Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12083
Title: Desempenho internacional de empresas exportadoras: um modelo estrutural baseado em capacidades organizacionais e ambiente
Authors: Costa, Lúcia de Fátima Lúcio Gomes da
Keywords: Desempenho internacional. Capacidades organizacionais. Ambiente. Equações estruturais;International Performance. Organizational Capabilities. Environment. Structural Equation
Issue Date: 16-Apr-2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Lúcia de Fátima Lúcio Gomes da. Desempenho internacional de empresas exportadoras: um modelo estrutural baseado em capacidades organizacionais e ambiente. 2014. 228 f. Tese (Doutorado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: A internacionalização como fenômeno organizacional fundamentalmente estratégico teve como contribuições teóricas algumas escolas que, ao longo das décadas de 60, 70 e 80, desenvolveram abordagens comportamentais e econômicas com o intuito de explicar esse processo. A abordagem comportamental trata da percepção do fenômeno como processo gradual sob a perspectiva do comportamento dos executivos (JOHANSON e VAHLNE, 1977; HALLÉN e WIEDERSHEIM-PAUL, 1979 CZINKOTA, 1985). Esse fenômeno em permanente evolução teórica e gerencial oportunizou a construção desta investigação, cujo objetivo é analisar o impacto decorrente das capacidades organizacionais e do ambiente externo sobre o desempenho internacional das empresas exportadoras. Para tanto, foram utilizadas como aporte teórico duas linhas de análise para a compreensão do desempenho internacional: Gestão Estratégica - Organização Industrial e Visão Baseada em Recursos e Negócios Internacionais - Correntes Econômica e Comportamental. Foi realizada uma pesquisa survey explanatória de corte transversal, incluindo 150 empresas exportadoras com atuação no Nordeste do Brasil. Foi formulado um modelo conceitual, com oito constructos e oito hipóteses de pesquisa, representativo dos efeitos de fatores externos sobre o desempenho internacional. Os dados foram tratados aplicando a Análise Fatorial Exploratória e a Modelagem de Equações Estruturais. O modelo de equações estruturais foi reespecificado e estimado utilizando o método de Máxima Verossimilhança até alcançar adequados valores dos índices de ajustamento. Como principal contribuição teórica, identificou-se os recursos organizacionais e físicos que denotam a importância do desenvolvimento de habilidades gerenciais, da capacidade de aprendizagem e da capacidade de estabelecer alianças estratégicas no exterior. Isso porque o conhecimento, tanto do ponto de vista operacional como na sua aplicação estratégica, oferece à organização condições de posicionamento no mercado que podem oportunizar vantagens competitivas sustentáveis e que impactam o desempenho internacional das empresas
Abstract: The internationalization as an organizational phenomenon fundamentally strategic had as theoretical contributions some Schools that throughout the decades 60, 70, and 80 developed behavioral and economic approaches in order to explain the process. The behavioral approach deals with the perception of phenomenon as a gradual process from the perspective of the executives behavior (JOHANSON and VAHLNE, 1977; HALLÉN and WIEDERSHEIM - PAUL, 1979; CZINKOTA, 1985). This phenomenon in permanent theoretical and managerial evolution made an opportunity to build this investigation, whose goal is to analyse the impact comes from organizational capabilities and the external environment on the international performance of exporting firms. For both, were used as theoretical basis two types of analysis for the comprehension of international performance: Strategic Management - Industrial Organization and Resource-Based View and International Businesses - Current Economic and Behavioral. It was made a cross-sectional survey-based explanatory research, including 150 exporting companies with operations in the Northeast of Brazil. A conceptual model was made with eight constructs and eight research hypotheses, representative of the effects of external factors on international performance. The data were processed using the Exploratory Factor Analysis and Structural Equation Modeling. The structural equations model was reespecified and estimated through the use of the maximum-likelihood method up to achieve adequated values of indexes of adjustment. As the main theoretical contribution, were identified organizational and physical resources which shows the importance of the management skills development, of the learning capability and capability to establish strategic alliances abroad. That because the knowledge, as the operational point of view as in its strategic application, offers to organization conditions of market positioning which can create opportunities sustainable competitive advantages and which impact the performance of international companies
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12083
Appears in Collections:PPGA - Doutorado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesempenhoInternacionalEmpresas_Costa_2014.pdf4,76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.