Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12470
Título: Estudo comparativo de dois tipos de cultivo: monocultivo (camarões) versus cultivo integrado (algas/camarões)
Autor(es): Freire, Alexandra Rafaela da Silva
Palavras-chave: Alga;Gracilaria caudata;Camarão;Litopenaeus vannamei;Cultivo integrado;Monocultivo;Aquicultura;Biorremediação;Algae;Gracilaria caudata;Shrimp;Litopenaeus vannamei;Integrated Culture;Monoculture;Aquaculture;Bioremediation
Data do documento: 3-Dez-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FREIRE, Alexandra Rafaela da Silva. Estudo comparativo de dois tipos de cultivo: monocultivo (camarões) versus cultivo integrado (algas/camarões). 2007. 46 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: The integrated culture of seaweed and aquatic animals is an ancient practice in Asian countries. The expansion of this practice to western countries is consequence of the recognition of this system as a sustainable alternative that allows economical diversification and mitigation of environmental impacts generated by effluents of aquaculture. This study evaluated the growth of the seaweed Gracilaria caudata and of the shrimp Litopenaeus vannamei in monoculture (shrimps) and integrated culture (shrimps and algae) systems, and accessed the effect of the seaweed in the water quality. There were two treatments in the experiment: monoculture (shrimps) and integrated culture (shrimps/ algae). The organisms were cultured in 6 aquaria (10L) filled with seawater (35.0±0.0 PSU and 28.1±0.4°C) for 28 days. The nutrients of water (PO43-, NH4+, NO2-, NO3- and DIN), the biomass and the relative growth rate (RGR, % day-1) of seaweed and shrimps were measured weekly. The parameters pH, temperature, salinity and dissolved oxygen were measured daily. The concentration of NH4+ in integrated culture (62.8±25.2µM) was lower (Mann-Whitney p<0.001) than in monoculture (85.6±24.3µM). The mean of PO4- in monoculture (10.4±4.6µM) was markedly higher (Mann-Whitney; p=0.024) than that in integrated culture (8.7±4.1µM). The level of dissolved oxygen in integrated culture (6.0±0.6mg/L) was higher (t-Student; P=0.014) than that in shrimp monoculture (5.8±0.6mg/L). The mean values of the parameters pH, NO2-, NO3- and DIN were 7.5±0.2, 10.1±12.2µM, 24.5±3.2µM and 120.17±30.76µM in monoculture, and 7.5±0.2, 10.5±13.2µM, 27.4±3.5µM and 100.76±49.59µM in integrated culture. There were not differences in these parameters between treatments. The biomass and RGR of seaweed reached 15.0±1.9g and 7.4±2.8% day-1 at the end of the experiment. The performance of shrimp was favorable in monoculture (1.5±0.8g; 5.7±1.6% dia-1) and in integrated culture (1.5±0.7g; 5.2±1.2% dia-1), and the rate of survival was 100% in both treatments. The tolerance and favorable performance of Gracilaria caudata suggest that this seaweed might be integrated into shrimp (Litopenaeus vannamei) culture systems
metadata.dc.description.resumo: O uso de macroalgas em cultivo integrado com animais é uma prática antiga em países asiáticos. A expansão desta prática em países ocidentais é conseqüência do reconhecimento desse sistema como uma alternativa que possibilita a diversificação econômica e a mitigação dos impactos gerados pelos efluentes da aqüicultura. Este estudo avaliou o crescimento da macroalga Gracilaria caudata e do camarão Litopenaeus vannamei em monocultivo (camarão) e em cultivo integrado, observando o efeito das algas na qualidade da água. O experimento foi constituído por dois tratamentos (triplicata), realizados em aquários de vidro contendo água do mar (35,0±0,0 PSU e 28,1±0,4°C) durante 28 dias: monocultivo (camarões) e cultivo integrado (camarões/algas). Os nutrientes da água, a biomassa e as taxas de crescimento relativo (TCR,%dia-1) das duas espécies foram determinadas semanalmente. Os parâmetros físico-químicos da água (pH, temperatura, salinidade e oxigênio dissolvido) foram monitorados diariamente. Os níveis do íon amônio foram significativamente menores (Mann-Whitney p<0,001) no cultivo integrado (62,8±25,2µM) do que no monocultivo (85,6±24,3µM). Este mesmo modelo foi observado para o ortofosfato, cujas médias foram 10,4±4,6µM no monocultivo e 8,7±4,1µM no cultivo integrado (Mann-Whitney; p=0,024). O oxigênio dissolvido no cultivo integrado (6,0±0,6mg/L) foi maior (t-Student; P=0,014) que no monocultivo (5,8±0,6mg/L). Os parâmetros pH, nitrito, nitrato e nitrogênio inorgânico dissolvido não apresentaram diferença entre os tratamentos, cujas médias foram 7,5±0,2, 10,1±12,2µM, 24,5±3,2µM e 120,17±30,76µM no monocultivo e 7,5±0,2, 10,5±13,2µM, 27,4±3,5µM e 100,76±49,59µM no integrado. A alga apresentou aumento significativo de biomassa (15,0±1,9g) e de TCR (7,4±2,8% dia-1). Os camarões mostraram bom desempenho no monocultivo (1,5±0,8g; 5,7±1,6% dia-1) e no integrado (1,5±0,7g; 5,2±1,2% dia-1) e 100% de sobrevivência, não havendo diferença entre ambos (t-student; p>0,05). A tolerância e o bom desempenho de Gracilaria caudata em ambientes eutróficos sugerem que essa alga pode ser integrada em sistemas de cultivo de camarões (Litopenaeus vannamei)
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12470
Aparece nas coleções:PPGBA - Mestrado em Bioecologia Aquática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AlexandraRSF.pdf541,07 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.