Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12128
Título: A dinâmica do campo organizacional e a adoção de estratégias na carcinicultura do RN
Autor(es): Fernandes, José Augusto Lacerda
Palavras-chave: Campo Organizacional;Estratégia;Carcinicultura;Institutional Field;Strategy;Shrimp-Farms
Data do documento: 24-Ago-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FERNANDES, José Augusto Lacerda. A dinâmica do campo organizacional e a adoção de estratégias na carcinicultura do RN. 2009. 151 f. Dissertação (Mestrado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: This study aimed to understand the relations inside the organizational Structuring of the shrimp Field - the shrimp agribusiness placed in Rio Grande do Norte State and the strategies adopted by its players. In order to achieve that, semi-structured interviews were conducted with samples of various organizations that act in the field, like cooperatives, associations, enterprises of different links in the chain, universities and state agencies. The interviews built up a large collection of secondary data. As expected, it was found that Field and strategies are related in a recursive way: the configuration of the field, a result from his own biography, has decisively influenced the strategies adopted by its actors, who, as evolved, eventually caused further changes in the Field and outlines the plot of this area of interaction. It was found, for example, that after thirty-five years of its genesis, the Field of shrimp RN still has a low level of institutionalization, which helps to understand the difficulty of its actors in establish strategies based on partnerships and cooperation; Those actions are so necessary to alleviate the effects of the crisis that devastated the industry since 2004. It was noticed, however, that this level of institutionalization is a result, beside other factors, the very strategies that field actors are embracing along its trajectory. Thus, this study hopes to have contributed both to the necessary revival of the agency to institutional phenomenon, cited by Oliver (1991), and to meet the need for more contextualized approaches to organizational strategies (MINTZBERG, 1987; CLEGG, 2004; WHITTINGTON, 2004; 2006; SARAIVA and CARRIERI, 2007). It is an exploratory study that needs further investigation in order to get deep in this research. In this sense, others methodologies and theoretical perspectives need to be used, especially those relating to the seizure of the disputes and discursive aspects of power, as salient in the field investigated. Moreover, in terms of "practical actions", it is suggested that, as soon as possible, the main actors of the field (cooperatives, companies, and state entities in class) can be able of agglutinate efforts to support the shrimp field in RN State and make sustainable actions, which can promote the development of activity in a global view. On the apse of shrimp activities everybody wanted to be the "father of the child," Now, someone has to "stay in the goal."
metadata.dc.description.resumo: Este estudo buscou compreender relações entre a dinâmica de Formação e Estruturação do Campo Organizacional da Carcinicultura agronegócio do camarão do Rio Grande do Norte/RN e as Estratégias adotadas pelos seus atores. Para tanto, procederam-se entrevistas semi-estruturadas com os representantes de diversas organizações que atuam no campo - cooperativas, associações de classe, empresas de diferentes elos da cadeia, universidades e órgãos estaduais e coletou-se um amplo acervo de dados secundários. Conforme se pressupunha, constatou-se que Campo e Estratégias se relacionam de modo recursivo: a configuração do Campo, resultante de sua própria biografia, tem influenciado decisivamente as Estratégias adotadas pelos seus atores, que, conforme se desenrolam, acabam provocando novas alterações no Campo e delineando o enredo desse espaço de interações. Averiguou-se, por exemplo, que, passados trinta e cinco anos de sua gênese, o Campo da Carcinicultura do RN ainda possui um baixo nível de institucionalização, o que ajuda a compreender a dificuldade de seus atores em estabelecer Estratégias pautadas no associativismo e na cooperação; ações tão necessárias para aliviar os efeitos da crise que assola o setor desde 2004. Viu-se, contudo, que, tal nível de institucionalização é fruto, dentre outros fatores, das próprias Estratégias que os atores do Campo vêm adotando ao longo de sua trajetória. Dessa forma, esse estudo espera ter contribuído tanto para a necessária reaproximação da agência ao fenômeno institucional, pontuada por Oliver (1991), quanto para suprir a carência de abordagens mais contextualizadas para as Estratégias Organizacionais (MINTZBERG, 1987; CLEGG, 2004; WHITTINGTON, 2004; 2006; SARAIVA e CARRIERI, 2007). Por tratar-se de um estudo exploratório, propõe-se que outras investigações se aprofundem sobre as descobertas dessa pesquisa, bem como, que outras metodologias e perspectivas teóricas sejam utilizadas, sobretudo aquelas que possibilitem a apreensão dos aspectos discursivos e das disputas de poder, tão salientes no campo investigado. Ademais, no que tange as ditas ações práticas , sugere-se que, com urgência, os principais atores do campo (cooperativas, empresas, estado e entidades de classe) aglutinem forças em prol da carcinicultura do RN e delineiem ações sustentáveis, que consigam promover o desenvolvimento da atividade como um todo. Se no auge da atividade todos queriam ser o pai da criança , agora, alguém tem que ficar no gol!
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12128
Aparece nas coleções:PPGA - Mestrado em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseALF.pdf1,6 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.