Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12324
Título: A forma do privilégio: renda, acessibilidade e densidade em Natal-RN
Autor(es): Carmo Júnior, João Batista
Palavras-chave: Morfologia Urbana. Sintaxe Espacial. Acessibilidade;Urban Morphology. Space Syntax. Accessibility
Data do documento: 24-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CARMO JÚNIOR, João Batista. A forma do privilégio: renda, acessibilidade e densidade em Natal-RN. 2014. 306 f. Tese (Doutorado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The aim of this work is to understand the morphological expression of ground occupation by the higher income population, by focusing on population distribution in accordance with income layers and demographical density, as well as topological accessibility (HILLIER and HANSON, 1984) resulting from the urban grid structure. It endeavors to identify a functional organizing principle regarding the intra-urban space of Natal capital city of the state of Rio Grande do Norte, the research focus. In order to achieve this, census data as well as syntactic data were utilized for mapping and spatial analysis of income patterns, topological accessibility and demographical density using Geographical Information System GIS. The organizing principle was named as the Form of Privilege, a pattern that concentrates or tends to concentrate wealth, topological accessibility and low demographical density. Attempting to assess its extent, beyond Natal, this principle was applied to other Brazilian northeastern capitals such as: Fortaleza, CE; Teresina, PI; Aracaju, SE; Recife, PE; and João Pessoa, PB. Findings point out that although the urban structures of these cities are not immune to the Form of Privilege, Natal is emblematic of this phenomenon, a fact that demonstrates the perverse character of its spatial process, which historically creates privileged areas within the city, by means of the appropriation of accessibility as well as of the many urban benesses that are related to it by higher income groups at the expense of the major part of the population, which though being the people mostly in need of the benefits originating from the urban form are excluded from them
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objetivo compreender a expressão morfológica da ocupação do solo pelas camadas de alta renda a partir dos padrões de distribuição da população segundo faixas de renda, densidade demográfica e acessibilidade topológica (HILLIER e HANSON, 1984) resultante da estrutura da malha urbana de Natal capital do Estado do Rio Grande do Norte e universo de estudo da presente pesquisa , buscando na relação entre esses padrões, identificar um princípio organizador do funcionamento do espaço intra-urbano. Para tanto, foram utilizados dados censitários e sintáticos no mapeamento e análises espaciais dos padrões da renda, acessibilidade topológica e densidade demográfica em Sistemas de Informação Geográfica SIG. Ao princípio organizador deu-se o nome de A Forma do Privilégio: uma determinada forma que concentra ou tende a concentrar riqueza, acessibilidade topológica e baixa densidade demográfica. Com o objetivo de testar seu alcance, além de Natal-RN, observou-se esse princípio em outras capitais nordestinas: Fortaleza-CE, Teresina-PI, Aracaju-SE, Recife-PE e João Pessoa-PB. Os resultados apontam que suas estruturas urbanas não são indiferentes ao princípio da Forma do Privilégio, no entanto, Natal é exemplo emblemático da Forma do Privilégio, fato que demonstra o caráter perverso de seus processos espaciais, que ao criarem historicamente uma área privilegiada na cidade, marcada pela apropriação da acessibilidade topológica pelas camadas de alta renda, ao mesmo tempo e pelo mesmo processo, excluem a maior parte da população, exatamente aquela que mais necessita dos frutos e benefícios oriundos da forma urbana
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12324
Aparece nas coleções:PPGAU - Doutorado em Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoaoBCJ_TESE.pdf6,58 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.