Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12706
Título: Influência do número de refundições da liga Ni-Cr-Mo-Ti sobre as propriedades de próteses metalocerâmicas
Autor(es): Vilar, Caroline Dantas
Palavras-chave: Refundição;Sistema metalocerâmico;Prótese odontológica;Ni-Cr-Mo-Ti;Recasting;Metaloceramics system;Tilite Premium;Dental prosthesis;NiCrMoTi alloy
Data do documento: 9-Abr-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: VILAR, Caroline Dantas. Influência do número de refundições da liga Ni-Cr-Mo-Ti sobre as propriedades de próteses metalocerâmicas. 2008. 139 f. Tese (Doutorado em Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: A frequently encountered difficulty in oral prosthetics is associated with the loss of metallic alloys during the melting stage of the production of metal-ceramic replacement systems. Remelting such materials could impar their use in oral rehabilitation due to loss in esthetics, as well as in the chemical, physical, electrochemical and mechanical properties. Nowadays, the Ni-Cr-Mo-Ti alloy is widely used in metal-ceramic systems. Manufacturers state that this material can be remelted without significant alterations in its behavior, however little has been established as to the changes in the performance of this alloy after successive remelting, which is common practice in oral prosthetics. Therefore, the objective of this study was to evaluate possible changes in the esthetics and associated properties of metalceramic samples consisting of Ni-Cr-Mo-Ti and dental porcelain. Three to five remelting steps were carried out. The results revealed that Ni-Cr-Mo-Ti can be safely used even after three remelting steps. Further remelting significantly affect the characteristics of the alloys and should not be recommended for the manufacture of metal-ceramic systems
metadata.dc.description.resumo: Uma dificuldade frequente encontrada na prótese dentária está associada com a perda de ligas metálicas durante o estágio de fundição na confecção de sistemas metalocerâmicos. A refundição de alguns materiais pode impedir seu uso na reabilitação oral devido à perdas nas propiedades estéticas, como também, nas químicas, físicas, eletroquímicas e mecânicas. Atualmente a liga Ni-Cr-Mo-Ti é bastante usada em sistemas metalocerâmicos. O fabricante afirma que esse material pode ser refundido sem causar significantes alterações na sua qualidade, no entanto pouco foi estudado quanto às mudanças nas propriedades dessa liga após sucessivas fundições, como é comum na prática nos laboratórios dentários. Com base nisso, o objetivo desse estudo foi avaliar possíveis mudanças estéticas e das propriedades das amostras metalocerâmicas fabricadas com a liga Ni-Cr-Mo-Ti e porcelana odontológica. De três a cinco etapas de fundição foram realizadas. Os resultados revelaram que a liga Ni-Cr-Mo-Ti pode ser usada mesmo após subemtida à três fundições. Refundições adicionais afetam significantemente as características da liga e não são recomendadas para a confecção de sistemas metalocerâmicos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12706
Aparece nas coleções:PPGCEM - Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CarolineDV.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.