Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12490
Título: Comunidade fitoplanctônica e qualidade da água da Lagoa do Jiqui, Parnamirim, RN
Autor(es): Lima, Patrícia Luiza da Silva Carmo de
Palavras-chave: Água doce;limno-fitoplâncton;água potável;períodos de estiagem e de chuva.;Freshwater;phytoplankton;drinking water;dry and rainy periods
Data do documento: 24-Mar-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Patrícia Luiza da Silva Carmo de. Comunidade fitoplanctônica e qualidade da água da Lagoa do Jiqui, Parnamirim, RN. 2010. 126 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: It is important to evaluate the quality of water for proper management of these resources, since the increase of environmental degradation and the multiple use of water resources are decreasing the quality of water consumed by living beings. The objective of this study was to characterize the phytoplankton community and its variations during periods of dray and rain in Jiqui Lake located in Parnamirim, RN. It was also aimed to analyze the physical and chemical factors of this environment, in order to contribute to the knowledge of water quality used for human consumption. The collection of water samples were carried out in September 2008 to August 2009. The collection of the phytoplankton community was carried out in four sampling sites (surface, bottom, margin of the lake without macrophytes and site dominated by macrophytes). Phytoplankton was collected using plankton net of 20m. The analysis of nutrients and identification of phytoplankton were performed in the laboratory. The results indicate that concentration of chlorophyll a was high in the bottom with mean value of 1.07 μgL-1 (SD ± 1.61). During the study period there was a dominance of the following species: Euglena gracilis, Trachelomonas sp, Cyclotellas sp, Gomphonema apuncto, Navicula cuspidata var. cuspidata, Navicula sp, Rhopalodia gibba. There was homogeneity between limnological values in the four study sites, with significant difference between the periods of drought and rain. The Jiqui Lake is considered oligotrophic due to its low concentrations of chlorophyll a, high transparency and low levels of nutrients. The values of BOD and chlorophyll a concentration remained below the permitted standards existing for freshwaters in Brazil, thus the water from Lake Jiqui is of good quality, suitable for human consumption.
metadata.dc.description.resumo: O aumento da degradação ambiental e o uso múltiplo dos recursos hídricos vêm diminuindo a qualidade da água consumida pelos seres vivos, por isso é importante a sua avaliação para o adequado gerenciamento desses recursos. Este estudo teve como objetivo caracterizar a comunidade fitoplanctônica juntamente com a sua variação durante os períodos de estiagem e de chuva da Lagoa do Jiqui, localizada em Parnamirim, RN, além de analisar os fatores físico-químicos desses ambientes aquáticos, a fim de contribuir para o conhecimento da qualidade de água desse manancial utilizada para o abastecimento humano. As coletas das amostras de água foram realizadas de setembro de 2008 a agosto de 2009. A coleta da comunidade fitoplanctônica foi realizada em quatro sítios de amostragem (superfície, fundo, banco da macrófitas e na margem da lagoa sem macrófitas). O fitoplâncton foi coletado utilizando-se uma rede de plâncton de 20m. Em laboratório, foram realizadas as análises dos nutrientes e a identificação da comunidade fitoplanctônica. Os resultados indicam que a concentração da clorofila a foi elevada no fundo com valor média de 1,07 μgL-1 (DP± 1,61). Durante o período de estudo ocorreu uma dominância das espécies Euglena gracilis, Trachelomonas sp, Cyclotellas sp, Gomphonema apuncto, Navicula cuspidata var. cuspidata, Navicula sp, Rhopalodia gibba. Houve homogeneidade entre os valores limnológicos nos quatro sítios estudados, com diferença significativa entre os períodos de estiagem e de chuva. A Lagoa do Jiqui é oligotrófica, uma vez que apresenta baixas concentrações de clorofila a, alta transparência e baixos valores de nutrientes. Os valores da DBO e concentração da clorofila a se mantiveram abaixo do permitido pelos padrões existentes para águas doces no Brasil, assim conferindo as águas da Lagoa do Jiqui de boa qualidade, adequada para o consumo humano.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12490
Aparece nas coleções:PPGBA - Mestrado em Bioecologia Aquática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PatriciaLSCL.pdf1,89 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.