Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/26526
Title: Fixação do médico na atenção primária à saúde: uma perspectiva a partir do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica
Authors: Cortez, Lyane Ramalho
Advisor: Noro, Luiz Roberto Augusto
Keywords: Atenção primária à saúde;Estratégia saúde da família;Educação médica
Issue Date: 16-Aug-2018
Citation: CORTEZ, Lyane Ramalho. Fixação do médico na atenção primária à saúde: uma perspectiva a partir do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica. 2018. 242f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A presente pesquisa analisou fatores que levaram médicos a migrarem do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB) para o Programa Mais Médicos para o Brasil (PMM), optando por continuar como médico da Atenção Primária à Saúde (APS), assim como objetivou analisar a inserção do Médico na Atenção Primária à Saúde a partir do PROVAB e da visão dos usuários, gestores, supervisores acadêmicos e do próprio médico. Utilizou uma metodologia que contemplou aspectos qualitativos e quantitativos de forma a potencializar o diagnóstico e se aproximar do fenômeno pesquisado. Foram utilizados dados secundários provenientes do Relatório de Primeiras Impressões (RPI), preenchidos pelos médicos ao chegar ao PROVAB, sendo utilizado para a análise desses dados o software Iramuteq. Para análise dos dados qualitativos coletados a partir de seis grupos focais, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo, identificando-se as respectivas categorias de análises temáticas. Ao chegar ao PROVAB o médico identificou que o acesso do usuário era dificultado por uma organização de agenda que priorizava a livre demanda e atendimentos por tipo de doença e ciclos de vida, com prejuízo na identificação, escuta e acolhimento das necessidades de saúde dos usuários. Havia dificuldades relacionadas à falta de material, a condições inadequadas de infraestrutura e a uma rotina de sobrecarga dos trabalhadores de saúde. Na formação desse médico constatou-se uma lacuna na graduação relacionada à APS, tendo o ano de formação do PROVAB se configurado como um agregador dessas competências, oportunizando vivência profissional com autonomia, capacidade de trabalhar em equipe e de atuar na educação permanente nos seus territórios qualificando o cuidado na APS. Foi identificada nos médicos uma postura diferenciada com relação à escuta e ao acompanhamento dos usuários com forte vínculo e comprometimento com o cuidado no território. Foi constatado que o acesso às ações e serviços de saúde sofre influência da presença do médico e do modelo de atenção com ênfase nas necessidades de saúde dos usuários e na promoção e educação em saúde a partir do acolhimento e acesso humanizado, ampliando a capacidade de resolutividade e a integralidade do cuidado. A gestão das Unidades Básicas de Saúde (Diretores de Unidade) foram considerados facilitadores desse processo de qualificação desencadeado pelo programa, na medida em que foram observados aspectos como sensibilidade, flexibilidade e busca pela qualificação permanente, as quais permitiram a promoção de um trabalho vivo em ato, produzido pela tessitura de saberes e fazeres dos atores sociais envolvidos na equipe de trabalho da Atenção Primária a Saúde. Verifica-se por fim, que apesar de todos os desafios enfrentados pelo PROVAB em todo o seu percurso, o mesmo teve uma contribuição ímpar para a qualificação do cuidado na APS, contribuindo para o nascimento de uma nova lógica de formação médica no Brasil. Sua efetiva contribuição com a consolidação do PMM, este ainda em construção, configura-se como um grande movimento de resistência à desarticulação e desconstrução do SUS que acontece diariamente no nosso país.
Abstract: The present study not only analyzed factors that led physicians to migrate from the Program to Value Primary Healthcare Professionals (PROVAB) to the More Physicians for Brazil Project (PMM), opting to continue as Primary Health Care (APS), but also aimed to analyze the insertion of the Doctor in Primary Health Care from PROVAB and the vision of users, managers, academic supervisors and the doctor himself.. It used a mixed methodology when contemplating qualitative and quantitative aspects in order to potentialize the diagnosis and to approach the researched phenomenon. Secondary data from the First Impressions Report (RPI) were used by physicians when they arrived at PROVAB. The Iramuteq software was used to analyze these data. To analyze the qualitative data collected from six focus groups, the content analysis technique was used, identifying the respective categories of thematic analyzes. Upon arriving at PROVAB, the doctor identified that the access of the user was hampered by an agenda organization that prioritized free demand and care by type of illness and life cycles, with a loss in the identification, listening and reception of the users' health needs. There were difficulties related to lack of material, inadequate infrastructure conditions and a routine of overloading health workers. In the training of these doctors there was a gap in the graduation course related to the APS, and the year of formation at PROVAB was configured as an aggregator of these competences, providing professional experience with autonomy, ability to work as a team and to work in permanent education in their territories qualifying care in APS. The physicians identified a differentiated posture regarding the listening and follow-up of users with a strong bond and commitment to care in the territory. It was verified that the access to health services and actions is influenced by the presence of the physician and the model of attention with emphasis on the health needs of the users and in the health promotion and education from the reception and humanized access, increasing the resolving capacity and the completeness of care. The management was a facilitator of this qualification process triggered by the program, and aspects such as sensitivity, flexibility and search for permanent qualification were observed, which allowed the promotion of a live work in an act, produced by the knowledge and know-how social workers involved in the Primary Health Care workforce. Finally, despite all the challenges faced by PROVAB throughout its course, it has had a unique contribution to the qualification of APS, contributing to the birth of a new logic of medical education in Brazil. Its effective contribution to the consolidation of the PMM, which is still under construction, is a major movement of resistance to the disarticulation and deconstruction of the SUS that happens daily in our country.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26526
Appears in Collections:PPGSCOL - Doutorado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fixaçãomédicoatenção_Cortez_2018.pdf9,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.