Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12611
Título: Efeito anti-inflamatório do heparinóide isolado do camarão Litopenaeus vannamei sobre a peritonite aguda
Autor(es): Coelho, Luciana de Figueirêdo
Palavras-chave: Litopenaeus Vannamei. Heparina. Heparinóide. Peritonite. Inflamação. Atividade Antimigratória;Litopenaeus Vannamei. Heparin. Heparinoid. Peritonitis. Inflammation. Activity Antimigratory
Data do documento: 4-Mar-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COELHO, Luciana de Figueirêdo. Efeito anti-inflamatório do heparinóide isolado do camarão Litopenaeus vannamei sobre a peritonite aguda. 2013. 70 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica; Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: In recent years the heparin has been the subject of several studies that aim to expand its use as a therapeutic agent, due to its ability to modulate the activity of various proteins that play important roles in the regulation of pathophysiological processes. In several experiments and preclinical trials, heparin has demonstrated an anti-inflammatory role. However, its clinical use is limited, due to its strong anticoagulant activity and hemorrhagic complications. For this reason, considerable efforts have been employed in discovery of heparin analogous (heparinoid) with reduced side effects, that retain the anti-inflammatory properties of heparin. In this context, a heparinoid obtained from the head of Litopenaeus vannamei shrimp, which presents a structural similarity to heparin, showed, in previous studies, anti-inflammatory activity in a model of acute peritonitis with reduced anticoagulant effect in vitro and low hemorrhagic activity. Thus, the present work had as objective to evaluate the effect the heparinoid of the cephalothorax of gray shrimp on the acute inflammatory response in different times (3 or 6 hours after the induction of inflammatory stimulus), using the model of acute peritonitis induced in mice. It was also analyzed the HL effect over the activity of elastase, an enzyme involved in leukocyte recruitment. Furthermore to check if the different doses of heparin and heparinoid change the hemostatic balance in vivo, was assessed the effect of these compounds on the plasma clotting time in animals submitted to inflammation. The results show that in 3 hours, all doses of heparinoid were able to prevent efficiently in the acute inflammatory process without any anticoagulant effects, unlike the extrapolation dose of heparin, which has induced a large hemorrhage due its high anticoagulant activity. However, 6 hours after induction of inflammation, only the dosages of 0.1 and 1.0 μg/Kg of heparin and 1.0 μg/Kg of heparinoid kept anti-migratory effect, without changing of the hemostatic balance. These results indicate that the anti-migratory effect of theses compounds depends on the dosage and time of inflammatory stimulus. The HL and heparin were also able to inhibit the activity of the enzyme elastase. The discovery of this bioactive compound in the cephalothorax of shrimps can arouse great interest in biotechnology, since this compound could be useful as a structural model interesting for the development of new therapeutic agents for peritonitis
metadata.dc.description.resumo: Nos últimos anos a heparina tem sido alvo de diversos estudos que visam ampliar seu uso como agente terapêutico, devido à sua habilidade de modular a atividade de várias proteínas que desempenham papéis importantes na regulação de processos fisiopatológicos. Em diversos experimentos e ensaios pré-clínicos, a heparina tem demonstrado papel anti-inflamatório. Entretanto, seu uso clínico é limitado, devido à sua forte atividade anticoagulante e complicações hemorrágicas. Por essa razão, considerável esforço tem sido empregado na descoberta de análogos da heparina (heparinóide) com reduzidos efeitos colaterais, que retenham as propriedades anti-inflamatórias da heparina. Nesse contexto, um heparinóide (HL) obtido da cabeça do camarão Litopenaeus vannamei, de semelhança estrutural à heparina, apresentou em estudos prévios atividade anti-inflamatória em modelo de peritonite aguda, com reduzido efeito anticoagulante in vitro e baixa atividade hemorrágica. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito deste heparinóide sobre a resposta inflamatória aguda em diferentes tempos (3 ou 6 horas após a indução do estímulo inflamatório), utilizando o modelo de peritonite aguda induzida em camundongos. Foi analisado também o efeito do HL sobre a atividade da elastase, uma enzima envolvida no recrutamento de leucócitos. Além disso, para verificar se as diferentes doses do heparinóide e da heparina alteram o equilíbrio hemostático in vivo, foi avaliado o efeito desses compostos sobre o tempo de coagulação do plasma nos animais submetidos à inflamação. Os resultados revelam que em 3 horas, todas as doses do heparinóide foram capazes de interferir de forma eficiente no processo inflamatório agudo sem apresentar efeito anticoagulante e interferência no equilíbrio hemostático, ao contrário da dose de extrapolação da heparina que induziu forte hemorragia, além de apresentar alta atividade anticoagulante. Entretanto, no tempo de 6 horas após a indução da inflamação, apenas as doses de 0,1 e 1,0 μg/Kg da heparina e 1,0 μg/Kg do heparinóide mantiveram o efeito antimigratório, sem alterar o equilíbrio hemostático. Esses resultados indicam que o efeito antimigratório depende do tempo e da dose administrada. O HL e a heparina também foram capazes de inibir a atividade da enzima elastase. A descoberta desse composto bioativo no cefalotórax do camarão poderá despertar grande interesse biotecnológico, pois este composto poderia servir como um modelo estrutural interessante para o desenvolvimento de novos agentes terapêuticos específicos para a peritonite
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12611
Aparece nas coleções:PPGB - Mestrado em Bioquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LucianaFC_DISSERT.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.