Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/29463
Title: I'ts a date: avaliação das diferenças individuais em um speed-dating com universitários brasileiros
Authors: Nascimento, Adrielly Marcela de Castro do
Advisor: Lopes, Fívia de Araújo
Keywords: Mercado de acasalamento;Escolha de parceiro;Personalidade;Autoestima;Valor de mercado
Issue Date: 17-Mar-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NASCIMENTO, Adrielly Marcela de Castro do. I'ts a date: avaliação das diferenças individuais em um speed-dating com universitários brasileiros. 2020. 99f. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Os seres vivos possuem mecanismos fisiológicos e comportamentais que evoluíram em favor da passagem dos genes, como a escolha de parceiros romântico. Nos humanos ancestrais, essa escolha pode ter favorecido que certas preferências se perpetuassem até os dias atuais. Grande parte dos estudos que analisa tais preferências sexuais humanas, avaliam apenas a idealização, deixando de lado a escolha real. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar as preferências por características individuais, como personalidade e atratividade, entre sexos, avaliando a idealização e a escolha real por meio dos encontros rápidos. Para isso, 175 voluntários participaram dos métodos realizados: aplicação de questionário e um experimento utilizando o speed-dating. O primeiro artigo empírico objetivou analisar o uso de diferentes metodologias na avaliação da escolha de parceiro e mostrar a relação dessas com o perfil dos participantes de speed-dating. Nossos resultados mostram que os speeddateres se consideram mais atraentes e com mais recursos do que os indivíduos que não participam de speed-dating. O segundo artigo buscou avaliar as características individuais como atratividade e autoavaliação como parceiro romântico, a relação entre elas e a influência do valor de mercado na idealização e escolha de um parceiro(a) romântico. Nossos resultados mostraram que a autopercepção influencia a autoestima dos indivíduos; além disso, essa autopercepção influencia a idealização e a escolha, porém com diferenças nas características entre os sexos. Em nosso terceiro artigo avaliamos a importância da atratividade e da personalidade nas escolhas para diferentes contextos de relacionamento. Nossos resultados mostram que a atratividade parece desempenhar um papel mais importante para as escolhas de longo-prazo do que os traços de personalidade, mas apenas para as mulheres. Nosso estudo mostra que existem diversas relações entre diferentes características individuais no processo de escolha de parceiro, que diferem de acordo com o sexo dos indivíduos, e também são dependentes de contexto.
Abstract: All the living beings have evolved behavioral and physiological mechanisms in favor of passing on genes to next generation, like choosing romantic partners. In humans ancestors this choice may favor some preferences to be selected over others. Many of the studies that analysed the human preferences evaluate only romantic partner idealization and do not analysed the real mate choice. The aim of our study was to investigate the differences in preferences for individual characteristics, as personality and attractiveness, between sex, and evaluate the idealization and real partner choice in speed-datings experiments . For this, we applied questionnaires and realized an speed-dating experiment. In the first empirical article, we aimed to analyze the use of different methodologies in the assessment of partner choice and show the relation between them and the profile of speed-dating participants. Our results show that speed-daterers consider themselves more attractive and are more resourceful than individuals who do not participate in speed-dating. The second article evaluated the individual characteristics such as attractiveness and self-assessment as a romantic partner, the relationship between them and the influence of mate value on the idealization and choice of a romantic partner. Our results showed that self-perception influences individuals' selfesteem; in addition, this self-perception influences idealization and choice, but with differences between genders. In our third article we assessed the importance of attractiveness and personality in the choices for different relationship contexts Our results show that attractiveness appears to play a more important role for the long-term than personality traits, but only for women. This study shows that there are several relationships between different individual characteristics in the process of choosing a partner, and that these relationships differ according to individuals’ sex, in addition to being context dependent.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/29463
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Itsdateavaliacao_Nascimento_2020.pdf2,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.