Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/45004
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSousa, Vanessa Patrícia Soares de-
dc.contributor.authorMartins, Érica de Freitas-
dc.date.accessioned2021-11-17T15:29:08Z-
dc.date.accessioned2021-11-24T13:54:50Z-
dc.date.available2021-11-17T15:29:08Z-
dc.date.available2021-11-24T13:54:50Z-
dc.date.issued2019-02-18-
dc.identifier20174000976pt_BR
dc.identifier.citationMARTINS, Érica de Freitas. Comparação dos aspectos físico-funcionais e da assistência obstétrica entre mulheres submetidas ao parto vaginal e cesárea. Orientadora: Vanessa Patrícia Soares de Sousa. 2019. 17 f. Monografia (Especialização) - Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Materno Infantil, Escola Multicampi de Ciências Médicas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/45004-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.subjectPeríodo Pós-Partopt_BR
dc.subjectAssistência perinatalpt_BR
dc.subjectFuncionalidadept_BR
dc.titleComparação dos aspectos físico-funcionais e da assistência obstétrica entre mulheres submetidas ao parto vaginal e cesáreapt_BR
dc.typepostGraduateThesispt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.contributor.referees1Dantas, Diego de Sousa-
dc.contributor.referees2Braga, Liliane Pereira-
dc.description.resumoIntrodução: Durante o ciclo gravídico-puerperal, a mulher passa por modificações que alteram o funcionamento de todos os sistemas corporais, independente da via de parto. Objetivo: Comparar aspectos físicos-funcionais e a percepção de assistência ao parto entre mulheres submetidas à cesárea e ao parto vaginal. Métodos: Estudo do tipo transversal e analítico com abordagem quantitativa. Os aspectos físicos foram avaliados através de exame físico. A avaliação da funcionalidade foi através da Escala de Avaliação de incapacidades da Organização Mundial de Saúde (WHODAS 2.0) e a avaliação da percepção das puérperas em relação à assistência ao parto através da Escala de Bem-Estar Materno em Situação de Parto (BMSP2). A análise da distribuição das variáveis quantitativas foi através do teste de Kolmogorov-Smirnov. Para comparar os aspectos físicos, funcionais e de percepção da assistência ao parto, foi utilizado o teste de Mann-Whitney. Para as variáveis categóricas, relacionadas aos aspectos físicos, foram utilizados o teste Quiquadro (2x2) ou o teste Quiquadro (rx2). Resultados: 1) puérperas que tiveram via de parto cesárea apresentam mais edema, quando comparadas as de parto vaginal (p=0,008); 2) as mulheres submetidas a cesárea demoraram mais tempo para a primeira deambulação (p=0,001); 3) não há diferença na funcionalidade quando comparados os grupos (p=0,90) e 4) puérperas de cesárea apresentaram um mal estar significativamente maior (p=0,006). Conclusão: Os resultados desse estudo sugerem que as mulheres submetidas à cesárea estão mais sujeitas a ter edema de membros inferiores, e retardar a primeira deambulação. Além de apresentarem um mal estar com relação a assistência obstétrica.pt_BR
dc.publisher.departmentResidencia Multiprofissional em Saúde Materno Infantilpt_BR
Appears in Collections:EMCM - Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde Materno-Infantil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComparaçãoAspectosFisicosFuncionais_Martins_2019.pdf303,9 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.