Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25914
Title: Checklist das macrófitas aquáticas do RN com reforço amostral e florística do grupo na APA Bonfim-Guaraíra
Authors: Leroy, Juliana Aparecida Souza
Keywords: Caatinga;Florística;lagoas;mata atlântica;planta aquática;rios
Issue Date: 11-Dec-2015
Citation: LEROY, Juliana Aparecida Souza. Checklist das macrófitas aquáticas do RN com reforço amostral e florística do grupo na APA Bonfim-Guaraíra. 2015. 100f. Dissertação (Mestrado Em Ciências Florestais) - Universidade Federal Do Rio Grande Do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: As macrófitas aquáticas são extremamente importantes para manter o equilíbrio ecológico dos ecossistemas aquáticos e por representarem uma parcela significativa da biodiversidade vegetal. O presente trabalho tem como objetivo o conhecimento da riqueza e distribuição desse grupo no estado do Rio Grande do Norte, onde pesquisas sobre plantas aquáticas são incipientes. O primeiro capítulo trata do levantamento florístico das macrófitas aquáticas da Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíra, localizada na mesorregião leste do RN, abrigando remanescentes de Mata Atlântica. As coletas foram feitas em 14 lagoas e quatro rios da APA, completando um ciclo hidrológico. O inventário resultou em um total de 30 famílias, 41 gêneros e 67 espécies, de distintas formas biológicas. As famílias com maior número de espécies foram Cyperaceae (10 espécies) e Lentibulariaceae (8 espécies). As famílias com maior número de gêneros foram Araceae (4 gêneros) e Cyperaceae (3). Utricularia apresentou o maior número de espécies (8). Das formas de vidas predominantes, 49,2% são emergentes e 13,4%, anfíbias. A lagoa da Boa Cica apresentou maior riqueza de espécies (20spp.). Entre os rios, o rio Jacu se destacou pela maior riqueza (27spp.). Das 67 espécies encontradas, 13 são novas ocorrências para o estado do Rio Grande do Norte. Os resultados comprovam que a região estudada apresenta considerável riqueza de plantas aquáticas e o número de novas ocorrências para a flora do RN aponta para a necessidade de pesquisas adicionais na APA. O segundo capítulo trata de um checklist das macrófitas aquáticas do Rio Grande do Norte. O estudo baseou-se no levantamento das plantas aquáticas dos herbários da UFRN e MOSS (UFERSA), em conjunto com a análise do material bibliográfico. As espécies foram classificadas de acordo com a localização, forma de vida, bacia hidrográfica, bioma, padrões de distribuição geográfica e a fonte de referência. A pesquisa listou um total de 56 famílias, 157 gêneros e 290 espécies. As famílias com maior número de espécies listadas foram Cyperaceae (49) e Poaceae (28). A forma de vida predominante foi a anfíbia. A bacia hidrográfica Apodi-Mossoró destaca-se com o maior número de coletas. Contrariando nossa hipótese original, de que a Mata Atlântica apresentaria maior riqueza, 40,8 % dos táxons estão na Caatinga. Apenas três espécies são endêmicas do Nordeste brasileiro: Sida galheirensis, Anamaria heterophylla e Paspalum scutatum. Os resultados comprovam que há deficiência em pesquisas em duas bacias hidrográficas das 16 presentes no Estado e que pesquisas mais detalhadas são fundamentais para o conhecimento florístico das macrófitas aquáticas e a sua distribuição. No capítulo 3 mostra uma nova forma de herborizar plantas aquáticas utilizando folhas para depilação, que foram testadas durante o levantamento florístico da APA Bonfim-Guaraíra. O resultado mostrou que as folhas toleram a temperatura da estufa, conservam a espécie e a sua coloração, têm um custo baixo e é facilmente encontrado no mercado.
Abstract: The aquatic macrophytes are extremely important to maintain the ecological balance of aquatic ecosystems and represent a significant portion of plant biodiversity. This work aims to improve the knowledge on species richness and distribution of this group in the state of Rio Grande do Norte, where research on aquatic plants is still deficient. Chapter 1 refers to the floristic survey of aquatic macrophytes in Área de Proteção Ambiental (Environmental Protection Area) Bonfim-Guaraíra, located in the east mesoregion of RN, sheltering remnants of Atlantic Forest. The specimens were collected in 14 lakes and four rivers in the area, completing a full hydrological cycle. The inventory resulted in a total of 30 families, 41 genera, and 67 species of different life forms. Families with larger numbers of species were Cyperaceae (10 species) and Lentibulariaceae (8). The families with the highest number of genera were Araceae (4 genera) and Cyperaceae (3). Utricularia presented the largest number of species (8). The predominant life forms are emergent (49,2%) and amphibious (13,4%). The lagoa Boa Cica presented the highest species richness among the others ponds (20spp.). Among the rivers, rio Jacu presented the highest richness (27spp.). Among the 67 species found, 13 are new records for the state of Rio Grande do Norte. The results show that the studied region has a considerable richness of aquatic plants, and the number of new records for the state flora points to the need of additional researches in APA. The second chapter is a checklist of aquatic macrophytes of Rio Grande do Norte. The study was based on the survey of the aquatic macrophytes from UFRN and MOSS (UFERSA) herbaria collections, plus the analyses of the literature. The species were classified according to location, life forms, watersheds, biome, distribution patterns and the reference source. The survey listed a total of 56 families, 157 genera and 290 species. The richest families were Cyperaceae (40) and Poaceae (28). The predominant life form was the amphibious. The Apodi-Mossoró basin stands out with the largest number of collections. Contrary to our original hypothesis, that the Atlantic Forest would present greater richness, 40,8% of taxa are occurring in the Caatinga. Only three species are endemic to Northeast Brazil: Sida galheirensis, Anamaria heterophylla and Paspalum scutatum. The results show that there is deficiency in research in two watersheds out of the 16 present in the state, and that more detailed research is fundamental to improve the floristic knowledge of aquatic macrophytes and their distribution. Chapter 3 shows a new way of herborize aquatic plants using leaves for hair removal, which were tested during the floristic survey of Bonfim Guaraíra-APA. The result showed that the leaves can tolerate the oven temperature, conserve better the species and their color, it has a low cost and is easily found on the market.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25914
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MacrofitasBonfimAquaticas_Leroy_2015.pdf1,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.