Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12528
Título: Uma Lectina D-lactose específica da esponja marinha Cinachyrella apion: purificação, caracterização e interação com Leishmania chagasi
Autor(es): Medeiros, Danielle Souto de
Palavras-chave: Cinachyrella apion;Lectina;Leishmania chagasi;Esponja;Cinachyrella apion;Lectin;Leishmania chagasi;Sponge
Data do documento: 29-Fev-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MEDEIROS, Danielle Souto de. Uma Lectina D-lactose específica da esponja marinha Cinachyrella apion: purificação, caracterização e interação com Leishmania chagasi. 2008. 77 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica; Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: Four different sponge species were screened using Ouchterlony agarose gel and immunodiffusion tests to identify cross-reactivity with the polyclonal antibody IgG anti-deglicosilated CvL, a lectin from Cliona varians. Crude extract from the sponge Cinachyrella apion showed cross-reactivity and also a strong haemmaglutinating activity towards human erythrocytes of all ABO groups. Thus, it was submitted to acetone fractionation, IgG anti-deglicosilated CvL Sepharose affinity chromatography, and Fast Protein Liquid Chromatography (FPLC-AKTA) gel filtration on a Superose 6 10 300 column to purify a novel lectin. C. apion lectin (CaL) agglutinated all types of human erythrocytes with preference for papainized type A and O erythrocytes. The haemagglutinating activity is independent of Ca2+, Mg2+ and Mn2+ ions, and it was strongly inhibited by the disaccharide D-lactose, up to a minimum concentration of 6.25 mM. CaL molecular mass determined by FPLC-AKTA gel filtration on a Superose 12 10 300 column and SDS gel electrophoresis was approximately 124 kDa, consisting of eight subunits of 15.5 kDa, assembled by hydrophobic interactions. The lectin was relatively heat- and pH-stable. Leishmania chagasi romastigotes were agglutinated by CaL, indicating that lactose receptors could be presented in this parasite stage. These findings are indicative of the physiological defense roles of CaL and its possible use in the antibiosis of pathogenic protozoa
metadata.dc.description.resumo: Uma varredura de lectinas foi realizada em extratos protéicos de quatro espécies de esponjas utilizando técnicas de imunodifusão para identificar lectinas imunorreativas ao anticorpo policlonal gerado contra CvL, uma lectina de Cliona varians. O extrato bruto da esponja Cinachyrella apion foi imunorreativo e apresentou atividade hemaglutinante a eritrócitos humanos de todos os grupos do sistema ABO. Assim, ele foi submetido ao fracionamento com acetona, à cromatografia de afinidade com IgG anti-CvL desglicosilada ligada a Sepharose e à romatografia de gel filtração em uma coluna Superose 6 10 300 GL em istema FPLC-AKTA (Fast Protein Liquid Chromatography) para a purificação de uma lectina imunorreativa ao anticorpo IgG anti-CvL. A lectina de C. apion (CaL) aglutinou todos os tipos de eritrócitos humanos, com preferência por eritrócitos papainizados dos tipos A e O. A atividade hemaglutinante mostrou-se independente dos íons Ca2+, Mg2+ e Mn2+, e foi fortemente inibida pelo dissacarídeo D-lactose, até a concentração mínima de 6,25 mM. A massa molecular da CaL, determinada por gel filtração em uma coluna Superose 12 10 300 GL em sistema FPLC-AKTA e eletroforese em gel de poliacrilamida com SDS, foi de aproximadamente 124 kDa, consistindo de oito subunidades de 15,5 kDa, unidas por interações hidrofóbicas. A lectina foi relativamente estável em extensas faixas tanto de pH quanto de temperatura. Promastigotos de Leishmania chagasi foram aglutinados por CaL, indicando que receptores de lactose podem estar presentes nesse estágio do parasita. Esses achados são indicativos do papel de defesa fisiológica da CaL e do seu possível uso na antibiose de protozoários patogênicos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12528
Aparece nas coleções:PPGB - Mestrado em Bioquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DanielleSM.pdf1,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.