Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/27979
Title: Avaliação do desempenho térmico e lumínico, considerando o nível de satisfação dos usuários: o caso de um edifício de escritório com estratégias bioclimáticas
Authors: Castro, Nayana Helena Barbosa de
Keywords: Estratégias bioclimáticas de projetos;Avaliação pós-ocupação;Desempenho térmico de edifícios;Desempenho lumínico de edifícios;Pesquisa de satisfação com os usuários;Edifício de escritório;Clima quente e úmido
Issue Date: 26-Jul-2019
Citation: CASTRO, Nayana Helena Barbosa de. Avaliação do desempenho térmico e lumínico, considerando o nível de satisfação dos usuários: o caso de um edifício de escritório com estratégias bioclimáticas. 2019. 168f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: As características arquitetônicas das edificações, como sua qualidade ambiental interna, interferem na saúde, bem-estar e produtividade de seus usuários. Além disso, essas características também interferem no consumo energético dos edifícios, sendo o uso de sistemas ativos, como condicionamento de ar e iluminação artificial alguns dos principais responsáveis pelo aumento desse consumo. Esse impacto negativo poderia ser reduzido com a aplicação de estratégias bioclimáticas no projeto arquitetônico para promover conforto térmico e lumínico aos usuários de modo passivo. As contribuições dessas estratégias podem ser avaliadas durante a etapa de projeto (por meio de simulações) e durante a fase de uso de uma edificação. Avaliar essas contribuições na fase de uso permite identificar as características positivas e negativas das soluções arquitetônicas adotadas e consequentemente aprender com os acertos e evitar repetições de erros. Portanto, este trabalho tem o objetivo de investigar os impactos de estratégias bioclimáticas de projeto no desempenho termo-lumínico, e no nível de satisfação dos usuários de um edifício de escritório em sua fase de uso. Como estudo de caso, foi selecionado um edifício em operação localizado em uma região litorânea de baixa latitude, com clima quente e úmido, e que teve suas soluções arquitetônicas bioclimáticas simuladas e avaliadas na etapa de projeto. O procedimento utilizado para alcançar o objetivo definido foi uma avaliação pós-ocupação realizada por meio de: observações diretas; coleta de dados quantitativos, com medições de variáveis ambientais in loco; e coleta de dados qualitativos, mediante pesquisa de satisfação com os usuários. Os dados coletados foram comparados com parâmetros de referência definidos com base na literatura e nos que haviam sido utilizados na etapa de projeto. Como resultado, foi verificado que as soluções arquitetônicas bioclimáticas utilizadas proporcionaram um desempenho térmico satisfatório ao edifício, tanto do ponto de vista técnico, quanto do ponto de vista dos usuários. Porém, o mesmo não ocorreu com o desempenho lumínico, que teve seu desempenho comprometido por alterações realizadas nas soluções propostas durante a fase de construção e de uso. Dentre as conclusões, destaca-se que, além das decisões de projeto, aspectos externos como: execução da obra, comportamento dos usuários, falhas de comunicação e características do entorno podem interferir significativamente o desempenho pretendido.
Abstract: Buildings´ architectural features, such indoor environmental quality, interfere in health, wellbeing and productivity of their users. In addition, these characteristics also interfere in buildings´ energy consumption. The use of active systems, such as HVAC systems and lighting are some of the main responsible for this consumption. One aspect that contributes to this high consumption is the mismatch between architectural design and local climate. This negative impact could be reduced with the use of bioclimatic strategies to promote users’ thermal and lighting comfort. The contributions of these strategies can be evaluated during the buildings’ design phase (by computational simulations) and during its usage, after completion. Evaluating these contributions during the use phase allows: identify the positive and negative aspects of the architectural solutions applied, learn from the correct answers and avoid repetition of errors. Therefore, the objective of this work is to investigate the impacts of bioclimatic-design strategies on the thermo-luminous performance and on the users´ satisfaction level of an office building during its use phase. A building in operation, located in a low latitude coastal area with a hot humid weather, was selected as a case study. The bioclimatic-design strategies of this building were simulated and evaluated during the design phase. The proceedings to achieve the proposed objective was a post-occupancy evaluation realized by: direct observations; quantitative-data collection through environmental measurements in loco; and collection of qualitative data through satisfaction survey with users. The data collected were compared with reference parameters defined on the literature review and those used in the design phase. As a result, it was verified that the adopted bioclimatic-design strategies provided a high thermal performance to the building, from the technical and from the user’s point of view. However, the same did not occur with the daylight performance that was negatively impacted by changes in the proposed solutions during the construction and use phase. Among the conclusions, it is highlighted that, in addition to the design decisions, external aspects such as: the building construction, user behavior, communication flaws and surrounding characteristics can significantly interfere on the intended performance.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27979
Appears in Collections:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliaçãodesempenhotérmico_Goulart_2019.pdf7,28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.