Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25500
Title: Produção do espaço urbano no bairro Planalto - Natal (RN): atuação do capital incorporador - 2005-2017
Authors: Guilherme, Elisabete Ferreira da Silveira
Keywords: Produção do espaço;Bairro Planalto;Periferia;Natal – Brasil;Incorporação imobiliária
Issue Date: 26-Mar-2018
Citation: GUILHERME, Elisabete Ferreira da Silveira. Produção do espaço urbano no bairro Planalto - Natal (RN): atuação do capital incorporador - 2005-2017. 2018. 259f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Este trabalho objetiva contribuir com o debate acerca da produção do espaço urbano a partir da atuação do capital incorporador no bairro Planalto, Natal – RN, no período de 2005 a 2017, consoante às formas, funções, estruturas e processos observados nas transformações da paisagem deste bairro. O capital incorporador, inicialmente ligado à reprodução do capital via satisfação dos desejos e necessidades da classe mais abastada da sociedade, em todo o mundo, é considerado um grande agente produtor do espaço. Em Natal, a partir dos anos 2000, verificase a inserção desse capital em bairros e regiões de baixa renda diferencial e socialmente periférica deste município e Região Metropolitana, provocando importantes mudanças na paisagem, na forma de uso e ocupação dos solos e em sua dinâmica socioeconômica e espacial. No bairro Planalto, especificamente, isso tem se revelado principalmente pelo crescimento vertiginoso de sua população, do comércio e dos serviços ofertados na última década, nos levando ao pressuposto de que tais transformações estão intrinsecamente ligadas à presença do capital incorporador, o qual vem contribuindo de forma significativa na produção do espaço urbano e de espaços diferenciados naquele bairro. Desse modo, busca-se investigar o perfil desse incorporador no bairro Planalto; analisar os aspectos de sua incorporação imobiliária e interpretar a atuação desse agente produtor do espaço no recorte espaço-temporal do estudo. A pesquisa conta com revisão bibliográfica, levantamento de dados primários e secundários em órgãos públicos e privados, registros de campo, entrevistas com proprietários fundiários, incorporadores imobiliários que atuaram ou ainda atuam no recorte espacial delimitado e representante de órgão público. A atuação do capital incorporador nesse bairro aponta para um processo de capitalização do espaço que se insere no contexto das novas periferias urbanas no Brasil, ali instigado pela criação de um fetiche em torno da moradia que ultrapassa o valor de uso e imerge significativamente no valor de troca, lastreado pelo campo simbólico que “capitaliza” socialmente a vivência humana pelo local de morada, ora num “condomínio club” com os aspectos que lhe “aburguesa” a vida social contemporânea.
Abstract: This work aims to contribute to the discussion about the production of urban space based on the performance of real estate incorporation capital in the district of Planalto, Natal – RN, from 2005 to 2017, according to the forms, functions, structures and processes observed in the transformations of this district’s landscape. Real estate incorporation capital, initially connected to the reproduction of capital through the fulfillment of the desires and needs of the most affluent class of society worldwide, is considered a major agent of space production. In Natal, from 2000 onwards, the infusion of this capital in socially peripheral districts and regions of low differential income of the city and its metropolitan area caused important changes in the landscape, in the way lands are used and occupied, and in its socioeconomic and spatial dynamics. In Planalto, specifically, this is shown mainly by the rapid growth of its population, commerce and services offered in the last decade, leading us to the assumption that such transformations are intrinsically connected to the presence of real estate incorporation capital, which contributes significantly to the production of the urban space and variegated spaces in that district. Thus, we seek to investigate the profile of the real estate developers in Planalto, analyze the aspects of their real estate incorporation and interpret the performance of this space producer agent in the space-time frame of this study. This research used a bibliographic review, primary and secondary data from public and private agencies, field records, interviews with landowners and real estate developers who have worked or still work in this specific space frame and are representatives of public agencies. The performance of real estate incorporation capital in this district points to a process of space capitalization in the context of the new urban peripheries in Brazil, triggered by the creation of a fetish around housing, which surpasses use value and becomes significantly saturated with exchange value, thus supported by the symbolic field that socially “capitalizes” human experience through the place of residence, presently seen as a “club condominium” whose features “bourgeoisify” social contemporary living.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25500
Appears in Collections:PPGe - Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElisabeteFerreiraDaSilveiraGuilherme_DISSERT.pdf7,36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.