Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12469
Título: Mover/se(r) a gênese do corpo entre/corpos e seus trajetos no processo coreográfico
Autor(es): Motta, Mauricio Moraes
Palavras-chave: Dança contemporânea. Corpo. Coreografia;Contemporary dance. Body. Choreography
Data do documento: 21-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MOTTA, Mauricio Moraes. Mover/se(r) a gênese do corpo entre/corpos e seus trajetos no processo coreográfico. 2014. 110 f. Dissertação (Mestrado em LINGUAGENS DA CENA E PEDAGOGIAS DA CENA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This paper proposes a reflection on the body between/bodies, especially in contemporary dance, in their path that starts from the choreographic construction, permeating the body of the choreographer, the dancer s body and when fulfills themselves as artistic expression, the body of the spectator. Initially discusses the body in dance as a body/space for convergence, connectedness and continuity, from the thought of the Greek philosopher Epicurus of Samos, in dialogue with the thought of Maurice Merleau-Ponty, Gilles Deleuze and José Gil. Reflect about the creation of this body/space in the relationship choreographer/dancer using as connecting thread the experiences of the author in his artistic path. Finally describes the process of creating the scenic experiment (h)áporos, which constitutes the practice scene of this dissertation, having as main objective the creation of spaces of convergence and interaction between a proponent and an affluent body that, in this move, transforms itself and the space that now cohabits / is
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação propõe uma reflexão a respeito do corpo entre/corpos, em especial na dança contemporânea, neste seu trajeto que tem inicio na construção coreográfica, perpassando o corpo do coreógrafo, o corpo do bailarino e, ao realizar-se como manifestação artística, o corpo do espectador. Inicialmente discute o corpo na dança como corpo/espaço de convergência, conexidade e continuidade, a partir do pensamento do filósofo grego Epicuro de Samos, em diálogo com o pensamento de Maurice Merleau-Ponty, Gilles Deleuze e José Gil. Reflete a criação deste corpo/espaço na relação coreógrafo/bailarino utilizando como fio condutor as experiências do autor em seu trajeto artístico. Por fim relata o processo de criação do experimento cênico (h)áporos, que se configura como prática da cena desta dissertação, tendo como objetivo fundamental a criação de espaços de convergência e interação entre um corpo propositor e um corpo afluente que, neste mover-se, transforma a si e ao espaço que agora coabita/constitui
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12469
Aparece nas coleções:PPGAC - Mestrado em Artes Cênicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MauricioMM_DISSERT.pdf2,56 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.