Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/55220
Title: Queixa de dor nos membros inferiores em pessoas idosas com Diabetes Mellitus tipo 2: relações sociodemográficas, clínicofuncionais e testes de rastreio psicológico e cognitivo
Other Titles: Complaint of lower limb pain in elderly people with type 2 Diabetes Mellitus: sociodemographic, clinical-functional and psychological and cognitive screening tests
Authors: Patrício, Íkaro Felipe da Silva
Advisor: Gazzola, Juliana Maria
Keywords: Saúde do idoso;Dor em MMII;Diabetes Mellitus tipo 2;Dor em membros inferiores
Issue Date: 26-Aug-2023
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PATRÍCIO, Íkaro Felipe da Silva. Queixa de dor nos membros inferiores em pessoas idosas com Diabetes Mellitus tipo 2: relações sociodemográficas, clínicofuncionais e testes de rastreio psicológico e cognitivo. Orientadora: Dra. Juliana Maria Gazzola. 2023. 70f. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2023.
Portuguese Abstract: Introdução: A dor em Membros Inferiores (MMII) é uma das principais queixas em idosos com Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2), sendo um dos marcadores do declínio funcional e perda da autonomia da pessoa idosa, através de estímulos dolorosos que são mais comuns em forma de alfinetada, formigamento e dormência. Objetivo: verificar a relação entre a queixa de dor em MMII com os dados sociodemográficos, clínico-funcionais e psicocognitivos em idosos com DM2. Método: Trata-se de estudo do tipo transversal, descritivo de caráter analítico realizado no Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal/RN. Participaram idosos com idade igual ou maior a 60 anos diagnosticados com DM2. Os idosos foram avaliados a partir de um inquérito multidimensional, contendo dados sociodemográficos, clínico-funcionais e psicocognitivos, além disso, utilizou-se os instrumentos: Mini-Mental State Exam (MMSE), Escala de Depressão Geriátrica Abreviada (GDS), Timed Up and Go Test (TUGT), WHODAS 2.0 e do MiniBestest (MiniBEST), para rastreio do déficit cognitivo, dos sintomas depressivos, da mobilidade funcional, da capacidade funcional e do equilíbrio postural, respectivamente. Foram realizadas: análise descritiva, testes de Mann-Whitney e de Qui-quadrado, seguido da análise de regressão logística multivariada (p<0,05 e IC de 95%). Resultados: A amostra consistiu em 150 idosos, com média etária de 69,4 (±6,95) anos, sendo a maioria do sexo feminino (65,0%) e com queixa de dor em MMII (53%) O modelo final da regressão mostrou que a queixa de dor se relacionou significativamente com a saúde geral (p<0,001; [2,09- 13,06]), GDS (p=0,024; [1,03-1,51]) e TUGT motora (p=0,002; [1,09-1,52]) e esse modelo apresentou 81,8% de acurácia. Conclusão: Os resultados deste estudo sugerem que o sintoma da dor pode levar o idoso a ter uma pior percepção da saúde geral e que fatores como a presença de sintomas depressivos e prejuízo na mobilidade funcional também estão relacionados à queixa de dor em idosos com DM2. O sintoma da dor leva o idoso a ter uma pior percepção da saúde geral, logo o conhecimento dos fatores associados à essa queixa nas pessoas idosas com DM2.
Abstract: Introduction: The Lower Limbs pain (LLP) is one of the main complaints in elderly individuals with Type 2 Diabetes Mellitus (T2DM), working as a marker for functional decline and loss of autonomy in the elderly, through painful stimuli that are more commonly experienced as pinpricks, tingling, and numbness. Objective: To investigate the relationship between lower limb pain complaints and sociodemographic, clinical-functional, and psychocognitive data in elderly individuals with T2DM. Method: This is a cross-sectional, descriptive, analytical study conducted at Onofre Lopes University Hospital in Natal, Brazil. Elderly individuals aged 60 years or older diagnosed with T2DM participated in the study. The elderly participants were evaluated through a multidimensional survey, including sociodemographic, clinicalfunctional, and psychocognitive data. Additionally, the following instruments were used: Mini-Mental State Exam (MMSE), Abbreviated Geriatric Depression Scale (GDS), Timed Up and Go Test (TUGT), WHODAS 2.0, and Mini-BESTest (MiniBEST) for cognitive deficit screening, depressive symptoms, functional mobility, functional capacity, and postural balance, respectively. Descriptive analysis, Mann-Whitney and Chi-square tests were performed, followed by multivariate logistic regression analysis (p<0.05 and 95% CI). Results: The sample consisted of 150 elderly individuals with a mean age of 69.4 (±6.95) years, with the majority being female (65.0%) and reporting lower limb pain complaints (53%). The final regression model showed that the pain complaint was significantly associated with overall health (p<0.001; [2.09-13.06]), GDS (p=0.024; [1.03-1.51]), and motor TUGT (p=0.002; [1.09-1.52]), and this model had an accuracy of 81.8%. Conclusion: This study suggests that the symptom of pain can lead the elderly to have a worse perception of overall health, and factors such as the presence of depressive symptoms and impairment in functional mobility are also related to pain complaints in elderly individuals with T2DM.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/55220
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File SizeFormat 
Queixadormembros_Patricio_2023.pdf2,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.