Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12393
Título: Mapeamento acústico como ferramenta para predição de ruído urbano na área de influência do estádio Arena das Dunas, Natal/ RN
Autor(es): Pinto, Débora Nogueira
Palavras-chave: Poluição sonora. Ruído. Mapeamento acústico;Noise pollution. Noise. Noise mapping
Data do documento: 25-Jul-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PINTO, Débora Nogueira. Mapeamento acústico como ferramenta para predição de ruído urbano na área de influência do estádio Arena das Dunas, Natal/ RN. 2013. 145 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The Noise Pollution causes degradation in the quality of the environment and presents itself as one of the most common environmental problems in the big cities. An Urban environment present scenario and their complex acoustic study need to consider the contribution of various noise sources. Accordingly to computational models through mapping and prediction of acoustic scene become important, because they enable the realization of calculations, analyzes and reports, allowing the interpretation of satisfactory results. The study neighborhood is the neighborhood of Lagoa Nova, a central area of the city of Natal, which will undergo major changes in urban space due to urban mobility projects planned for the area around the stadium and the consequent changes of urban form and traffic. Thus, this study aims to evaluate the noise impact caused by road and morphological changes around the stadium Arena das Dunas in the neighborhood of Lagoa Nova, through on-site measurements and mapping using the computational model SoundPLAN year 2012 and the scenario evolution acoustic for the year 2017. For this analysis was the construction of the first acoustic mapping based on current diagnostic acoustic neighborhood, physical mapping, classified vehicle count and measurement of sound pressure level, and to build the prediction of noise were observed for the area study the modifications provided for traffic, urban form and mobility work. In this study, it is concluded that the sound pressure levels of the year in 2012 and 2017 extrapolate current legislation. For the prediction of noise were numerous changes in the acoustic scene, in which the works of urban mobility provided will improve traffic flow, thus reduce the sound pressure level where interventions are expected
metadata.dc.description.resumo: A Poluição Sonora provoca degradação na qualidade do meio ambiente e se apresenta como um dos mais frequentes problemas ambientais nas grandes cidades. Os ambientes urbanos possuem cenários acústicos complexos e seus estudos precisam considerar a contribuição de fontes sonoras diversas. Nesse sentido, os modelos computacionais, por meio do mapeamento e predição do cenário acústico, se tornam importantes, uma vez que possibilitam a realização de cálculos, de análises e de relatórios que permitem a interpretação de resultados satisfatórios. O bairro de estudo é o bairro de Lagoa Nova, área central da cidade do Natal, o qual passará por grandes mudanças no espaço urbano devido às obras de mobilidade urbana previstas para o entorno do estádio Arena das Dunas em decorrência da Copa de 2014 e as consequentes mudanças da forma urbana e no tráfego. Dessa forma, este trabalho objetiva avaliar o impacto sonoro provocado pelas alterações viárias e morfológicas no entorno deste estádio no bairro de Lagoa Nova em Natal, a partir de medições in loco e do mapeamento com a utilização do modelo computacional SoundPLAN no ano 2012 e a evolução do cenário acústico para 2017. Para tal análise, realizou-se, primeiramente, a construção do mapeamento acústico atual com base no diagnóstico acústico do bairro, mapeamento físico, contagem classificada dos veículos e medição do nível de pressão sonora; e para se construir a predição de ruído, observou-se, para a área de estudo, as modificações previstas para o tráfego, forma urbana e obras de mobilidade. Conclui-se que os níveis de pressão sonora do ano 2012 e para 2017 extrapolam, em parte, a legislação vigente. Para a predição do ruído foram verificadas várias modificações no cenário acústico, no qual as obras de mobilidade urbana previstas melhorarão o fluxo do tráfego, consequentemente, reduzirão o nível de pressão sonora onde estão previstas as intervenções
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12393
Aparece nas coleções:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MapeamentoAcústicoFerramenta_Pinto_2013.pdf3,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.