Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12587
Título: Avaliação do potencial genotóxico e citotóxico associado a queima artesanal da castanha de caju no Município de João Câmara
Autor(es): Galvão, Marcos Felipe de Oliveira
Palavras-chave: Risco ocupacional;Queima de biomassa;Castanha de caju;Material particulado;Genotoxicidade;Micronúcleo.;Occupational risk;Biomass burning;Cashew nut roasting;Particulate matter;Genotoxicity;micronuclei.
Data do documento: 14-Out-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GALVÃO, Marcos Felipe de Oliveira. Avaliação do potencial genotóxico e citotóxico associado a queima artesanal da castanha de caju no Município de João Câmara. 2011. 116 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica; Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: The Brazil is the third largest producer of cashew nuts in the world. Despite the social and economic importance of the cashew nut, its production is still carried out artisanally. One of the main problems encountered in the cashew production chain are the conditions under which the roasting of the nut occurs to obtain the kernel from the shell. In the present study was conducted a biomonitoring of the genotoxic and cytotoxicity effects associated with the elements from the cashew nut roasting in João Câmara - RN, semi-arid region of Brazil. To assess the genotoxic was used the bioassay of micronucleus (MN) in Tradescantia pallida. In addition, it was performed a comparative between the Tradescantia pallida and KU-20 and other biomarkers of DNA damage, such as the nucleoplasmic bridges (NBP) and nuclear fragments (NF) were quantified. The levels of particulate matter (PM1.0, PM2.5, PM10) and black carbon (BC) were also measured and the inorganic chemical composition of the PM2.5 collected was determined using X-ray fluorescence spectrometry analysis and the assessment of the cytotoxicity by MTT assay and exclusion method by trypan blue. . For this purpose, were chosen: the Amarelão community where the roasting occurs and the Santa Luzia farm an area without influence of this process. The mean value of PM2.5 (Jan 2124.2 μg/m3; May 1022.2 μg/m3; Sep 1291.9 μg/m3) and BC (Jan 363.6 μg/m3; May 70.0 μg/m3; Sep 69.4 μg/m3) as well as the concentration of the elements Al, Si, P, S, Cl, K, Ca, Ti, Cr, Mn, Fe, Ni, Cu, Zn, Se, Br and Pb obtained at Amarelão was significantly higher than at Santa Luzia farm. The genotoxicity tests with T. pallida indicated a significant increase in the number of MN, NBP and NF and it was found a negative correlation between the frequency of these biomarkers and the rainfall. The concentrations of 200 μg/mL and 400 μg/mL of PM2.5 were cytotoxic to MRC-5 cells. All together, the results indicated genotoxicity and citotoxicity for the community of Amarelão, and the high rates of PM2.5 considered a potential contributor to this effect, mainly by the high presence of transition metals, especially Fe, Ni, Cu, Cr and Zn, these elements have the potential to cause DNA damage. Other nuclear alterations, such as the NPBs and NFs may be used as effective biomarkers of DNA damage in tetrads of Tradescantia pallida. The results of this study enabled the identification of a serious occupational problem. Accordingly, preventative measures and better practices should be adopted to improve both the activity and the quality of life of the population. These measures are of fundamental importance for the sustainable development of this activity.
metadata.dc.description.resumo: O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de castanha de caju e apesar da importância social e econômica, sua produção ainda é realizada de forma artesanal. Um dos maiores problemas da cadeia produtiva do caju são as condições nas quais ocorre a queima artesanal da castanha para se obter a amêndoa. No presente estudo foi realizado um biomonitoramento do potencial genotóxico e avaliação da citotoxicidade associada aos elementos oriundos da queima artesanal da castanha de caju no município de João Câmara - RN, semi-árido brasileiro. Para a avaliação genotóxica foi utilizado o bioensaio de micronúcleo (MN) em Tradescantia pallida. Além disso, foi realizado um comparativo quanto a sensibilidade da T. pallida frente ao clone KU-20 e outros biomarcadores de danos no DNA, tais como as pontes nucleoplasmáticas (PNP) e fragmentos nucleares (FN) foram quantificados. A avaliação citotóxica se deu pelo ensaio MTT e método de exclusão por tripan blue. As concentrações de material particulado (MP1,0, MP2,5, MP10) e black carbon (BC) foram determinadas e a composição inorgânica do MP2.5 definida pela técnica de fluorescência de raios-X. Foram definidos dois pontos testes: Comunidade do Amarelão (local de queima da castanha de caju) e Fazenda Santa Luzia (sem influência da atividade). Os valores médios obtidos para o MP2,5 (Jan - 2124,2 μg/m3; Mai 1022,2 μg/m3; Set 1291,9 μg/m3) e BC (Jan 363,6 μg/m3; Mai 70 μg/m3; Set 69,4 μg/m3), bem como a concentração dos elementos Al, Si, P, S, Cl, K, Ca, Ti, Cr, Mn, Fe, Ni, Cu, Zn, Se, Br e Pb obtidos no Amarelão foram significativamente maiores que na Fazenda Sta. Luzia. Os testes de genotoxicidade com T. pallida indicaram um aumento de 2-7 vezes maior na frequência de MN para o Amarelão. Os outros biomarcadores também apresentaram sua frequência aumentada. Além disso, verificou-se uma correlação negativa entre a freqüência de MN, PNP e FN com a precipitação pluviométrica. As concentrações de 200 μg/mL e 400 μg/mL do MP2,5 em suspensão foram citotóxicas para as células MRC-5. O conjunto dos resultados indicaram genotoxicidade e citotoxicidade para a comunidade do Amarelão, sendo as altas concentrações de MP2,5 um dos prováveis contribuintes para esse efeito, principalmente pela elevada presença de metais de transição, sobretudo Fe, Ni, Cu, Cr e Zn, que potencialmente causam lesões no DNA. Outras alterações nucleares, como PNP e FN podem ser utilizadas como biomarcadores efetivos de danos no DNA em tétrades de T. pallida. Os conjunto dos resultados possibilitaram a identificação de um problema ocupacional grave, com sérios riscos aos trabalhadores que exercem a atividade. Diante disto, a adoção de medidas preventivas e de melhores práticas, são de fundamental importância para o desenvolvimento sustentável da atividade e melhoria na qualidade de vida dos trabalhadores.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12587
Aparece nas coleções:PPGB - Mestrado em Bioquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarcosFOG_DISSERT.pdf3,31 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.