Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12664
Título: Estudo da adesão de pinos endodônticos modificados superficialmente por plasma de oxigênio
Título(s) alternativo(s): Pilot study of the adhesion of posts endodontics modified superficially by oxygen in plasma treatment
Autor(es): Guerra, Tácio Dantas de Brito
Palavras-chave: Compósitos;Pinos de fibra;Adesão;Tratamento a plasma;Composite;Fiber posts;Adhesion;Plasma treatment
Data do documento: 13-Nov-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GUERRA, Tácio Dantas de Brito. Pilot study of the adhesion of posts endodontics modified superficially by oxygen in plasma treatment. 2007. 110 f. Dissertação (Mestrado em Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Abstract: The work presents the effect of plasma treatment when applied in fibers or carbon/glass posts in the adhesion fiber/resin and posts/cement. This has for objective the modification of the surface of the fibers, as well as the wettability of the posts, seeking the improvement of the adhesion and of the connection fiber/resin in the processing of polymeric composites reinforced with the same ones. 120 posts (Reforpost) were used and 30 meters of fibers of carbon and of glass (Fibrex), of the company Angelus. The samples were divided in three groups of 40 specimens: GROUP I - 20 posts of glass fiber and 20 of carbon without treatment to it shapes, GROUP II -20 posts of glass fiber and 20 of carbon treated to it shapes in the surface and GROUP III - 20 posts of glass fiber and 20 of carbon make with fibers in natura after plasma treatment. The plasma treatment was accomplished with oxygen and with temperature in the camera fixed at 200°C, for one hour of exhibition. The posts and the fibers were characterized before and after the treatment. The wettability was measure by pendent drop method, and interface fiber/resin and posts/cement were observed by optical and electronic microscopy. It was observed that both wettability and texture were increased with plasma treatment
Resumo: O presente trabalho aborda o tratamento superficial a plasma de pinos e fibras de carbono e de vidro, para uso odontológico. Este tem por objetivo a modificação da superfície das fibras, bem como a superfície dos pinos, visando a melhoria da adesão fibra/resina e pino/cimento. Foram utilizados 120 pinos (Reforpost) e 30 metros de fibras de carbono e de vidro (Fibrex), da empresa Angelus. As amostras foram divididas em três grupos de 40 espécimes: GRUPO I - 20 pinos de fibra de vidro e 20 de fibra de carbono sem tratamento em plasma, GRUPO II -20 pinos de fibra de vidro e 20 de carbono tratados a plasma na superfície e GRUPO III- 20 pinos de fibra de vidro e 20 de carbono confeccionados a partir do tratamento em plasma da fibra in natura . O tratamento em plasma foi realizado com atmosfera de oxigênio durante 1 hora. Tanto as fibras como os pinos foram colocados a uma distância de 7cm, de modo a evitar o aquecimento dos mesmos. A temperatura do catodo foi de 200°C. Os pinos e as fibras foram caracterizados antes e após o tratamento, através de metalografia, microscopia ótica e eletrônica de varredura. Em seguida, foram realizados ensaios de capilaridade das fibras, torção e molhabilidade nos pinos. Os resultados mostram que o tratamento empregado modifica a superfície das fibras, aumenta a molhabilidade dos pinos, modifica a textura superficial de ambos quando em comparação com as amostras sem tratamento, como também demonstra um aumento da adesão das interfaces fibra/matriz e pino/cimento resinoso
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12664
Aparece nas coleções:PPGCEM - Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TacioDBG.pdf1,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.