Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32090
Title: "Serão perfeitas donas de casa e distintas moças da sociedade": a Escola Doméstica em uma história da educação das sensibilidades femininas em Natal (1914-1945)
Authors: Souza, Vitória Diniz de
Keywords: Escola Doméstica;História da educação feminina;Gênero;Sensibilidades;Análise do discurso
Issue Date: 5-Feb-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Vitória Diniz de. "Serão perfeitas donas de casa e distintas moças da sociedade": a Escola Doméstica em uma história da educação das sensibilidades femininas em Natal (1914-1945). 2021. 204f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2021.
Portuguese Abstract: O objetivo dessa dissertação é compreender como os discursos desenvolvidos pela Escola Doméstica sobre a escolarização das mulheres produziram sensibilidades acerca da feminilidade. A Escola Doméstica foi uma instituição de Educação Doméstica, inaugurada em 1914 na cidade do Natal, no Rio Grande do Norte. Essa escola era destinada exclusivamente às mulheres após concluírem o Ensino Primário completo, sobretudo, as jovens da elite potiguar. Esse é um trabalho sobre a história da educação feminina, se enquadrando nos pressupostos da História Cultural e dialogando com os estudos de gênero, no intuito de perceber como as diferenças sexuais e de gênero são produzidas historicamente e discursivamente, a partir das abordagens de Judith Butler (2003) e Guacira Louro (2003; 2019), e o processo dessa prática de distinção na generificação do espaço escolar. Desse modo, entende-se a instituição escolar enquanto um dispositivo de poder que produz discursos sobre o corpo sexuado e institui práticas de disciplinamento sobre esse corpo estudantil, produzindo regimes de verdade sobre a feminilidade. Como metodologia, foi adotada a Análise do Discurso de inspiração nas obras de Michel Foucault (1999; 2008), para identificar os enunciados discursivos produzidos pela Escola Doméstica acerca das sensibilidades femininas. Dessa maneira, para atingir o objetivo proposto, primeiro, foi preciso diagnosticar as condições de possibilidade de emergência dos discursos sobre a escolarização feminina na Escola Doméstica. Segundo, identificar quais os conhecimentos articulados pela Educação Doméstica escolarizada enquanto parte de um projeto de associação entre a mulher e o lar. E, por fim, identificar os modos de subjetivação experimentados pelas alunas face ao projeto institucional de formação da “dona de casa cidadã”. Portanto, por meio dessa pesquisa, foram percebidas um conjunto de regularidades discursivas que produziam o efeito de um discurso verdadeiro sobre o feminino pela sua constante repetição. Os discursos produzidos pela Escola Doméstica acerca da feminilidade agiam através da mobilização dos conhecimentos domésticos a partir de uma lógica higienista, defendendo o lugar da mulher no lar, como protagonista desse espaço, agindo enquanto mãe, esposa e dona de casa.
Abstract: The main of this dissertation is to understand how Escola Doméstica institution developed discourses about women education producing sensibilities about femininity. Escola Doméstica was a Domestic Education institution, opened in 1914 in the city of Natal, Rio Grande do Norte, Brazil. This school was intended exclusively for women after they completed their full primary education, especially for the elite young women from Rio Grande do Norte. This is a history of women education research, in a Cultural History approach, dialoguing with gender studies, in order to understand how sexual and gender differences are produced historically and discursively, and the process of this practice of distinction in the school genderfication, based on Judith Butler (2003) and Guacira Louro (2003; 2019) theories. Indeed, the school institution is understood as a power dispositive that produces discourses about the body, the sex, the gender and institutes disciplinary practices over that student body, producing regimes of truth for femininity. As a methodology was chosen the Foucauldian Discourse Analysis (1999; 2008), to identify the discursive statements produced by the Domestic School about female sensibilities. Thus, in order to achieve the proposed objective, first, it was necessary to diagnose the women schooling discourses conditions emergence in the Escola Doméstica. Second, to identify the knowledge articulated by Domestic Education as part of an association project between femininity and the home space. And, finally, to identify the modes of subjectivity experienced by the students in light of the institutional project for the formation of the “citizen housewife” figure. Therefore, through this research, a set of discursive regularities were perceived, analyzing how they produced a true effect discourse about the feminine by means of its constant repetition. The discourses produced about femininity by Escola Doméstica acted through the mobilization of domestic knowledge based on a social hygiene logic, defending the place of women in the family, as a protagonist, acting as a mother and a citizen house-wife.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32090
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Seraoperfeitasdonas_Souza_2021.pdf3.24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.