Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/22599
Title: Fluxo de informação na regulação do forrageio em Dinoponera quadriceps
Authors: Silva, Deisylane Garcia da
Keywords: Dinoponera quadriceps;Interações;Redes sociais;Fluxo de informação
Issue Date: 29-Jul-2016
Citation: SILVA, Deisylane Garcia da. Fluxo de informação na regulação do forrageio em Dinoponera quadriceps. 2016. 68f. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: As interações sociais entre operárias em uma colônia não acontecem de forma aleatória, uma vez que as operárias decidem quantas vezes vão interagir e com quem vão interagir. As taxas de interações na colônia são reguladas pela densidade de indivíduos que ela contém e através das quais pode haver rapidez na transferência de informação, provocando mudanças na dinâmica de rede social. A fim de analisar o fluxo de informação em operárias de Dinoponera quadriceps investigamos duas colônias com base na quantidade de operárias e larvas no ninho, número de interações individuais, número de saídas, ‘força’ e ‘alcance’ de cada interação, além do fluxo de informação em diferentes horários. O estudo foi realizado no Laboratório de Biologia Comportamental da UFRN. Foram observadas duas colônias com diferentes densidades de operárias por 16h/colônia, totalizando 8h/dia através de gravação com câmera digital. As colônias de D. quadriceps não apresentaram correlação entre o número total de interações com o número total de operárias e nem com as saídas do ninho. As taxas de interações per capita apresentaram padrão semelhante para as duas colônias, sendo maiores no horário com disponibilidade de alimento. A colônia com menor densidade de operárias apresentou mais interações por individuo, principalmente no dia e horário com alimento, e estas interações obtiveram maior ‘força’ e ‘alcance’. A dinâmica de redes sociais também apresentou padrão semelhante entre as colônias, apresentando maiores fluxos de informação no horário com alimento. Com base no exposto concluímos que as operárias de D. quadriceps regulam a atividade de forrageamento através de autoestimulação, como também suas taxas de contato, aumentando o número de interações em dia e horário com alimento na colônia, modificando o fluxo de informação e aumentando a disseminação da informação.
Abstract: Social interactions between workers in a colony do not happen randomly, since workers decide how often they will interact and who they will interact with. Interactions rate in the colony are regulated by the density of individuals it contains and through which can quickly transfer information in the colony, causing changes in network dynamics. In order to analyze the flow of information among workers of Dinoponera quadriceps we investigated two colonies based on the number of workers and larvae in the nest, number of individual interactions, number of outputs, 'strength' and 'reach of each interaction, and also the information flow at different times. The study was conducted in the Behavioral Biology Laboratory at UFRN. Two colonies with different densities of workers were observed for 16h/colony, totaling 8 hours/day by recording using a digital camera. Colonies of D. quadriceps showed no correlation between the total number of interactions with the total number of workers nor to the number of nest exits. The per capita rates of interactions showed a similar pattern in both colonies, being higher during the food availability periods. The colony with lower density of workers had more interactions per individual, especially on the day and period with food, and these interactions got stronger and greater range. The dynamics of social networks also showed a similar pattern among colonies, with greater flow of information during the feeding time. Based on these results we conclude that workers of D. quadriceps regulate foraging activity through self-stimulation, as well as with their contact rates by increasing the number of interactions when food was offered to the colony, changing the flow of information and increasing dissemination of information.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22599
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DeisylaneGarciaDaSilva_DISSERT.pdf1,79 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.