Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25637
Title: Condições de saúde bucal e capacidade funcional em idosos: um estudo longitudinal de base populacional
Authors: Freitas, Yan Nogueira Leite de
Advisor: Lima, Kenio Costa de
Keywords: Idoso;Saúde bucal;Idoso fragilizado
Issue Date: 8-May-2018
Citation: FREITAS, Yan Nogueira Leite de. Condições de saúde bucal e capacidade funcional em idosos: um estudo longitudinal de base populacional. 2018. 121f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O estudo propõe uma análise longitudinal da relação entre as condições de saúde bucal e a capacidade funcional da população idosa do município de Macaíba-RN. Para tanto, duas ondas de observações foram realizadas em uma coorte representativa da população idosa desse município. O exame das condições de saúde bucal buscou avaliar o grau de ataque de cárie (CPO-d), a condição periodontal (CPI/PIP), os pares de dentes em oclusão, o uso e necessidade de próteses dentárias e a presença de alterações em tecidos moles. A avaliação da capacidade funcional dos idosos foi obtida por meio da aplicação do índice de Katz e do índice de Lawton-Brody. Além disso, foi utilizado um questionário para a caracterização do perfil socioeconômico e demográfico da amostra. Os dados referentes aos 209 indivíduos investigados na segunda onda revelaram uma amostra predominantemente feminina (66,5%). A média de idade foi de 75,2 (± 8,14) anos, com renda familiar média de 1,99 (± 1,49) salários mínimos. A quantidade de doenças auto-referidas pelos idosos foi de 1,7 (±1,1) doenças, em média. Quanto à avaliação longitudinal de saúde bucal da coorte, aferida a partir do indicador multidimensional proposto, observou-se que para 22,2% dos indivíduos houve uma piora da condição de saúde bucal, ao passo que 115 indivíduos (63,9%) mantiveram as mesmas condições de saúde bucal e, portanto, para 13,9% foi observada uma melhora de tais condições ao longo da coorte. Já em relação à capacidade funcional, observou-se que 23,5% dos indivíduos se tornaram dependentes para a realização das atividades básicas da vida diária e 88,5% da segunda onda apresentava algum grau de dependência para as atividades instrumentais da vida diária. Apesar da capacidade funcional não ter se associado à condição de saúde bucal dos indivíduos da coorte, observou-se que a situação de saúde bucal dos idosos do município de Macaíba-RN é precária e estável ao longo do tempo, o que dificulta a investigação de associações que possam indicar fatores relacionados a esse contexto. Entende-se que os achados apresentados são extremamente úteis para fomentar reflexões quanto à condição de vida desses indivíduos, principalmente no que diz respeito às políticas de saúde, sobretudo as políticas de saúde bucal que, claramente, não priorizam esse grupo etário.
Abstract: The study proposes a longitudinal analysis between oral health conditions and the functional capacity of the elderly population from the municipality of Macaíba-RN. For that, two waves of observations were performed in a elderly population representative cohort from this municipality. The oral health conditions examination sought to evaluate the degree of caries attack (DMFT), the periodontal condition (CPI/PAL), pairs of teeth in occlusion, the use and necessity of dental prostheses and the presence of changes in soft tissue. The functional capacity evaluation, which determines their degree of dependence, was obtained through the application of the Katz index and the Lawton-Brody index. Furthermore, a questionnaire was used to characterize the socioeconomic and demographic profile of the sample. Data from the 209 individuals investigated in the second wave revealed a predominantly female sample (66.5%). The mean age was 75.2 (± 8.14) years, with an average family income of 1.99 (± 1.49) minimum wages. The number of self-reported diseases by the elderly was 1.7 (± 1.1) on average. As to the oral health longitudinal evaluation, measured from the proposed multidimensional indicator, it was observed that for 22.2% of the subjects there was a worsening in the oral health condition, while 115 individuals (63.9%) maintained the same oral health conditions and, therefore, to 13.9% was observed an improvement in these conditions. Regarding functional capacity, it was observed that 23.5% of the individuals became dependent for the basic activities of daily living and 88.5% of the second wave presented some degree of dependence for the instrumental activities of daily living. Although the functional capacity was not associated with the oral health condition, it was observed that the oral health situation of the elderly from Macaíba-RN is precarious and stable over time, which makes it difficult to investigate associations that may indicate factors related to this context. It is understood that the findings presented are extremely useful to foster reflections on the living conditions of these individuals regarding health policies, especially the policies of oral health, which clearly does not prioritize this age group.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25637
Appears in Collections:PPGSCOL_Doutorado_Saúde_Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
YanNogueiraLeiteDeFreitas_TESE.pdf2,69 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.