Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12110
Título: A importância das redes de relacionamento para se formar uma parceria : um estudo de caso na ALESAT
Autor(es): Cunha, Eliza Catarina Bezerra
Palavras-chave: Redes de relacionamento;Alianças;Laços sociais;Networks;Alliances;Social ties
Data do documento: 2-Set-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CUNHA, Eliza Catarina Bezerra. A importância das redes de relacionamento para se formar uma parceria : um estudo de caso na ALESAT. 2008. 87 f. Dissertação (Mestrado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: This paper consists in a study case at the Alesat company, which aims at analyzing how the networks from the former companies Ale and Sat influence the formation of partnerships. The study was based on literature by Burt (1992), Granovetter (1973), Uzzi (1997), Contractor and Lorange (1988), Gulati (1998), Child and Faulkner (1998), and others, to verify how important the social relations were between the companies to the formation of a strategic alliance. The research method we adopted analyzed the first partnership between Ale and Sat and the last one that ended up with the merger of the companies resulting in a new company, Alesat. Semi-structured interviews were conducted in 2008 with the council board of the company. Secondary data were also collected from specific web sites from the area, such as ANP, Sindicom and Fecombustíveis, as well as from important newspapers in the market. The primary data were analyzed through the content analysis technique from Triviños (1987). The secondary data were analyzed through the documental analysis technique from Richardson (1985). This way, through the data collected, it can be concluded that the social ties between the companies were important in the partnership, and among the reasons that made the companies get together, the key one was the fact that the union would make possible to the companies act in regions in which they didn t have too much market share, making them a bigger player nationally wise
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho consiste em um estudo de caso na empresa Alesat cujo objetivo geral é analisar como as redes de relacionamento das antigas empresas Ale e Sat influenciaram na formação da parceria. O estudo baseou-se na literatura de Burt (1992), Granovetter (1973), Uzzi (1997), Contractor e Lorange (1988), Gulati (1998), Child e Faulkner (1998), dentre outros, para entender como as relações sociais entre as empresas foram importantes para a formação de uma aliança estratégica. O método de estudo adotado analisou a primeira parceria realizada entre a Ale e a Sat e a última que culminou com a fusão das empresas resultando na Alesat. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, em 2008, com o grupo dirigente da empresa. Também foram coletados dados secundários em sites específicos do setor como: ANP, Sindicom e Fecombustíveis além de jornais de grande circulação no mercado. Os dados primários foram analisados através da técnica de análise de conteúdo de Triviños (1987). No que se refere aos dados secundários, o exame foi feito através da técnica de análise documental de Richardson (1985). Assim, através dos dados coletados, pôde-se concluir que os laços sociais entre as empresas tiverem sim, importância na formação da parceria, e que dentre as razões que levaram as firmas a se unirem a principal foi o fato de que a união possibilitaria às empresas atuarem em áreas nas quais não tinham muita participação no mercado, tornando-as um grande player a nível nacional
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12110
Aparece nas coleções:PPGA - Mestrado em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ElizaCBC.pdf254,67 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.