Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/49263
Título: (Re)cantos de saudade da terra natal: a construção sonora do nordeste na obra de Luiz Gonzaga (1941-1968)
Autor(es): Souza, Paulo Higor Duarte de
Orientador: Albuquerque Júnior, Durval Muniz de
Palavras-chave: Nordeste;Rádio;Luiz Gonzaga;Paisagem sonora
Data do documento: 31-Mai-2022
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: SOUZA, Paulo Higor Duarte de. (Re)cantos de saudade da terra natal: a construção sonora do nordeste na obra de Luiz Gonzaga (1941-1968). 2022. 123f. Dissertação (Mestrado em História) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2022.
Resumo: O presente trabalho propõe discutir de que forma se organizou um dado regime de audibilidade atrelado a região nordeste a partir da instrumentalização de um arquivo sonoro ligado a esta região na obra do sanfoneiro pernambucano Luiz Gonzaga (1912 – 1989). Para tanto, concentraremos a análise na atuação do artista no rádio, mais especificamente no programa “No Mundo do Baião” (1950-1951), estrelado por ele e seus principais parceiros de composição – Humberto Teixeira (1915- 1979) e Zé Dantas (1921 – 1962) – na Rádio Nacional. Partindo desta documentação e recorte, buscaremos mostrar de que forma a construção de dadas espacialidades está ligada a uma apreensão e composição simbólica do espaço, que no caso em questão envolve a articulação de elementos, marcos sonoros e sons fundamentais atribuídos ao Nordeste e que conferem à região uma pretensa pureza estética, cultural e formal. Uma análise mais aprofundada sobre a obra de Luiz Gonzaga nos permitirá entender as condições históricas de possibilidade do surgimento do baião e dos outros ritmos agenciados por Gonzaga nessa enunciação de uma paisagem sonora nordestina através dos mecanismos da produção radiofônica no Rio de Janeiro da década de 50. Nesse sentido, este trabalho buscará narrar o processo de composição dessa espacialidade na obra gonzagueana através da articulação dos elementos formais, estéticos e do “arquivo sonoro” que tentaram fixar à região sua pretensa autenticidade e pureza, com as condições materiais de produção, recepção e circulação da música nos grandes centros do Brasil no recorte exposto, bem como a própria trajetória do artista, seus percursos e percalços até a consagração como “artista do Nordeste”.
Abstract: The present paper proposes to discuss how a certain regime of audibility linked to the northeastern region was organized from the instrumentalization of a sound archive linked to this region in the work of the accordion player from Pernambuco, Luiz Gonzaga (1912-1989). To do so, we will concentrate the analysis on the artist's performance on the radio, more specifically on the program "No Mundo do Baião" (1950-1951), starring him and his main songwriting partners - Humberto Teixeira (1915-1979) and Zé Dantas (1921-1962) - on Rádio Nacional. Starting from this documentation and clipping, we seek to show how the construction of given spatialities is linked to a symbolic apprehension and composition of space, which in the case in question involves the articulation of elements, sound marks and fundamental sounds attributed to the Northeast and that confer on the region a pretended aesthetic, cultural and formal purity. A deeper analysis of Luiz Gonzaga's work will allow us to understand the historical conditions of possibility for the emergence of the baião and the other rhythms influenced by Gonzaga in the enunciation of a Northeastern soundscape through the mechanisms of radio production in Rio de Janeiro in the 1950s. In this sense, this paper will seek to narrate the process of composition of this spatiality in Gonzaga's work through the articulation of formal and aesthetic elements and the "sound archive" that tried to fix to the region its alleged authenticity and purity, with the material conditions of production, reception and circulation of music in the large centers of Brazil in the exposed cut, as well as the trajectory of the artist himself, his paths and mishaps until his consecration as an "artist from the brazillian Northeast".
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/49263
Aparece nas coleções:PPGH - Mestrado em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Recantossaudadeterranatal_Souza_2022.pdf1.32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.