Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/23610
Title: Spermacoceae (Rubiaceae) no Rio Grande do Norte, Brasil
Authors: Boeira, Tianisa Prates
Advisor: Jardim, Jomar Gomes
Keywords: Biodiversidade;Florística;Nordeste setentrional;Rubioideae;Taxonomia
Issue Date: 31-Aug-2016
Citation: BOEIRA, Tianisa Prates. Spermacoceae (Rubiaceae) no Rio Grande do Norte, Brasil. 2016. 87f. Dissertação (Mestrado em Sistemática e Evolução) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Rubiaceae é a quarta família mais representativa em número de espécies dentre as Angiospermas, com 13.526 espécies em 620 gêneros. No Brasil, a família é representada por 1.375 espécies, sendo 389 ocorrentes no Nordeste. A tribo Spermacoceae apresenta distribuição pantropical e é caracterizada por plantas predominantemente herbáceas com estípulas fimbriadas e flores geralmente tetrâmeras, representadas no Brasil por 217 espécies em 17 gêneros. O presente estudo teve como objetivo o estudo taxonômico das Spermacoceae no Rio Grande do Norte (RN), a fim de contribuir para o conhecimento sobre a flora do estado, bem como auxiliar na identificação correta das espécies do grupo, as quais são facilmente confundidas morfologicamente, mesmo ao nível de gênero. Para este estudo, foram realizadas expedições científicas a campo, para coleta e observação das Spermacoceae, em áreas de Mata Atlântica e Caatinga do estado, seguidas de identificação e descrição das espécies coletadas e depositadas em herbários. Foram encontradas 24 espécies e oito gêneros. Os gêneros mais representativos foram Borreria (8 spp.), Mitracarpus (6 spp.) e Hexasepalum (4 spp.); os demais: Oldenlandia (2 spp.) e Leptoscela, Richardia, Spermacoce e Staelia com apenas uma espécie cada. Seis espécies são registradas pela primeira vez para a flora do Rio Grande do Norte: Borreria ocymifolia, Mitracarpus baturitensis, M. hirtus, M. longicalyx, Oldenlandia corymbosa e Staelia virgata. São apresentadas descrições, ilustrações, chave de identificação e dados acerca do hábitat, fenologia e distribuição geográfica das espécies.
Abstract: Rubiaceae is the fourth largest family of Angiosperms, with 13.526 species and 620 genera. In Brazil, the family is represented by 1.375 species, of which 389 occurs in the Northeast region. The Spermacoceae is a tribe with pantropical distribution pattern, characterized by predominantly herbaceous plants with fimbriate stipules and flowers usually tetramerous, represented in Brazil by 217 species and 17 genera. This study aimed the taxonomic survey of the Spermacoceae in Rio Grande do Norte (RN), in order to contribute to the knowledge of the flora, as well as offer support to the correct identification of this group's species, which are easily confused due to the morphological resemblance, even at the generic level. For this study, field expeditions were made to collect and observe the Spermacoceae in areas of the Atlantic Forest and Caatinga in the state, followed by the identification, description of the specimens and further incorporation in herbaria. Were registred 24 species and eight genera. The most species-rich genera were Borreria (8 spp.), Mitracarpus (6 spp.) and Hexasepalum (4 spp.); Oldenlandia (2 spp.) each and Leptoscela, Richardia, Spermacoce e Staelia had only one species each. Six species are new records for the flora of Rio Grande do Norte: Borreria ocymifolia, Mitracarpus baturitensis, M. hirtus, M. longicalyx, Oldenlandia corymbosa e Staelia virgata. Descriptions, illustrations, identification key, habitat data, fenology and distribution of the species are presented.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23610
Appears in Collections:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TianisaPratesBoeira_DISSERT.pdf4,18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.