Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/47193
Title: Avaliação dos efeitos bioquímicos e histopatológicos da suplementação de creatina: estudo pré-clínico com modelo de diabetes tipo I induzida por estreptozotocina
Other Titles: Evaluation of the biochemical and histopathological effects of creative supplementation: a pre-clinical study with type I diabetes model induced by streptozotocin
Authors: Gonçalves, Meline Gomes
Advisor: Lima, João Paulo Matos Santos
Keywords: Diabetes mellitus;Suplementação de creatina;Parâmetros bioquímicos e histopatológicos;Pâncreas e rim
Issue Date: 25-Oct-2021
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: GONÇALVES, Meline Gomes. Avaliação dos efeitos bioquímicos e histopatológicos da suplementação de creatina: estudo pré-clínico com modelo de diabetes tipo I induzida por estreptozotocina. 2021. 75f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia Molecular) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2021.
Portuguese Abstract: Diabetes Mellitus (DM) é uma doença crônica metabólica de prevalência crescente em todo o mundo. Pesquisas são realizadas constantemente na tentativa de amenizar as complicações do DM e aumentar a qualidade de vida dos portadores. A creatina é um suplemento nutricional que vem sendo estudado para esse fim devido às suas capacidades antioxidantes e hipoglicemiantes. Entretanto, não há estudos que relatam o efeito da creatina tanto no metabolismo quanto nos tecidos que podem ser afetados na DM do tipo I (DMI). Dessa forma, este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da suplementação de creatina sobre os sinais clínicos, os parâmetros bioquímicos e histopatológicos do pâncreas e rins em ratos com DM induzida por estreptozotocina (STZ). Foram utilizados 32 ratos Wistar, divididos em quatro grupos aleatoriamente, contendo oito animais cada (n=8): (C) animais normoglicêmicos sem suplementação de creatina, (CCr) animais normoglicêmicos com suplementação de creatina, (D) animais diabéticos induzidos com STZ sem suplementação de creatina e (DCr) animais diabéticos induzidos com STZ e suplementados com creatina. Os grupos D e DCr receberam dose única de STZ (40 mg/kg, via i.p.) para indução da diabetes. Os grupos CCr e DCr receberam a suplementação de creatina por meio da ração isocalórica em duas fases (saturação, cinco dias antes da indução do DMI, e manutenção durante os 35 dias de experimento, com 13% e 2% de creatina respectivamente). A fim de avaliar os sinais clínicos da doença foram mensurados o consumo de água e de ração diariamente bem como o peso corporal semanalmente. Após a anestesia e eutanásia dos animais, o sangue e os órgãos foram coletados e armazenados para a análise de parâmetros bioquímicos [glicemia de jejum, creatinina, ureia sérica, aspartato transaminase (AST) e aspartato aminotransferase (ALT)] e morfológicos dos tecidos pancreático e renal dos animais. Observou-se, além da hiperglicemia durante todo o experimento, polidipsia, polifagia e diminuição do peso corporal nos animais diabéticos induzidos por STZ. A suplementação de creatina foi capaz de reduzir nos animais com DMI a glicemia (p<0,05), as concentrações séricas de ureia e de ALT do grupo DCr quando comparado ao grupo D (p<0,01). Avaliou-se histomorfometricamente o tecido pancreático, onde foi observado que os animais do grupo DCr não apresentaram diferença estatística em relação aos animais do grupo C e CCr (p>0,05). Nesse mesmo grupo (DCr), os animais apresentaram aumento da área das ilhotas em relação ao grupo D (p<0,01). Para o tecido renal os animais do grupo DCr apresentaram redução significativa na contagem de glomérulos renais em comparação aos outros grupos experimentais (p<0,05). Quanto às áreas glomerulares, os animais do grupo DCr foram semelhantes aos grupos C e CCr, enquanto os animais do grupo D apresentaram menores áreas dos glomérulos renais (p<0,05). A suplementação de creatina em ratos diabéticos induzidos por STZ apesar de ter atenuado os parâmetros bioquímicos de glicemia, ureia e AST, como também apresentado uma manutenção e proteção da histomorfometria pancreática, não foi capaz de causar efeitos benéficos ao grupo DCr quanto às consequências teciduais da DM. Ao contrário, o CCr apresentou características histopatológicas referentes à danos teciduais tanto de pancreatite quanto de necrose tubular renal. Portanto, a suplementação de creatina pode ser prejudicial nesse inédito arquétipo experimental. Portanto, mais investigações são necessárias para somar evidências quanto aos seus efeitos morfológicos e metabólicos.
Abstract: Diabetes Mellitus (DM) is a chronic metabolic disease and a Researches are constantly conducted in an attempt to all worldwide public health problem . eviate the complications of DM and increase the quality of life of patients. Creatine is a nutritional supplement that has been studied for this purpose due to its antioxidant and hypoglycemic features. However, there are no studies reporting the effect of creatine supplementation on both metabolism and tissues in type I DM. Thus, this study aimed to evaluate the effects of creatine supplementation on symptoms, biochemical and histopathological parameters of the pancreas and kidneys in diabetic rats induced by streptozotocin (STZ). 32 Wistar rats were randomly divided into 4 groups, containing 8 animals each (n=8): (C) normoglycemic animals without creatine supplementation, (CCr) normoglycemic animals with creatine supplementation, (D) diabetic animals induc ed with STZ without creatine supplementation, (DCr) diabetic animals induced with STZ and supplemented with creatine. Groups D and DCr received a single dose of STZ (40 mg/kg i.p.) for diabetes induction. The CCr and DCr groups received creatine supplement ation through isocaloric ration in two phases (saturation, five days before DMI induction, and maintenance, during the 35 days of the experiment, with 13% and 2% creatine, respectively). In order to assess the symptomatology of the pathological condition f or all experimental groups, daily water and feed consumption as well as weekly body weight were measured. After anesthesia and euthanasia of the animals, blood and organs were collected and stored for analysis of biochemical parameters [fasting glucose, cr eatinine, serum urea, aspartate transaminase (AST) and aspartate aminotransferase (ALT)] and histopathological parameters of pancreatic tissues and renal in the animals. In addition to hyperglycemia throughout the experiment, polydipsia, polyphagia and dec reased body weight were observed in STZ diabetic animals. Creatine supplementation was able to reduce DMIinduced animals’ glycemia (p<0,05), serum urea and ALT in the DCr group compared to the D group (p<0,01). Histopathologically the pancreatic tissue, w here it was observed that the animals in the DCr group did not differ statistically from the animals in the C and CCr groups (p>0,05). In this same group (DCr), the animals differed from the islet area compared to group renal tissue the animals in the DCr group incresed D (p<0,01). For in renal glomerulus count compared to the other experimental groups (p<0,05). As for the renal group were similar to the C and CCr groups, while th glomerular areas, the animals in the DCr e animals in the D group had smaller (p<0,05). Creatine supplementation in STZáreas induced diabetic rats, which induces the DMI experimental model, despite having attenuated the biochemical parameters of glycemia, urea and AST, as well as showing a maint enance and protection of pancreatic histomorphometry, was not able to cause beneficial effects to the DCr group regarding the tissue consequences of DM. On the contrary, CCr has histopathological characteristics referring to tissue damage from both pancrea titis and renal tubular necrosis. studies to better understand Therefore, we emphasize the importance of future the effects of creatine supplementation in the pancreatic and renal diabetic tissues and on Keywor ds: the biochemical parameters in the long term.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/47193
Appears in Collections:PPgBBM - Mestrado em Bioquímica e Biologia Molecular

Files in This Item:
File SizeFormat 
Avaliacaoefeitosbioquimicos_Goncalves_2021.pdf3,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.