Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12308
Título: O Caráter Tectônico do Moderno Brasileiro: Bernardes e Campello na Paraíba (1970-1980)
Autor(es): Rocha, Germana Costa
Palavras-chave: Tectônica. Arquitetura Moderna. Paraíba;Tectonics. Modern Architecture. Paraíba
Data do documento: 27-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ROCHA, Germana Costa. O Caráter Tectônico do Moderno Brasileiro: Bernardes e Campello na Paraíba (1970-1980). 2012. 248 f. Tese (Doutorado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: This study aims to analyze the tectonic character of the works of Sergio Bernardes and Glauco Campello architects, built in Paraiba, between the turn of the decade in 1970 and early 1980 in order to bring reflections about the poetics of construction s importance in the formal structure of the architecture, contributing to the debate about the specificitiesand peculiarities of modern architecture produced in Brazil. The research, using the strategies of the case study, startsfromthe review on the use of "tectonic" by Kenneth Frampton and other scholars of the term, to base the concept and set the analytical parameters of the tectonics. Then it proceeds to the insertion of buildings in the cultural and socio-political Brazilian s context in the periodproposed forstudy, in sequence, analyzesthe works of each architect. The study confirms that the expressive power of Brazilian heroic modern architecture, emphasizing the poetics of construction, sediments a tectonic culture that resonates in the following generations
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar o caráter tectônico dasobras de Sergio Bernardes e Glauco Campello, construídas na Paraíba,entre a virada para década 1970 e início dos anos 1980, a fim de trazer reflexões sobre a importância da poética construtiva na estrutura formal da arquitetura, contribuindo para o debate sobre as especificidades e singularidades da arquitetura moderna produzida no Brasil. A pesquisa, utilizando as estratégias do estudo de caso, parte da revisão sobre o uso da tectônica por Kenneth Framptone demais estudiosos do termo, para fundamentar o conceito de tectônica adotado e definir seus parâmetros analíticos. Em seguida, parte-se para a inserçãodasobras no ambiente cultural e sócio-político brasileiro, no marco temporal proposto, para, na seqüencia, analisar as obras de cada arquiteto.O estudo confirma que a força expressiva da arquitetura moderna heroicabrasileira,ao enfatizar a poética construtiva, sedimenta uma cultura tectônica que repercute nas gerações seguintes
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12308
Aparece nas coleções:PPGAU - Doutorado em Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CaraterTectonicoModerno_Rocha_2012.pdf13,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.