Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12547
Título: Avaliação da suplementação materna com megadose de vitamina A sobre os níveis de retinol e alfa-tocoferol no colostro
Autor(es): Garcia, Lígia Rejane Siqueira
Palavras-chave: retinol;α;-tocoferol;suplementação;colostro;retinol;alpha-tocopherol;supplementation;colostrum
Data do documento: 10-Ago-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GARCIA, Lígia Rejane Siqueira. Avaliação da suplementação materna com megadose de vitamina A sobre os níveis de retinol e alfa-tocoferol no colostro. 2009. 68 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica; Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The vitamins A and E are recognizably important in the initial stages of life and the newborn depends on nutritional adequacy of breast milk to meet their needs. These vitamins share routes of transport to the tissues and antagonistic effects have been observed in animals after supplementation with vitamin A. This study aimed to verify the effect of maternal supplementation with vitamin A megadose (200,000 UI) in the immediate post-partum on the concentration of alpha-tocopherol in colostrum. Healthy parturient women attended at a public maternity natalensis were recruited for the study and divided into two groups: control (n = 37) and supplemented (n = 36). Blood samples of colostrum and milk were collected until 12 hours after delivery. The women of the supplemented group was administered a retynil palmitate capsule and 24 hours after the first collection was obtained the 2nd sample of colostrum in two groups for analysis of retinol and alpha-tocopherol in milk. The mean retinol concentration of 50,7 ± 14,4 μg/dL (Mean ± standard deviation) and alpha-tocopherol of 1217.4 ± 959 mg/dL in the serum indicate the nutritional status biochemical appropriate. Supplementation with retynil palmitate resulted in increase not only retinol levels in the colostrum of the supplemented group (p = 0.002), but also the concentration of alpha-tocopherol (p = 0.04), changing from 1456.6 ± 1095.8 mg/dL to 1804.3 ± 1432.0 mg/dL (milk 0 and 24 respectively) compared to values in the control group, 984.6 ± 750.0 mg/dL and 1175.0 ± 730.8 mg/dL. The women had different responses to supplementation, influenced by baseline levels of retinol in colostrum. Those with previous by low levels of retinol in colostrum (<60 mg/dL) had increased the concentration of alpha-tocopherol in milk, whereas those with adequate levels (> 60 mg/dL), showed a reduction after supplementation. Supplementation with retinol palmitate is an important intervention in situations of high risk for vitamin A deficiency, when considering the need to maternal supplementation, since the excess vitamin can offer unfavorable interactions between nutrients essential for the mother-child group
metadata.dc.description.resumo: As vitaminas A e E são reconhecidamente importantes nos estágios iniciais de vida, sendo os recém-nascidos dependentes da adequação nutricional do leite materno para suprir suas necessidades. Estas vitaminas compartilham vias de transporte para os tecidos e possíveis efeitos antagônicos têm sido observados em animais após a suplementação com vitamina A. Este trabalho teve como objetivo verificar o efeito da suplementação materna com megadose de vitamina A (200.000 UI) no pós-parto imediato sobre a concentração de alfa-tocoferol no colostro. Parturientes saudáveis atendidas em uma maternidade pública natalense foram recrutadas para o estudo e divididas em dois grupos: controle (n = 37) e suplementado (n = 36). Amostras de sangue e leite colostro foram coletadas até 12 horas pós-parto. Neste momento, nas mulheres do grupo suplementado foi administrada a cápsula de vitamina A. Decorrido 24 horas após a primeira coleta foi obtida a 2ª amostra de colostro nos dois grupos para análise de retinol e alfa-tocoferol no leite. A concentração média de retinol de 50,7 ± 14,4 μg/dL (Media ± Desvio Padrão) e de alfa-tocoferol de 1217,4 ± 959 μg/dL no soro das mulheres indicaram estado nutricional adequado nas vitaminas A e E. A suplementação com retinol palmitato resultou em aumento não somente na concentração do retinol no leite colostro do grupo suplementado (p= 0,002), mas também na concentração do alfa-tocoferol (p = 0,04), alterando de 1456,6 ± 1095,8 μg/dL para 1804,3 ± 1432,0 μg/dL (leite 0 e 24 respectivamente) em relação aos valores no grupo controle, 984,6 ± 750,0 μg/dL e 1175,0 ± 730,8 μg/dL. As parturientes apresentaram diferentes respostas à suplementação, influenciadas pelos níveis basais de retinol no colostro. Aquelas com níveis prévios baixos de retinol no colostro (< 60 μg/dL) apresentaram aumento na concentração de alfa-tocoferol no leite, enquanto que, as que tinham níveis adequados (> 60 μg/dL), apresentaram redução após a suplementação. A suplementação com retinol palmitato é uma medida importante na prevenção da deficiência de vitamina A, porém somente quando considerada a real necessidade de suplementação materna, visto que o excesso de vitamina pode propiciar interações desfavoráveis entre nutrientes essenciais para o grupo materno-infantil
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12547
Aparece nas coleções:PPGB - Mestrado em Bioquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LigiaRSG.pdf1,92 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.