Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/23233
Title: Ecologia reprodutiva, diversidade genética e sistema reprodutivo de Copernicia prunifera (ARECACEAE)
Authors: Silva, Richeliel Albert Rodrigues
Keywords: Carnaúba;Fenologia reprodutiva;Estruturas reprodutivas;ISSR;Taxa de cruzamento
Issue Date: 16-Feb-2017
Citation: SILVA, Richeliel Albert Rodrigues. Ecologia reprodutiva, diversidade genética e sistema reprodutivo de Copernicia prunifera (ARECACEAE). 2017. 51f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O presente estudo teve como objetivos descrever as características reprodutivas da palmeira Copernicia prunifera, investigar a diversidade genética e o sistema de reprodução de uma população natural por meio de marcadores ISSR no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Foram observadas inflorescências múltiplas, constituídas de flores hermafroditas, com coloração clara. Além disso, as flores são compostas por 3 sépalas, 3 pétalas, 6 estames e 3 carpelos. O percentual médio de pólens viáveis foi de 62%. Existem divergências nas fenofases reprodutivas entre as populações avaliadas, sendo observada atividade contínua na produção de flores e frutos maduros na população de Parnamirim, e descontínua na população de Macaíba. Os marcadores utilizados para analisar a diversidade genética e o sistema reprodutivo da Copernicia prunifera foram mediamente informativos e apresentaram elevado polimorfismo. Os valores dos índices de diversidade entre os indivíduos adultos e as progênies não diferiram estatisticamente (He = 0,319 e I = 0,470; He = 0,337 e I = 0,505), respectivamente. No teste de hipóteses para detecção de gargalo genético, nos modelos IAM (alelos infinitos) e SMM (passos de mutações), observaram-se ocorrência de redução populacional. As taxas de cruzamento em nível de população (n = 247) apontaram cruzamento multiloco (tm) de 0,878 e entre indivíduos não aparentados (ts) de 0,738, indicando que a Copernicia prunifera é uma espécie de cruzamento misto, sendo preferencialmente alógama. A diferença entre a taxa de cruzamento uniloco e multiloco (tm - ts) foi reduzida, sinalizando baixo cruzamento entre indivíduos aparentados. O índice de fixação entre as árvores matrizes (F) foi negativo (- 0,200), apontado ausência de endogamia. A correlação de autofecundação (rs) evidenciou valor elevado (0,914). Os resultados encontrados nesse estudo geraram informações sobre a ecologia reprodutiva da espécie, como também para adoção de estratégias de manejo, conservação e melhoramento genético da palmeira Copernicia prunifera.
Abstract: The present study aimed to describe the reproductive characteristics of the palm Copernicia prunifera, investigating the genetic diversity and the system of reproduction of a natural population by using ISSR markers in the state of Rio Grande do Norte, Brazil. Were observed multiple inflorescences, constituted of hermaphroditic flowers, with clear coloration. In addition, the flowers are composed of 3 sepals, 3 petals, 6 stamens and 3 carpels. The average percentage of viable pollen was 62%. There are differences in the reproductive phenophases between populations evaluated, being observed continuous activity in the production of flowers and ripe fruit in the population of Parnamirim, and discontinuous observation in the Macaíba population. The markers used to analyze the genetic diversity and reproductive system of Copernicia prunifera were usually informative and presented high polymorphism. The values of the indices of diversity among the adults and the progenies did not differ statistically (He = 0.319 and I = 0.470; He = 0.337 and I = 0.505), respectively. In the hypothesis test for detection of genetic bottleneck, IAM models (infinite alleles) and SMM (steps of mutations), observed occurrence of population reduction. Outcrossing rates in population level (n = 247) pointed multilocus outcrossing rate (tm) of 0.878 and single locus outcrossing rate (ts) of 0.738, indicating that the Copernicia prunifera is a species of mixed mating system, and preferentially alogamous. The mating among relatives rate (tm - ts) has been reduced, indicating low outcrossing between closely related individuals. The fixation index between seed tree (F) was negative (- 0.200), pointed to the absence of inbreeding. The correlation of selfing (rs) showed high value (0.914). The results found in this study generated information on the reproductive ecology of the specie, but also to adopt management strategies, conservation and genetic improvement of palm Copernicia prunifera.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23233
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EcologiaReprodutivaDiversidade_Silva_2017.pdf1.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.