Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12480
Título: Estrutura e dinâmica do fitoplânctone bacterioplâncton em cultivos de camarão no Rio Grande do Norte-Brasil: impacto sobre o ambiente natural
Autor(es): Santos, Margarida de Lourdes Melo Nelson dos
Palavras-chave: Fitoplâncton;Bacterioplâncton;Eutrofização;Viveiros de camarão;Região tropical;Phytoplankton;Bacterioplankton;Eutrophization;Shrimp ponds;Tropical region
Data do documento: 25-Fev-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SANTOS, Margarida de Lourdes Melo Nelson dos. Estrutura e dinâmica do fitoplânctone bacterioplâncton em cultivos de camarão no Rio Grande do Norte-Brasil: impacto sobre o ambiente natural. 2008. 142 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: This work aimed to study the structure and dynamic of Phytoplankton and Bacterioplankton in a complete cycle of shrimp cultivation (Litopenaeus vannamei) and determine the environmental factors responsible for the structural changes of these communities. The study was realized in a saltwater shrimp farm (Macaíba, RN), between September/2005 and February/2006, and in a freshwater shrimp farm (Ceará Mirim, RN), between May/2007 and September 2007. The samplings were collected weekly in saltwater farm and every fifteen days in freshwater farm. Total phosphorus, chlorophyll a and environmental parameters (pH, dissolved oxygen, salinity, temperature, depth and water transparency) were measured. Qualitative and quantitative analysis of the phytoplankton and bacterioplankton were carried out. The Shannon-Wiener ecologic indexes of diversity and the Pielou equitability indexes were calculated to the phytoplankton. Bacterial density was determined by epifluorescence microscopy. The data were statistically analyzed by Pearson correlation and t-Test. Chlorophycea were predominat in salt water and in the captation/drainage point (24 to 99%). Diatoms had higher wealth. The species Choricystis minor had the highest occurrence (100%) and dominance (90-100%), thus showing its adaptation to the high temperatures, salinity and low water transparency conditions. Filamentous Cyanobacteria like Oscillatoria sp., Pseudoanabaena sp. and Phormidium sp. had constant levels. The negative correlation between chlorophycea and water transparency, and the positive correlation between chlorophyll a and salinity, showed that the phytoplankton was well adapted to the low transparency and to the high salinity. The bacterioplankton was negatively correlated with the total phosphorus and salinity. In freshwater, Cyanobacteria were predominant (>80%), presenting some producers of toxins species like Microcystis sp., Aphanizomenon sp., Cylindrospermopsis raciborskii e Anabaena circinalis. Cyanobacterial density and total phosphorus and chlorophyll a concentrations exceeded the maximum value allowed by legislation. The means of total phosphorus varied from 264 to 627 Wg.L-1 and the means of chlorophyll a oscillated between 22 and 182 Wg.L-1. The phytoplankton species were selected by low availability of the light, high pH, temperature and high availability of total phosphorus. The bacterioplankton showed high densities (5,13 x 107 to 8,50 x107 Bac.mL-1). The studied environments (ponds and rivers) presented a high level of trophic state based on the high concentrations of chlorophyll a and total phosphorus and cyanobacteria dominance. The composition of species in the ponds and rivers was similar, as well as high concentrations of total phosphorus and chlorophyll a, highlighting the pollution caused by the discharges of the farms in natural environment
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve como objetivo estudar a estrutura e dinâmica do fitoplâncton e bacterioplâncton em ciclos completos de cultivos de camarão (Litopenaeus vannamei), determinar os fatores ambientais responsáveis pelas mudanças estruturais destas comunidades. O estudo foi realizado em duas fazendas de camarão: uma de água salgada (Macaíba, RN) entre setembro de 2005 a fevereiro de 2006 e outra de água doce (Ceará Mirim, RN), durante o período de maio de 2007 a setembro de 2007. As coletas tiveram periodicidade semanal no viveiro de água salgada e quinzenal no viveiro de água doce. Foram determinadas clorofila-a e fósforo total e parâmetros ambientais foram medidos (pH, oxigênio dissolvido, salinidade, temperatura, transparência e nível da água). Análises qualiquantitativas do fitoplâncton e bacterioplâncton foram realizadas. Os índices ecológicos de diversidade de Shannon-Wiener e equitabilidade de Pielou foram calculados para a comunidade fitoplanctônica. A densidade bacteriana foi realizada por microscopia de fluorescência. Os dados foram analisados estatisticamente através da correlação de Pearson e teste t. No viveiro de água salgada e no ponto de captação-drenagem as clorofíceas foram dominantes (24 % -99%) e as diatomáceas tiveram maior riqueza. A espécie Choricystis minor foi a espécie de maior ocorrência (100%) e dominância (90-100%), mostrando-se bem adaptada a condições de altas temperaturas e salinidade e baixa transparência da água. Cianobactérias filamentosas como Oscillatoria sp., Pseudoanabaena sp. e Phormidium sp. foram constantes. A correlação negativa, entre o grupo clorofícea e a transparência, e positiva, entre clorofila-a e salinidade, demonstrou que o fitoplâncton esteve bem adaptado à baixa transparência e elevada salinidade. O bacterioplâncton correlacionou-se negativamente com a salinidade e fósforo total. No viveiro de água doce, cianobactérias foram dominantes (>80%), apresentando algumas espécies produtoras de toxinas como Microcystis sp., Aphanizomenon sp., Cylindrospermopsis raciborskii e Anabaena circinalis. A densidade de células de cianobactérias, os níveis de fósforo e clorofila-a excederam o valor máximo permitido pela legislação. Os valores médios do fósforo total nos ambientes estudados foram de 264 a 627 Wg.L-1e para clorofila-a foi de 22 a 182 Wg.L-1. As espécies do fitoplâncton foram selecionadas pela baixa disponibilidade de luz, alto pH, temperatura e elevada disponibilidade de fósforo total. O bacterioplâncton apresentou elevada densidade (5,13 x107 a 8,50 x107 Bac.mL-1). Os ambientes estudados (viveiros e rios) configuram elevado estado de trofia, com base nas altas concentrações de clorofila-a e fósforo total e dominância de cianobactérias. A composição de espécies nos viveiros e nos rios (ponto de captação/drenagem) foi semelhante, assim como altos valores de concentrações de fósforo e clorofila-a, evidenciando o efeito poluidor das descargas dos viveiros no ambiente natural
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12480
Aparece nas coleções:PPGBA - Mestrado em Bioecologia Aquática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MargaridaLMNS.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.