Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/49199
Title: A influência de variáveis ambientais na comunidade zooplanctônica em duas zonas climáticas distintas
Other Titles: The influence of environmental variables on the zooplankton community in two distinct climatic zones
Authors: Melo, Yasmin Layne Horácio de
Advisor: Dias, Juliana Déo
Keywords: Precipitação;Região tropical;Região subtropical;Ecossistemas aquáticos;Precipitation;Tropical region;Subtropical region;Aquatic ecosystems
Issue Date: 22-Jul-2022
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MELO, Yasmin Layne Horácio de. A influência de variáveis ambientais na comunidade zooplanctônica em duas zonas climáticas distintas. 2022. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2022.
Portuguese Abstract: As mudanças climáticas podem impactar diretamente os ecossistemas aquáticos, promovendo alterações nas comunidades biológicas, especialmente o zooplâncton. Desta forma, este estudo teve como objetivo avaliar a variação da riqueza de espécies e da densidade total do zooplâncton ao longo do tempo em corpos aquáticos de duas regiões de climas distintos, e o papel das variáveis ambientais nessa variação. Coletas de zooplâncton e variáveis ambientais foram realizadas entre os anos de 2011 e 2017, no reservatório de Gargalheiras, localizado no estado do Rio Grande do Norte (região tropical) e na Lagoa das Garças no estado do Paraná (região subtropical). O zooplâncton foi identificado e quantificado em laboratório. Foi realizada uma ACP para caracterizar as duas regiões por meio das variáveis ambientais ao longo do tempo, sendo a clorofila-a e o fósforo total os principais contribuintes para a separação dos ambientes. A variação temporal da riqueza e densidade do zooplâncton foi avaliada por meio de uma regressão linear e o efeito das variáveis ambientais nesses índices foi verificado através de uma análise de regressão múltipla. Ao longo do período de estudo, a região tropical apresentou maior densidade total de zooplâncton e a região subtropical uma maior riqueza de espécies. As análises de regressão múltipla indicam um efeito negativo da clorofila-a e transparência sobre a densidade de zooplâncton para a região tropical. Enquanto na região subtropical, a densidade foi influenciada positivamente pela temperatura e pH e negativamente pela clorofila-a. Em relação a riqueza, não houve efeito das variáveis sobre esse atributo na região tropical, no entanto, a variação deste atributo para a subtropical foi explicada de forma negativa pela clorofila-a e oxigênio dissolvido. A relação negativa entre os índices do zooplâncton e a concentração de clorofila-a e a transparência da água pode ser explicada pelo aumento de eutrofização nos corpos aquáticos continentais devido a alterações no padrão de precipitação, bem como a ações antrópicas.
Abstract: Climate change can directly impact aquatic ecosystems, promoting changes in biological communities, especially zooplankton. Therefore, the purpose of the present study was to evaluate the variation of species richness and total zooplankton density over time in water bodies of two regions with different climates, and the role of environmental variables in this variation. The gathering of zooplankton and environmental variables were carried out between 2011 and 2017, in the Gargalheiras reservoir, located in the state of Rio Grande do Norte (tropical region) and in Lagoa das Garças, located in the of state Paraná (subtropical region). Zooplankton was identified and quantified in the laboratory. A PCA was carried out to characterize the two regions through environmental variables over time, with chlorophyll-a and total phosphorus being the main contributors to the separation of environments. The temporal variation of zooplankton richness and density was evaluated using a linear regression and the effect of environmental variables on these indices was verified through a multiple regression analysis. During the study period, the tropical region presented a higher total density of zooplankton and the subtropical region a higher species richness. Multiple regression analysis indicate a negative effect of chlorophyll-a and transparency on zooplankton density for tropical region. While in subtropical region, density was positively influenced by temperature and pH and negatively by chlorophyll-a. Regarding richness, there was no effect of the variables on this attribute in the tropical region, however, the variation of this attribute for subtropical region was explained negatively by chlorophyll-a and dissolved oxygen. The negative relationship between zooplankton indices and chlorophyll-a concentration and water transparency can be explained by the increase in eutrophication in continental water bodies due to changes in precipitation and temperature patterns, as well as anthropic actions.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/49199
Appears in Collections:CB - TCC - Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MELO_YLH_TCC_CB.pdfTexto TCC Melo, YLH622,84 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons