Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32355
Title: Governança e eficiência dinâmica divisional das distribuidoras de gás canalizado do Brasil
Authors: Marques, Francisco Roldineli Varela
Keywords: Gás canalizado;Governança corporativa;Eficiência;DNSBM
Issue Date: 23-Dec-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARQUES, Francisco Roldineli Varela. Governança e eficiência dinâmica divisional das distribuidoras de gás canalizado do Brasil. 2020. 122f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Nos últimos anos o segmento de gás canalizado vem sofrendo sofrendo alteraçõespróprias, tornado-se cada vez mais importante matriz na energética Brasileira. É umsegmento amplamente visto como um meio atraente de atingir os objetivos ambientais,especialmente por ser um segmento caracterizado com grandes avanços tecnológicos. Nomercado nacional a maior parcela das empresas de distribuição atuam com característicasde monopólios naturais, sendo um sistema com características inviáveis à concorrência.Em face ao grau de importância deste segmento para nossa economia, as distribuidorastem buscado melhorar o seu compliance, bem como, seus determinantes de eficiência.Neste sentido, a presente pesquisa busca analisar a associação entre a governança e aeficiência dinâmica inter-temporal divisional nas distribuidoras de gás canalizado do Brasil.Para responder a questão, faremos a análise da eficiência em duas etapas. O primeiroestágio corresponde com a originalidade da pesquisa na aplicação do modelo DEAdinâmico com estrutura de rede baseado em folgas (Dynamic DEA with network structure:A slacks-based - DNSBM) que até o momento encontra-se ausente em outros estudos dosegmento. O segundo estágio foi estimado através de um painel de efeitos aleatórios como intuito de identificar a relação da eficiência com a governança e com fatores exógenos,sendo desenvolvido as hipóteses - há associação positiva entre a governança corporativae a eficiência das distribuidoras de gás canalizado do Brasil e : há associação positivasignificativa entre a concentração de propriedade e a eficiência das distribuidoras de gáscanalizado do Brasil. Para cálculo da eficiência, vinte e uma distribuidoras foramconsideradas. Quando as dimensões do DEA dinâmico em rede são reunidas, uma análisemais abrangente do período de 2014-2019 é permitida, onde as duas interações divisionais() entre os períodos () e períodos divisionais () são refletidas nas estimativas de eficiênciageral (). Os resultados indicam que: (1) O modelo DNSBM levou em consideração aestrutura interna das distribuidoras de gás canalizado e forneceu estimações melhores,proporcionando uma fronteira intertemporal de eficiência mais robusta. Mediante a trajetóriaintertemporal, tem-se que 48% das distribuidoras estão na fronteira da eficiência, o querepresenta um segmento com baixa excelência em se tratando de eficiência. (2) Nosegundo estágio, constatamos que a governança não apresenta associação positiva com aeficiência, sendo rejeitadas as hipóteses e do estudo.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32355
Appears in Collections:PPGA - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File SizeFormat 
Governancaeficienciadinamica_Marques_2020.pdf1.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.