Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12309
Título: Práticas sócio-ambientais no espaço escolar: uma reflexão sobre a percepção dos usuários de duas escolas do ensino fundamental em João Pessoa, Paraíba
Título(s) alternativo(s): Social-environmental practices at school: a reflexion about the users perception of two schools in João Pessoa, Paraíba
Autor(es): Taveira, Flávia Giangiulio
Palavras-chave: Espaço escolar;Educação ambiental;Avaliação pós-ocupação;Cuidado com a escola;;School space;Ambient education;After-occupation evaluation;School care
Data do documento: 14-Mai-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TAVEIRA, Flávia Giangiulio. Social-environmental practices at school: a reflexion about the users perception of two schools in João Pessoa, Paraíba. 2008. 123 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: In the social-historical moment we live in, it is each time more evident the necessity of the people to learn to deal with the environment in conscientious way, taking care of themselves properly through it. In this direction, considering the school as a place where children, young and adolescents spend great part of their time, this work had as objective to examine the perception of school environment for students, professors and employees of two schools in João Pessoa city - Centro Estadual Experimental de Ensino-Aprendizagem Sesquicentenário and Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Presidente Emílio Garrastazu Médici (Experimental State Center of Learning-teaching Sesquicentenário and Basic and High State School Education Emilio Garrastazu Médici President). From the presupposed that the environments in which and with which people live reflect their daily practices, the field work searched to identify the social-environmental practices that characterize the relation of these users with the school and, from this understanding, to infer some of their concerns regarding the environment as a whole. To analyze the use of the available physical space in the two institutions it was opted the use of the After-Occupation Evaluation, one of the approaches that feed the process of building production or built set, rescuing aspects related to its use, operation and maintenance. Besides analyzing diverse school environments (such as classroom circulations/accesses, library, pedagogical and sportive spaces) in relation to the environmental comfort and the perceptions of the main users of the schools (pupils, professors and employees), the dissertation tried to inquire the care (ambient education) of these users with the school space. In general, it was verified that the two schools have evaluations and perceptions really different for four reasons: (i) management of the schools; (ii) the users perception; (III) localization of schools and (IV) feeling of place, territoriality and appropriation
metadata.dc.description.resumo: No momento sócio-histórico que vivemos é cada vez mais evidente a necessidade das pessoas aprenderem a lidar com o meio ambiente de modo consciente, cuidando de si próprias através dele. Nesse sentido, considerando a escola como um local onde crianças, jovens e adolescentes passam grande parte do seu tempo, esta dissertação teve como objetivo discutir a percepção do ambiente escolar por estudantes, professores e funcionários de duas escolas de João Pessoa - o Centro Estadual Experimental de Ensino-Aprendizagem Sesquicentenário e a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Presidente Emílio Garrastazu Médici. Partindo-se do pressuposto que os ambientes nos quais e com os quais as pessoas convivem refletem suas práticas cotidianas, o trabalho de campo buscou identificar as práticas sócio- ambientais que caracterizam a relação desses usuários com a escola e, a partir dessa compreensão, inferir algumas de suas preocupações com relação ao meio ambiente como um todo. Para analisar a utilização do espaço físico disponível nas duas instituições optou-se pela Avaliação Pós-Ocupação, uma das abordagens que retro alimentam o processo de produção de edifícios ou conjunto edificado, resgatando aspectos ligados ao seu uso, operação e manutenção. Além de se analisar diversos ambientes escolares (como sala de aula, circulações/acessos, biblioteca, espaços pedagógicos e esportivos) quanto ao conforto ambiental e as percepções dos principais usuários das escolas (alunos, professores e funcionários), a dissertação procurou averiguar o cuidado (educação ambiental) desses usuários com o espaço escolar. De modo geral verificou-se que as duas escolas têm avaliações e percepções bem diferentes por quatro motivos: (i) gestão das escolas; (ii) percepção dos usuários; (iii) localização das escolas e (iv) sentimento de lugar, territorialidade e apropriação
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12309
Aparece nas coleções:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PráticasSócio-ambientaisEspaco_Taveira_2008.pdf842,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.