Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/22608
Title: Existências dissidentes e apagamentos: fatores associados à ideação suicida em pessoas transgênero
Authors: Silva, Glauber Weder dos Santos
Keywords: Saúde mental;Suicídio;Ideação suicida;Pessoas transgênero
Issue Date: 19-Dec-2016
Citation: SILVA, Glauber Weder dos Santos. Existências dissidentes e apagamentos: fatores associados à ideação suicida em pessoas transgênero. 2016. 95f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Introdução: No mundo, anualmente, ocorrem milhões de suicídios e parassuicídios, os quais são temas reconhecidos como prioridade da Saúde Pública. Estudos internacionais realizados nos últimos dez anos evidenciam associação de aspectos psicológicos e sociais no comportamento suicida de pessoas transgênero. Não foram encontrados no Brasil estudos que tenham rastreado e avaliado os aspectos associados à Ideação Suicida (IS) nesse público. Objetivo: Analisar a associação entre IS e os aspectos sociodemográficos, de saúde-doença, de depressão, de violência e comportamento suicida em pessoas transgênero. Método: Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, do tipo descritivo-analítico e transversal, desenvolvido junto a quatro Organizações Não Governamentais (ONGs) de Direitos de Pessoas Travestis e Transexuais no Rio Grande do Norte. A população foi constituída por 58 sujeitos. A coleta de dados ocorreu no período de novembro de 2015 a junho de 2016, utilizando-se três instrumentos específicos: (1) Escala de Ideação Suicida de Beck; (2) Inventário de Depressão de Beck; e (3) Questionário de informações sociodemográficas, de saúde-doença, violência e comportamento suicida. Os dados coletados foram organizados e armazenados em um banco de dados construído no software Microsoft Office Excel® versão 2016, com dupla digitação e, posteriormente, importados para o software R versão 3.3.1 para realização de testes. Para a análise descritiva, consideraram-se as frequências absolutas e relativas, medidas de tendência central e de dispersão. Para verificar a associação das variáveis, aplicou-se o Teste Qui-Quadrado de Pearson para Independência e, quando os pré-requisitos para o teste não foram atendidos, aplicouse o Teste Exato de Fisher. Adotou-se o nível de significância de 5%. O estudo foi autorizado pelas ONGs colaboradoras, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas e todos os participantes assinaram o TCLE. Resultados: IS foi presente em 41,38% dos participantes, entre os quais prevaleceram as seguintes características: identidade de gênero transexual (62,07%); sujeitos jovens com faixaetária de 18 aos 29 anos (68,97%); solteiros (81,03%); escolaridade menor ou igual a ensino médio (77,59%); raça negra ou parda (68,97%); em atividade de prostituição (29,31%) ou sem ocupação laboral (17,24%); e com renda mensal de até um salário mínimo (44,83%). Verificou-se associação estatisticamente significante com a presença de IS as seguintes variáveis: níveis de depressão (p=0,002); violência escolar (p=0,012); expulsão do núcleo familiar em razão da identidade de gênero (p=0,020); histórico de tentativa de suicídio (p=0,008); e intensidade da vontade de morrer na última tentativa de suicídio (p=0,028). A IS não se associou aos aspectos sociodemográficos nem de saúde-doença. Conclusões: Os resultados alertam para a necessidade da implementação, em caráter de urgência, de intervenções que objetivem o controle da IS, enquanto agravo à Saúde Pública, na população estudada.
Abstract: Introduction: Millions of suicides and parasuicides occur all over the world, every year, which are issues recognized as a Public Health priority. In the last decade, international researches have been demonstrating associations among psychological and social aspects in the suicidal behavior of transgender people. In Brazil, there are no researches that have tracked and evaluated the aspects associated to the Suicide Ideation (SI) among these people. Objective: To analyze the association among Suicidal Ideation and the aspects related to the issues: sociodemographic; healthillness; depression; violence and suicidal behavior in transgender people Method: This research presents a quantitative approach, descriptive-analytical and transversal type; which was developed with the collaboration of four Non- Governmental Organizations (NGOs) concerning the Civil Rights of Transvestite and Transsexual People in the State of Rio Grande do Norte, Brazil. This population was constituted by 58 individuals. Data collection occurred between November, 2015 and June, 2016. Three specific instruments have been used: (1) Beck’s Suicidal Ideation Scale; (2) Beck Depression Inventory; and (3) a Questionnaire involving sociodemographic, health-illness, violence and suicide information behavior. The collected data were organized and stored in a database built in the software Microsoft Office Excel®version 2016, with double entry; these data were then imported into the software R version 3.3.1 to provide tests realization. Regarding the descriptive analysis, the following criteria were considered: relative and absolute frequency and measures of central and dispersion tendency. In order to verify the association among the variables, Pearson's Chi-Square Test of Independence was used, and when the prerequisites weren’t met, Fisher's Exact Test was applied instead. It was adopted a 5% significance level. The study was authorized by the collaborative NGOs, approved by the Research Ethics Committee, and all participants signed a Free Informed Term of Consent. Results: SI was detected in 41,38% of the participants, among them prevailed the following characteristics: transsexual gender identity (62,07%); young individuals – age range varying from 18 to 29 years old (68,97%); singles (81,03%); educational level – high school or lower (77,59%); black or brown race (68,97%); under prostitution activities (29,31%) or without any occupation (17,24%); and with a monthly income up to the Brazilian minimum wage (44,83%).It was verified an association, statistically significant, regarding the presence of SI and the following variables: depression levels (p=0,002); school violence (p=0,012); expulsion from the family environment due to the gender identity (p=0,020); suicide attempts background (p=0,008): and dying wishing intensity during the last suicide attempt (p=0,028). SI was not associated to the sociodemographic aspects, neither to the health-illness ones. Conclusions: The results alert to the need of interventions implementation, under an urgent status, which would aim SI control, as damage to the Public Health, on the researched population.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22608
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GlauberWederDosSantosSilva_DISSERT.pdf1,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.