar adaptativo, e é essa educação adaptativa que é normatizada pela LDB de 1996, como resultado da relação desse documento com o fato de a educação tornar-se, em vários aspectos, subordinada às necessidades do mercado. Logo, esse documento termina por normatizar a fragmentação do conhecimento dentro dos espaços de ensino formal. Por esse motivo, essa relação subordinada é usada como desveladora do processo de normatização do conhecimento semiformador na LDB e sua relação com a estruturação da economia na sociedade contemporânea, caracterizada pela subordinação da educação às necessidades do processo de produção e de consumo. Conclui-se, que a normatização da fragmentação do conhecimento na LDB está por trás dos pontos negativos que podemos encontrar nesse documento, e tal fato aponta a necessidade de criarmos estratégias para que continuemos garantindo as melhorias da educação brasileira, que saiam do âmbito quantitativo e cheguem cada vez mais ao âmbito qualitativo.
Abstract: This dissertation aims to understand the regulation process of the knowledge fragmentation in the Law of Guidelines and Bases of National Education (LDB) of 1996. Thus, it starts from the problematization of the history of education in its complexities to build an analysis of the relationship between the education in Brazilian basic education schools, and the inconsistencies observed in the history of the education in Brazil, assuming the interconnection that such inconsistencies have with the contradictions shown in the history of education. We use the method of dialectical and historical materialism, and the critical theory of Theodor W. Adorno (1903-1969) and Max Horkheimer (1895-1973) to support the critical analysis. The methodology was the qualitative research on documentary evidence, by making use of the analysis of the LDB (1996), as an instrument to identify the inconsistencies that can be related to the historical contradictions that are reproduced. At the same time, such inconsistencies hide the maintenance process of the situations of oppression and domination from some over many in the history of education in Brazil. Thus, we see that the contradictions are part of our existence. However, there are inconsistencies that, whether they are possibly related with the contradictions that intertwine the phenomenon of human life, are the result of a process of exploitation and oppression from one over many, which ultimately reflects in various social contexts, such as in act of educating in schools. In turn, these reflexes feedback the process of exploitation and oppression, leaving marks in different moments of history. This critical look at the history of the education in Brazil ends up revealing the fragmentation of knowledge within the act of adaptive education, and it is this adaptive education that is standardized by the LDB of 1996 as a result of the relationship of this document with the fact of education become, in many respects, subject to market needs. Therefore, this document ends by normalizing the fragmentation of knowledge within the formal educational locations. For this reason, this subordinate relationship is used as revealing the standardization process of the semiformador knowledge in LDB and its relation to the structure of the economy in contemporary society, characterized by the subordination of education to the needs of the production and consumption process. It follows that the standardization of the knowledge fragmentation/fragmentation of knowledge in LDB is behind the negative points that we can find in this document, and this fact points to the need to create strategies to continue ensuring the improvement of Brazilian education, leaving the quantitative framework and come increasingly under the qualitative.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21893
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaClaraPereiraSantos_DISSERT.pdf1.58 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.