Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12455
Título: Dramaturgia do aqui e agora: presença, recepção e sentido no corpo do ator
Autor(es): Toledo, Marina Madeira de
Palavras-chave: Ator. Receptor. Recepção. Presença. Representação;Actor. Receiver. Reception. Presence. Representation
Data do documento: 12-Abr-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TOLEDO, Marina Madeira de. Dramaturgia do aqui e agora: presença, recepção e sentido no corpo do ator. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado em LINGUAGENS DA CENA E PEDAGOGIAS DA CENA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The actor is an actor during all the phases of creation and development of his character. (S) He goes beyond the moment of interpreting. In this sense, in her (his) daily life, the actor may use her (his) potential to extract from reality the necessary elements for the work of creation. This is a theoretical research which focus on the concept of presence in the actor s work, stretching the concept beyond the scene, encompassing different components such as the body, the word, the silence, the technique and the acting as the actor s stance in regards to his own reality. The objective of such stance is to integrate him (her) self in the environment, balancing his (hers) inner life with the outside life flow. To reach this objective, the research drew theoretical resources from the concept of presence in the actor s work according to BROOK, BARBA, GROTOWSKI and MNOUCHKINE and the studies on reception theory in ISER, 1996; GUMBRECHT, 2010. Thus, the dialogue between reader and actor high lights both as receivers in this work. A practical description of a street theater Kamchàtka show, featured by the Kamchàtka Company is used as an example of the research on the presence. The elements localized in this show are: play, listening, word, silence, meaning, relationship with here and now and the effects of the said presence
metadata.dc.description.resumo: O ator não é ator somente no momento da cena, é ator em todas as etapas de criação e desenvolvimento de seu objeto estético. Nesse sentido, em seu cotidiano o ator pode procurar utilizar suas potencialidades para captar e traduzir da realidade o material para seu trabalho criativo. Esta pesquisa possui caráter teórico e aborda o conceito de presença no trabalho do ator, colocando-o como conceito para além da cena, não isolado de outros componentes entre eles o corpo, a palavra, o silêncio, a técnica, a representação como uma postura do ator para com sua realidade, a fim de integrar-se ao meio ambiente que o cerca, equilibrando seu conteúdo interior com o conteúdo exterior. Para tanto, utiliza como aporte teórico encenadores que abordam o conceito de presença no trabalho do ator (BROOK; BARBA; GROTOWSKI; MNOUCHKINE) e os estudos da teoria da recepção (ISER, 1996; GUMBRECHT, 2010), traçando um paralelo dialógico entre as funções de leitor e ator, apontando ambos como receptores. Como exemplo prático do estudo sobre a presença, é feita aqui uma descrição do espetáculo de teatro de rua Kamchàtka, realizado pela Companhia Kamchàtka, localizando nesse espetáculo os elementos: jogo, escuta, palavra, silêncio, sentido, relação com o aqui e agora e efeitos de presença; citados ao longo da dissertação
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12455
Aparece nas coleções:PPGAC - Mestrado em Artes Cênicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarinaMT_DISSERT.pdf1,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.