Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25407
Title: Serviços ecossistêmicos em manguezal: identificação e mapeamento dos serviços de provisão no manguezal do rio Tijupá, Ilha do Maranhão - MA, Brasil
Authors: Santos, Nayara Marques
Keywords: Áreas úmidas costeiras;Ilha do Maranhão;Recursos naturais;Comunidades tradicionais
Issue Date: 23-Feb-2018
Citation: SANTOS, Nayara Marques. Serviços ecossistêmicos em manguezal: identificação e mapeamento dos serviços de provisão no manguezal do rio Tijupá, Ilha do Maranhão - MA, Brasil. 2018. 124f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Os Serviços Ecossistêmicos (SE) caracterizam-se como bens tangíveis e intangíveis produzidos pelos ecossistemas, utilizados direta ou indiretamente na busca pelo bem estar humano. Dentro desta abordagem, compreende-se que a diversidade de elementos abióticos e bióticos na superfície terrestre proporciona a ocorrência de importantes áreas de interesse ecológico e social e prestadora de importantes serviços, como o manguezal. Nesta pesquisa, tem-se como área de estudo o manguezal do rio Tijupá, uma das áreas mais extensas deste ecossistema localizado na porção sudeste da Ilha do Maranhão. O objetivo geral deste estudo foi analisar os SE prestados pelo manguezal do rio Tijupá a partir da identificação dos serviços ecossistêmicos de provisão utilizados pelos usuários do manguezal. Para isto foi realizada a compartimentação do manguezal da área em unidades geoambientais (apicum, bosque de mangue, lavado e canais de maré) e a caracterização geoambiental das respectivas unidades. Posteriormente, realizou-se a identificação e classificação dos Serviços de Ecossistêmicos de provisão baseado na Commom International Classification of Ecosystem Services (CICES) e o mapeamento dos SE de provisão por unidade geoambiental. O manguezal do rio Tijupá abrange cerca de 840 ha, sendo a maior parte deste ecossistema representada pelas unidades bosque de mangue (708,9 ha) e lavado (98,5 ha). Os serviços de provisão identificados na área correspondem a: pesca (e. g. bagre, tainha, siri), apicultura (e. g. mel, propólis), madeira convertida em materiais (e. g. cercas, caibros), utilização da fauna para pesca – isca (e. g. turu, tamaru, chama-maré), madeira convertida em energia (e. g. carvão), sendo a pesca o SE potencial consumido pelas comunidades da área. As unidades geoambientais potencialmente prestadoras de serviços foram o bosque de mangue e os canais de maré, onde o bosque destacou-se na provisão de materiais e os canais, no aprovisionamento de recursos nutritivos. A maioria dos serviços foram indicados na margem oeste do manguezal, onde há maior concentração das comunidades (e. g. Coquilho, Mato Grosso, Tajipuru e Caracueira) e vias de acesso terrestre. A análise destes dados fornece suporte para gestão do manguezal e das formas de uso dos recursos prestados por ele. Estas informações são relevantes para integrar o mapeamento dos serviços prestados por este ecossistema, posto que dados sobre a distribuição, intensidade e demanda dos serviços são importantes para identificar as áreas mais vulneráveis as intervenções antrópicas e as perdas e os ganhos na oferta de SE. Há necessidade de estudos posteriores no manguezal do rio Tijupá e em outros pontos de manguezal da Ilha do Maranhão, fundamentais para aprofundar o conhecimento sobre a dinâmica destes ecossistemas e a oferta de SE (provisão, regulação/manutenção e culturais), assim como para sistematização de dados sobre os Serviços Ecossistêmicos do manguezal da Ilha do Maranhão.
Abstract: Ecosystem Services (ES) are characterized as tangible and intangible goods for ecosystems, directly or indirectly dependent on the pursuit of human well-being. Within this approach, it is understood that the diversity of abiotic and biotic elements in the terrestrial surface provides the occurrence of important areas of ecological and social interest and providing important services, such as mangroves. In this research, the Tijupá river mangrove is one of the most extensive areas of this ecosystem located in the southeast portion of the Maranhão Island. The general objective of this study was to analyze the ES provided by the mangrove of Tijupá river from the identification of the ecosystem services provided by mangrove users. For this, compartmentalization of the area's mangrove into geoenvironmental units (apicum, mangrove forest, washing and tidal channels) and the geoenvironmental characterization of the respective units were carried out. Subsequently, the identification and classification of the Ecosystem Services of provision based on the Common International Classification of Ecosystem Services (CICES) and the mapping of the ES of provision by geo-environmental unit were carried out. The Tijupá river mangrove covers about 840 ha, most of this ecosystem represented by mangrove forest (708.9 ha) and washing (98.5 ha). The provision services identified in the area correspond to: fishing (eg catfish, mullet, siri), beekeeping (eg honey, propolis), wood converted into materials (eg fences, rafters), the use of fauna for fishing - bait (eg turu, tamaru, tide), wood converted into energy (eg coal), with the potential ES being consumed by the communities in the area. Potentially service-oriented geoenvironmental units were the mangrove forest and tidal channels, where the forest stood out in the provision of materials and channels, in the provision of nutritional resources. Most of the services were indicated on the western margin of the mangrove swamp, where there is greater concentration of communities (eg, Coquilho, Mato Grosso, Tajipuru and Caracueira) and land access routes. The analysis of these data provides support for mangrove management and the ways of using the mangrove resources. This information is relevant for integrating mapping, since data on the distribution, intensity, and demand for services are important in identifying the most vulnerable areas of human intervention and losses and gains in ES provision. There is a need for further studies on the Tijupá river mangrove and other mangrove areas of the Island of Maranhão, fundamental for deepening knowledge about the dynamics of these ecosystems and the supply of ES (provision, regulation / maintenance and cultural), as well as for systematization data on the Ecosystem Services of the Mangroves of the Island of Maranhão.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25407
Appears in Collections:PPGe - Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NayaraMarquesSantos_DISSERT.pdf9,88 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.