Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/44802
Title: A Serra de Santana no semiárido nordestino: aspectos geográficos e possibilidade de práticas sustentáveis
Other Titles: Serra de Santana in the northeast semi-arid: geographical aspects and the possibility of sustainable practices
Authors: Lucena, Clara Yasmim de Souza
Advisor: Lucena, Rebecca Luna
Keywords: Semiárido;Lagoa Nova-RN;Áreas serranas
Issue Date: 17-Sep-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: Lucena, Clara Yasmim de Souza. A Serra de Santana no semiárido nordestino: aspectos geográficos e possibilidade de práticas sustentáveis. 2021. 28f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geografia) - Departamento de Geografia, Centro de Ensino Superior do Seridó, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2021.
Portuguese Abstract: A região semiárida brasileira, marcada principalmente pela incidência de secas associadas às altas taxas de insolação e temperatura, apresenta “áreas de exceção” com clima mais fresco e úmido decorrente dos efeitos da altitude. Esses enclaves úmidos que aparecem nos topos das montanhas e chapadas são de extrema importância para a região semiárida, visto que são considerados refúgios para espécies da flora e fauna, além de fontes de umidade. No contexto da insuficiência de informações sobre áreas serranas no semiárido brasileiro, o objetivo principal dessa pesquisa foi realizar um levantamento dos aspectos geográficos da Serra de Santana, com ênfase nas caraterísticas climáticas, pedológicas, hídricas e de vegetação, tomando por base o município de Lagoa Nova/RN. Considerou-se, na dinâmica das características geográficas supracitadas, os usos da terra e a reflexão acerca das possibilidades de práticas sustentáveis para a conservação desta importante unidade da paisagem. Para realização da pesquisa, foram utilizados dados climáticos referentes ao total anual de chuvas (mm) e temperaturas média, máximas e mínimas (oC) no período de 1985 a 2020 juntamente com os dados referentes às tele conexões El Nino Oscilação Sul (ENOS (2+1 e 3)); o índice do Atlântico Tropical Norte (TNA) e o índice do Atlântico Tropical Sul (TSA). Foram também realizadas análises de perfil de solo e o levantamento de dados da cobertura e uso da terra correspondente a série histórica referente aos anos de 1985 a 2020. Os resultados mostraram que o clima da serra de Santana apresenta temperaturas médias mais frescas do que a depressão sertaneja, porém os valores de precipitação são típicos da região semiárida. Também detectou-se haver influência das teleconexões ENOS e TNA no total de chuvas acumuladas anualmente. Com relação aos aspectos do solo, esses mostraram-se predominantemente profundos, em contraste com os solos predominantes na depressão sertaneja. Com relação às condições hídricas, a região é marcada pela presença de cursos d’agua secundários e intermitentes. A Serra é o divisor de águas das bacias hidrográficas do rio Potengi e Piranhas/Açu. Além destes, podemos encontrar também outros pontos de nascentes (como a do rio Potengi), e pequenos riachos assim como uma lagoa perene (que deu nome ao município de Lagoa Nova). No tocante a cobertura vegetal, o município de Lagoa Nova perdeu 2.407,78 hectares de áreas de vegetação nativa dos anos de 1985 a 2020. Essa área foi ocupada pelas atividades agropecuárias que durante o mesmo período observou um crescimento de 15% nas áreas ocupadas. Práticas sustentáveis são extremamente necessárias e urgentes na serra.
Abstract: Brazilian’s semi-arid region, that have the incidence of droughts associated with high rates of insolation and temperature, presents "exception areas" with a cooler and more humid climate resulting from the effects of altitude. These humidity islands that appear on the tops of mountains and plateaus, are extremely important for the semi-arid region, since they are considered refuges of flora and fauna species, as well as sources of humidity. In the context of insufficient information about mountainous areas in the Brazilian semiarid region, the goal of this research was to carry out a survey of the geographic aspects of the Serra de Santana, with emphasis on climatic, pedological, hydric and vegetation characteristics, based on the municipality of Lagoa Nova/RN. We considered, in the dynamics mentioned about geographic characteristics, the land uses and the reflection about the possibilities of sustainable practices for the conservation of this important unit of the landscape. To carry out the research, climatic data were used referring to the total annual rainfall (mm) and average, maximum and minimum temperatures (oC) in the period 1985 to 2020 along with data referring to the El Nino Oscillation South (ENOS (2+1 and 3) connections; the North Tropical Atlantic index (TNA) and the South Tropical Atlantic index (TSA). We also performed soil profile analysis and survey data of land cover and land use corresponding to the historical series for the years 1985 to 2020. The results showed that the climate of the Serra de Santana presents cooler average temperatures than the semi-arid depression, but the precipitation values are typical of the semi-arid region. The influence of ENOS and TNA teleconnections on the total annual accumulated rainfall was also detected. Regarding the soil aspects, these proved to be predominantly deep, in contrast to the predominant soils in the depression. With respect to water and vegetation conditions, the region is marked by the presence of secondary and intermittent streams. The Serra functioning as a watershed of the Potengi and Piranhas/Açu river basins. Besides these, we can also find other points of springs (such as the Potengi River), and small streams as well as a perennial Lagoon (which gave the name to the city of Lagoa Nova). Regarding vegetation cover, the municipality of Lagoa Nova lost 2,407.78 hectares of native vegetation areas from 1985 to 2020. This area was occupied by agricultural activities that during the same period observed a growth of 15% in occupied areas. Sustainable practices are extremely necessary and urgent in the highlands.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/44802
Appears in Collections:CERES - TCC - Geografia (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_YasmimLucena.pdf1,44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.