Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12068
Title: Gestão da cadeia de suprimento e vantagem competitiva: uma análise em setores industriais a partir da visão relacional
Authors: Viana, Fernando Luiz Emerenciano
Keywords: Gestão da cadeia de suprimento;Vantagem competitiva;Visão relacional;Supply chain management;Competitive advantage;Relational view
Issue Date: 2-Dec-2010
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: VIANA, Fernando Luiz Emerenciano. Gestão da cadeia de suprimento e vantagem competitiva: uma análise em setores industriais a partir da visão relacional. 2010. 440 f. Tese (Doutorado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Portuguese Abstract: Esse trabalho tem como objetivo geral investigar a contribuição da gestão da cadeia de suprimento para a obtenção de vantagem competitiva por empresas da indústria têxtil e da indústria de calçados do Ceará, tendo como foco principal de análise as relações inter-organizacionais (díades). Para tal, o referencial teórico contempla diferentes correntes explicativas da vantagem competitiva, destacando-se a visão relacional da teoria dos recursos, bem como os principais pressupostos da gestão da cadeia de suprimento, que culminam com o desenvolvimento de um modelo de análise que direciona o estudo empírico, o qual considera um escopo expandido da cadeia de suprimento, que inclui o governo e as instituições de fomento como representantes do ambiente institucional. Além da consideração da gestão da cadeia de suprimento como fonte de vantagem competitiva, o trabalho buscou também identificar outras possíveis fontes de vantagem competitiva para as empresas dos setores investigados. Trata-se de um estudo de casos múltiplos interpretativo, totalizando quatro casos, sendo dois em cada um dos setores, que utilizou como instrumento de coleta de dados primários um roteiro de entrevista semi-estruturado. Para a análise dos dados foram utilizados diferentes métodos, a análise de conteúdo e o método das comparações constantes, procedimento analítico originado da estratégia de pesquisa grounded theory, aplicados com auxílio do software Atlas/ti. A partir do referencial teórico e do modelo de análise utilizados, foram definidas quatro categorias-chaves do trabalho, com suas respectivas propriedades e dimensões: (1) características do relacionamento com o fornecedor; (2) relações da empresa com o governo; (3) relações da empresa com instituições de fomento e; (4) fontes de obtenção de vantagem competitiva. Em linhas gerais, a pesquisa aplicada no setor de calçados revelou que nos relacionamentos das empresas pesquisadas com seus fornecedores há a predominância do regime de parceria e são aplicados os principais pressupostos da gestão da cadeia de suprimento, o que contribui para a obtenção de vantagem competitiva relacional, enquanto que, no setor têxtil, são aplicados apenas alguns desses pressupostos, com pouca contribuição para a vantagem competitiva relacional. O principal recurso acessado pelas empresas de ambos os setores através de suas relações com o governo e as instituições de fomento são os incentivos fiscais que, para as empresas do setor de calçados, contribuem para a obtenção de vantagem competitiva temporária em relação aos concorrentes que não possuem instalações produtivas no Nordeste, bem como levam à situação de paridade competitiva em relação aos concorrentes que possuem instalações produtivas no Nordeste a aos concorrentes no mercado externo, enquanto que, para as empresas do setor têxtil, os incentivos fiscais levam estas a uma situação de paridade competitiva em relação aos seus concorrentes. Ademais, as empresas investigadas nos dois setores possuem fontes de obtenção de vantagem competitiva que se alinham a diferentes correntes explicativas (análise industrial, teoria dos recursos, escola austríaca e teoria das capacidades dinâmicas), embora haja um predomínio da inovação de produto como fonte de vantagem competitiva em ambos os setores, devido à vinculação destes às tendências da moda
Abstract: This work has as its main purpose to investigate the contribution of supply chain management in order to obtain competitive advantage by companies from the textile industry and from Ceará footwear industry, focusing its analysis mainly in the interorganizational relations (dyadic). For this, the theoretical referential contemplates different explanatory streams of the competitive advantage, detaching the relational perception of the resources theory, as well as, the main presuppositions of the supply chain management which culminates with the development of an analysis sample that runs the empirical study; the one which considers an expanded purpose of the supply chain which includes the government and the abetment institutions as institutional environment representatives. Besides supply chain management consideration as a competitive advantage source, the work also tried to identify other possible competitive advantage sources for the companies of the investigated sectors. It represents a study of multiple interpretive cases, having four cases as a total; meaning two cases in each one of the sectors, which used as a primary data collecting instrument a semi-structured interview schedule. Different methods were used for the data analysis, the content analysis and the constant comparison methods, the analytical procedure originated from the grounded theory research strategy, which were applied the Atlas/ti software recourse. Considering the theoretical referential and the used analysis sample, four basic categories of the work were defined, including its respective proprieties and dimensions: (1) characteristics concerning to the relationship with the supplier; (2) the company relations with the government; (3) the company relations with the abetment institutions and; (4) obtaining sources of competitive advantage. In general, the applied research in the footwear sector revealed that in the relationships of the researched companies related to its suppliers, there is a predominance of the partnership system and the main presuppositions of the supply chain management are applied which contributes for the acquisition of the relational competitive advantage; while in the textile sector, only some of these presuppositions are applied, with little contribution for the relational competitive advantage. The main resource which was accessed by the companies in both sectors through its relationships with the government and the abetment institutions are the tax incentives which, for the footwear companies, contribute for the acquisition of the temporary competitive advantage in relation to the contestants who do not own productive installations in the Northeast region, it also conducts to a competitive parity situation in relation to the contestants who own productive installations in the Northeast region and to the external market contestants; while for the companies of the textile sector, the tax incentives run the companies to a competitive parity situation in relation to its contestants. Furthermore, the investigated companies from the two sectors possess acquisition sources of the competitive advantage which collimate with different explanatory streams (industrial analysis, resources theory, Austrian school and the dynamic capabilities theory), although there is a predominance of the product innovation as a competitive advantage source in both sectors, due to the bond of these with the fashion tendencies
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12068
Appears in Collections:PPGA - Doutorado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GestaoCadeiaSuprimento_Viana_2010.pdf2,89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.