Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/22806
Title: Otimização de um sistema adutor pelo Método Granados
Authors: Amarant, Bruno Martins Vale de Lucena
Keywords: sistema adutor;dimensionamento otimizado;método de Granados
Issue Date: 5-Feb-2016
Citation: AMARANT, Bruno Martins Vale de Lucena. Otimização de um sistema adutor pelo Método Granados. 2016. 33f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Sanitária) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O dimensionamento dos sistemas adutores atuais é realizado buscando-se somente os menores custos, o que não garante um sistema otimizado. Diante da complexidade atual para conciliar economia, na implantação e consumo de energia, exigências técnicas, que atendam pressões e vazões e o aumento permanente das demandas de água para abastecimento é necessário a otimização desses sistemas. O método que garante a otimização de um sistema adutor de forma mais econômica é o Sistema de Granados, no qual a partir de uma solução prévia. Solução da qual obtém-se um dimensionamento com os menores diâmetros possíveis, capaz de atender os limites de velocidades máximas normatizadas. Porém com pressões máximas e consequentemente com uma elevada cota de cabeceira, a maior possível, requisitando maior energia de bombeamento ou maior cota de reservatório. Em seguida, o processo iterativo redimensionou a rede reduzindo as pressões e aumentando diâmetros com os menores custos através do Gradiente de Câmbio, que foi definido pela maior variação de perda de carga e menor variação de custo de tubulação. O objetivo deste trabalho foi realizar um dimensionamento otimizado, considerado um aperfeiçoamento, de um sistema adutor já em operação através da viabilidade prática e econômica do Método Granados. A partir dessa otimização buscou-se levantar os gastos gerados com possíveis alterações de diâmetros aliados a uma considerável melhoria nos fundamentos hidráulicos deste sistema adutor, permitindo o atendimento de novas demandas, sejam elas por aumento de vazões ou para criar novos pontos de distribuição. O método se confirmou como eficiente, na otimização das variáveis hidráulicas e na viabilidade econômica, apresentando-se como capaz de otimizar um sistema adutor existente permitindo ampliações de vazões e acréscimos de pontos de distribuição.
Abstract: O dimensionamento dos sistemas adutores atuais é realizado buscando-se somente os menores custos, o que não garante um sistema otimizado. Diante da complexidade atual para conciliar economia, na implantação e consumo de energia, exigências técnicas, que atendam pressões e vazões e o aumento permanente das demandas de água para abastecimento é necessário a otimização desses sistemas. O método que garante a otimização de um sistema adutor de forma mais econômica é o Sistema de Granados, no qual a partir de uma solução prévia. Solução da qual obtém-se um dimensionamento com os menores diâmetros possíveis, capaz de atender os limites de velocidades máximas normatizadas. Porém com pressões máximas e consequentemente com uma elevada cota de cabeceira, a maior possível, requisitando maior energia de bombeamento ou maior cota de reservatório. Em seguida, o processo iterativo redimensionou a rede reduzindo as pressões e aumentando diâmetros com os menores custos através do Gradiente de Câmbio, que foi definido pela maior variação de perda de carga e menor variação de custo de tubulação. O objetivo deste trabalho foi realizar um dimensionamento otimizado, considerado um aperfeiçoamento, de um sistema adutor já em operação através da viabilidade prática e econômica do Método Granados. A partir dessa otimização buscou-se levantar os gastos gerados com possíveis alterações de diâmetros aliados a uma considerável melhoria nos fundamentos hidráulicos deste sistema adutor, permitindo o atendimento de novas demandas, sejam elas por aumento de vazões ou para criar novos pontos de distribuição. O método se confirmou como eficiente, na otimização das variáveis hidráulicas e na viabilidade econômica, apresentando-se como capaz de otimizar um sistema adutor existente permitindo ampliações de vazões e acréscimos de pontos de distribuição.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22806
Appears in Collections:PPGESA - Mestrado em Engenharia Sanitária e Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BrunoMartinsValeDeLucenaAmarant_DISSERT.pdf2,07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.