Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25122
Title: Relação entre educação em direitos humanos e educação inclusiva nas concepções e práticas de professores de um estudante cego
Authors: Silva, Linda Carter Souza da
Keywords: Educação em Direitos Humanos;Educação inclusiva;Práticas pedagógicas e estudante cego
Issue Date: 28-Feb-2018
Citation: SILVA, Linda Carter Souza da. Relação entre educação em direitos humanos e educação inclusiva nas concepções e práticas de professores de um estudante cego. 2018. 174f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O estudo em questão, parte da necessidade de reflexão sobre os desdobramentos do movimento histórico e político em prol do processo de reconhecimento e promoção de direitos, entre esses a inclusão escolar, de grupos historicamente marginalizados, tais como o de pessoas em condição de deficiência. Tal reflexão, apoiada nos pressupostos teóricos que fundamentam a Educação em Direitos Humanos e a Educação Inclusiva, buscou resposta ao questionamento: As práticas pedagógicas dos professores dos Anos Finais do Ensino Fundamental apresentam princípios relacionados à Educação Inclusiva e a Educação em Direitos Humanos no contexto de escolarização de pessoas cegas, na escola comum? Na busca por respostas, enveredamos na pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativa (STAKE, 2010; DENZIN & LINCOLN, 2006), do tipo Exploratória (GIL, 1999), tendo por método o Estudo de Caso Instrumental em Stake (2010). Traçamos como objetivo geral: analisar se e como as práticas pedagógicas de professores do Anos Finais de uma escola pública do município de Mossoró/RN, dialogam com os princípios da Educação Inclusiva e da Educação em Direitos Humanos em sala de aula com estudantes cegos. Como objetivos específicos: identificar as concepções de professores que tem estudante cego nos Anos Finais do Ensino Fundamental, sobre Educação em Direitos Humanos, Educação Inclusiva e Práticas pedagógicas; Observar se nas práticas pedagógicas desses professores os princípios da Educação Inclusiva e da Educação em Direitos Humanos se materializam; e estabelecer a relação, ou não, entre as concepções sobre Educação Inclusiva e Educação em Direitos Humanos com a prática pedagógica observada. Na construção dos dados utilizamo-nos da entrevista semi-estruturada (LAKATOS & MARCONI, 2003), com roteiro de entrevista comum, aplicada com seis professores dos Anos Finais do Ensino Fundamental e, a observação não participante (GIL, 1999). Os dados foram registrados em gravador e em diário de campo (BOGDAN & BIKLEN, 1994; GOLDENBERG, 2003). A leitura, interpretação e análise dos dados fundamentam-se na interpretação direta e na soma categórica (STAKE, 2010), tendo por variáveis passíveis à análise: Educação Inclusiva; Educação em Direitos Humanos e Prática Pedagógica. Os resultados dessa investigação apontam que, a Educação Inclusiva e a Educação em Direitos Humanos teoricamente dialogam entre si, porém na escola, campo de pesquisa, ainda há necessidade de atrelar e melhor compreender os princípios que as fundamentam. Sobretudo, compreender que tais princípios devem estar contemplados em um currículo flexível, nas estratégias de ensino e nos recursos didáticos que ajustem o acesso ao conhecimento a estudantes cegos, de forma a proporcionar-lhes aprendizagens significativas, além da tomada de consciência sobre os direitos garantidos constitucionalmente, com fins a promoção da cidadania plena. Faz-se, ainda, necessário o aprofundamento teórico e prático nos campos da Educação Inclusiva e da Educação em Direitos Humanos, por todos os professores entrevistados e demais membros da escola por meio, de formação continuada para que os conhecimentos em torno das temáticas possam se consolidar e tornarem-se uma realidade no cotidiano escolar.
Abstract: This study starts from the need to reflect about the repercussions of the historical and political movement for the process of recognition and promotion of rights, among which stands out the school inclusion of historically marginalized groups, such as people with disabilities. Such reflection, based on the theoretical assumptions substantiating Human Rights Education and Inclusive Education, sought to find answers to the question: Do the educational practices of teachers of the Final Years of Elementary School show principles related to Inclusive Education and Human Rights Education in the context of teaching blind people in the regular school? When searching for answers, we embraced the research of qualitative and quantitative approach (STAKE, 2010; DENZIN & LINCOLN, 2006), typified as exploratory (GIL, 1999), adopting the method of Instrumental Case Study, according to Stake (2010). Regarding the general objective, we outlined: to analyze if and how the educational practices of teachers of the Final Years of a public school in the town of Mossoró/RN dialogue with the principles of Inclusive Education and Human Rights Education in the classroom with blind students. As for the specific objectives, we aimed: to identify the conceptions of teachers that have a blind student in the Final Years of Elementary School about Human Rights Education, Inclusive Education and Educational Practices; to observe if the principles of Inclusive Education and Human Rights Education are materialized in the educational practices of these teachers; and to establish the relationship, or not, between the conceptions about Inclusive Education and Human Rights Education and the observed educational practice. When constructing the data, we used semi-structured interview (LAKATOS & MARCONI, 2003), with a common interview script, which was applied with six teachers of the Final Years of Elementary School, as well as non-participant observation (GIL, 1999). The data were registered in a recorder and a field diary (BOGDAN & BIKLEN, 1994; GOLDENBERG, 2003). The reading, interpretation and analysis of the data are underpinned by direct interpretation and categorical sum (STAKE, 2010), with the following variables likely to be analyzed: Inclusive Education; Human Rights Education and Educational Practice. The results of this survey highlight that Inclusive Education and Human Rights Education theoretically dialogue with each other, but in school, research field, there is still a need to attach and better understand the principles substantiating them. Overall, one should understand that such principles should be included in a flexible curriculum, teaching strategies and didactic resources capable of adjusting the access to knowledge to blind students, in such a way as to provide them with meaningful learning, in addition to awareness of the constitutionally guaranteed rights, with the purpose of promoting full citizenship. Moreover, there is a need to deepen theoretical and practical knowledge in the fields of Inclusive Education and Human Rights Education on the part of all interviewed teachers and other members of the school, through continuous training so that the skills related to the issues can be consolidated and transformed into a reality in everyday school life.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25122
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LindaCarterSouzaDaSilva_DISSERT.pdf1,45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.